terça-feira, 30 de novembro de 2010

Cá tô eu... Tra'vez....

As minhas atividades tem me impedido de publicar coisas pra vocês...
Mas, vamos às novidades!
Meu namoro tá lindo e forte... Meu namorado continua magrinho, mas meu namoro tá lindo e forte como nunca esteve! A gente adquiriu aquela capacidade de mudar as coisas no ato... Agora ele até vem me ver sem que eu pressione! Tipo... daqui a pouco ele vem me buscar! Sério!!! Ele vai se deslocar (essa palavra me lembra tanto ele) lá do Materno até a UFMA só pra me ver...
A desculpa dele: "Você está vestida de forma muito indiscreta! É bom vir vestida de forma mais decente ao longo da semana porque eu não poderei vir te buscar!".
Eu tô muito apaixonada... Muito mesmo!!!
Muito certa do que eu quero pra minha vida, pra meu futuro ( 1 casa, 2 quartos, 2 escritórios (o meu no topo, o dele no quintal...), 2 cachorros e 2 crianças... e, claro... Nós dois juntos!)...
Beijo!!!!
Eu volto em breve!!!
Espero que estejam gostando dos meus rascunhos, é uma pena que tá acabando... ='(
Em: 29/11/09

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Meu coração grita...

Meu coração grita... Um grito sufocado, um grito de socorro de quem não agüenta mais o próprio peso.
Não dá pra acreditar que as coisas podem continuar desse jeito. Não posso crer que, sabendo onde isso termina, vou seguir pela mesma estrada. É loucura andar por caminhos já conhecidos. Pior é fazê-lo quando se o conhece o fim da trajetória.
A vida é curta demais pra fazer sempre a mesma merda!
Existem coisas melhores para fazer com o tempo que resta!
Em 01/03/08

domingo, 28 de novembro de 2010

Oração

Senhor, 
Abra meus olhos de novo para o infinito... Desperta em mim os sonhos adormecidos e morre apenas o meu medo... 
Ajuda-me a ser uma pessoa melhor... 
Perdoa meus pecados... 
Ajuda-me, Pai... Preciso tanto de ti... 
Queria tanto despertar do meu sono e viver meus sonhos... Queria tanto que as coisas acontecessem mais depressa... Acalma esse coração que pede pressa e urgência... 
Liberta-me, Pai de minhas loucuras... 
Agradeço Sua paciência, amor e bondade...
Abraço prus de cima... 
Amém!

domingo, 21 de novembro de 2010

Oração - Quem és Tu?

Pai,
Quem és tu que não conheço e pra quem eu abaixo a cabeça e alteio a voz diariamente?
Quem és tu, que me acompanha, me vigia, me protege...?
Quem és tu, que se faz presente, mas invisível?
Quem és tu, que demonstra carinho e força de forma oculta, distante?
Por que não se materializa ao meu lado? Por que não se faz visível e me abraça agora?
Eu preciso de um abraço. Eu preciso do teu amor, eu preciso da tua luz...
Cubra, Senhor... Cubra minha vida de alegria e devolva-me a paz!
Mostre-me o caminho, mas não me prive da escolha.
Ajuda...
Ajuda, porque a independência que demonstro não é nada além de medo de perder, de arriscar e de ser feliz...
Perdoa, Senhor, por fraquejar sempre que precisava de mim para ajudar aqueles que duvidam da tua existência...
Não me abandone, Pai...
Amém.
Em: 19/02/08

sábado, 20 de novembro de 2010

Ao meu paipai querido...


Hoje é aniversário de meu paipai querido...
Amor de minha vida, te desejo toda a felicidade do mundo por tudo o que tem me ensinado (mesmo que distante), por todas as alegrias que me proporciou e que me proporciona...
Pelas tentativas de destraumatização! kkkkkkkkkkkkkkkk (leia aqui)
Pela preocupação, pelo carinho...
Pela alegria de ter em casa, mesmo que isso signifique que eu tenho que adiar o DVD... rsrsrsr
Pela felicidade de te ter como meu pai! Meu exemplo!
Te amo muito!

Inútil...

Queria ser capaz de expressar tudo o que sinto em pequenas palavras. Expressar ações e sentimentos maiores que minha inutilidade. Expressar algo maior que minhas fraquezas, meus medos.
Cara, eu tô ficando velha!
Tô ficando velha e não consigo melhorar como o vinho... Nenhum arqueólogo vai me querer desse jeito!
Rsrsrsrs
Não fiz nada de bom pelo mundo, sou uma filha desnaturada, uma irmã idiota e uma péssima amiga... É melhor parar de sonhar que serei uma boa mãe.
Nem sei cozinhar!
Meus guris vão morrer de fome... Talvez essa minha falha os torne forte... Talvez isso desperte neles a vontade de sobreviver e eles nasçam sabendo preparar a própria mamadeira...
Ai, falta...
Em: 25/08/08

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Perdidinha... Mas salva!

Vejo minha vida como um vazio, um buraco, um túnel sem fim...
Vejo minha vida sem cores, um ponto perdido no meio do nada...
Vejo minha vida igual, sem mudança e sem esperança de mudar...
Vejo minha vida afundando e eu nada fazendo pra tentar me salvar.
Por que eu perdi minhas armas e, com elas, a vontade lutar.
Mas, não penso em desistir da vida por um momento de tristeza e uma visão distorcida.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Doug - O Filme (kikiki)

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Sem consequências...

