Páginas

Depoimento do Aécyo

Continua a eterna busca da felicidade escondida no fim do arco-íris...
Difícil deixar de achar defeitos onde não existe.
A busca da perfeição é eterna, eterna é, também, a busca de amigos de confiança, valor, pessoas que não se prendam à “normalidade”.
Compreender o significado da palavra ”Amizade” não é pra qualquer um.
Saber falar a verdade e deixar claro que ela não mata, só tu mesmo...Sempre esteve ao meu lado quando eu precisei,falou o que eu deveria ouvir,e não o que eu queria como todo mundo.
Sou FELIZ por ter amigos como você!!!!
P.S: Não te anima e deixa isso se perder,ou volto e conto todos os teus defeitos[risos]!!!!!!!!

É mais fácil dizer que não quer

A todo instante recebo convites de gente que acha ou espera que eu não vá aceitar...
Parece um teste, mas vai além...
Eles me botam na dúvida, me deixam na incerteza do real desejo...

TPM

A coisa começa assim: você acorda e sente vontade de matar todo mundo.
Arranja qualquer desculpa pra uma briga, até o vento frio que bateu no seu nariz...
"A culpa não é sua, são os meus hormônios!"
Os sentimentos que já não eram tão bons podem te levar a matar alguém. A pena que você sentia de si mesma redobra. O grande amor da sua vida, de repente, não te ama mais...
Enfim... "Tenham Pena de Mim!"...

Uni, duni, duni, tê!

Penso constantemente na minha infância como etapa única de felicidade.
Ali, a dor não era dor e a imaginação alimento verdadeiro da minha alma...
Ainda hoje, lembrando meus tempos de criança, passo por poças imaginando rios para minhas bonecas...
Ainda hoje, rio, sozinha, das loucuras pra onde levam minha imaginação...
Enfim, um tempo onde era divertido rodar "pra ver o mundo rodar"...
Ainda hoje, quero esse tempo de volta!

Em um mundo onde nada se encontra...

Eu te encontrei!!!!!!!!!!
rssssr
Bom, como isso é a minha "2ª agenda...", eu tenho que atualizar...
Hoje eu acordei pensando na vida...
Sabe aquela coisa de "qual é o meu limite?"?
Porré, não sei se posso dizer que fiz a grande descoberta de que sou uma pessoa ilimitada... Já passei por tanta coisa e... Não sei...
Às vezes me pergunto se aprendi alguma coisa com as pequenas lições do dia-a-dia, ou se endoidei
de vez e... Tô inventando coisas bonitas pra dizer que minha vida tem sentido!!!
Na verdade, não sei ainda se minha vida tem sentido...
Não sei pra que eu vim ao mundo, nem mesmo sei quem sou...
Hoje me peguei chorando por razões banais... Algo risível...
É do conhecimento de quem me conhece [kkkkkkkk]que tenho grande problema com a fala. É necessário repetira algo umas 20 vezes para que alguém entenda o que eu falo... Isso rola até com coisas simples como um "oi"...
Mas, nos últimos tempos, isso tem me irritado profundamente... Me causado problemas aos montes... As pessoas entendem errado o que falo e me julgam, me condenam, me mandam ir pastar ou pedem que eu repita aquelas 20 vezes básicas...
Minha paciência não tá pra isso... Nem consigo agir como uma adulta!
Eu apenas vou pro meu quarto, enfio a cara no travesseiro e choro...

E os dias passam...

Como num passe de mágica que não estamos preocupados em dar, eis que segue a vida...
Em passos curtos, sem pressa de chegar a algum lugar que ainda não sei onde, eu sigo em sonhos, sem o desespero de quem sente medo do que possa encontrar...
Eu amo...
No momento não importa quem vou ser, quais sonhos cultivei. O que importa agora, além de pensamentos confusos transcritos para o mundo, é o que sou, ainda que isto não interesse a ninguém.