Existem dias em que acordamos com cada idéia boba, né?
O mais chato é quando decidimos pôr a tal idéia boba em prática. Muitos cometem esse erro. Estão com a cabeça quente, e cheia de idéias malucas, e vão lá!
“Eu vou matar Astrodolfo!”
Booooooom!... Matou!
“Se pego a Lindóia, faço picadinho dela”
Rec-rec-rec... Picou!
“Acho que vou beijar Nalberto!”
Smack... Beijou!
Ninguém pensa nos sentimentos alheio, apenas na satisfação pessoal, no prazer de brincar com algo ou alguém que é... Insignificante.
Adoro essa palavra!
Insignificante, insignificante, insignificante...
Dá pra usar com tudo!
“Merivaldo me deu um fora... Insignificante!”
“O quêeeeeeeeeeeeeeeeeee?????? O cachorro do Astrogildo casou com ‘aquelazinha’? Eles se merecem! São dois... Insignificantes!”
É legal!
É forte!
Então, é isso!
Se alguém te machuca, brinca com teus sentimentos ou simplesmente te despreza... Pensa assim, ta?
É... Insignificante!
Em: 12/03/05

domingo, 14 de novembro de 2010

Oração - seguindo...

Senhor,
Prossigo na luta...
Prossigo na busca e no sonho do reencontro. Sigo desejando te reencontrar de novo e desejo poder gritar que te encontrei.
Estou vazia.
Não entendo o que sinto e muitas vezes não vejo sentido algum na minha existência. Manda-me um sinal...
Diz-me o que devo fazer, pois fiquei cega com o que se refere a minha vida.
Não sei o que faço, Senhor!
Eu me sinto só...
Só vejo o meu umbigo, esqueci-me do próximo. Não sei o que faça para ajudá-los, se nem consigo ouvir o que eles dizem...
Perdi-me em minha própria dor.
Uma dor tão grande que sempre neguei existir... A dor da culpa por erros sempre repetidos e pelo esquecimento das lições que me são passadas.
Perdi-me em mim e me esqueci do mundo. Agora me perdi de mim e não sei quem sou.
Ajuda-me na busca!
Ajuda-me a reconhecer o encontro...

sábado, 13 de novembro de 2010

Faltam 48 dias para o fim do ano!

Faltam 48 dias para repetir a velha cena de “o que eu fiz? O que eu vou fazer?”. Para que no fim do ano que vem a velha cena se repita... Para que as lembranças de tudo o que foi superado volte... Para me dar conta de que nunca vivi de novo.
Sentimentos nos prendem..
Idéias malucas nos matam...
O medo não nos deixa seguir em frente...
As lágrimas tapam nossos olhos...
O grito nos impede de ouvir a verdade...
As mentiras nos impedem de saber a conseqüência da verdade, mas também seria chato se só vivêssemos dela.
Perdemo-nos em sonhos e nos esquecemos de viver.
Por voar demais, não conseguimos nos equilibrar no chão.
Por nos prender ao chão, não aprendemos a voar...
Somos livres, tomamos as decisões que queremos, mas esquecemos de viver apenas...
Em: 13/11/08

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

É preciso mais do que desistir da vida

É preciso mais do que desistir da vida pra deixar de viver...
É preciso enterrar sonhos: deixar morrer os seus, matar os de outras pessoas.
Existe muito egoísmo nisso tudo.
A morte voluntária nunca foi “problema seu”, é um problema do mundo. Deixar de viver, se matar mesmo, nunca foi uma atitude altruísta, pelo contrário, é o mais puro egoísmo, a mais visível derrota!
Em 20/01/08

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Soneto (kkkkkkkkkk)

Nem aqui... nem presente em qualquer momento
Estou além da presença física aqui revelada
Estou em sonhos, vivendo cada momento
Deixando a vida assim ser passada

Me entrego, de corpo, alma e pensamento
Ao desejo de te ter ao meu lado
Seria apenas coisa de momento
Ou deixamos o tempo jogar seu dado?

Não ouvir sussurros enlouquecidos
De uma mente sempre perturbada
Esperar para que nossos sonhos não sejam esquecidos

Fugir para que o medo não nos alcance
Correr para que o tempo não nos separe
Esperar até que a timidez não mais atrapalhe

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Amigo tuiteiro!

Hoje falarei um pouco, mas só um pouco do muito engasgado aqui, dos meus amigos tuiteiros (eu prefiro escrever assim)...

  • @calazans conheci o Calazans graças a confusão que ele fez do meu apelido com o nome do Funcional (que se chama Sol de verdade!). Ele me chamou de cagão, e, só nessa hora eu percebi que não havia chances de ser eu! Afinal, eu sou CAGONA e não CAGÃO! Foi ele que me deu a idéia de escrever sobre os meus amigos de twitter... (visite o blog do Calazans!)
  • @pietrosantiago Eu conheci porque sou metida, ou porque ele é metido? Oh, dúvida cruel! O fato é que a gente se falava e em algum momento dei unfollow... Juro que não foi por mal! Mas, aí... Eu descobri o que tinha feito e voltei a falar com o último pacote do EREBD... Esse aí! Mas, hoje eu garanto... Ele merece um unfollow por me deixar sempre no vácuo!
  • @Teylane Essa aí conheci porque eu conheci a Kercylia, que eu conheci porque conheci a Kethury... E enfim... Agora estamos no Orkut, no msn e no EREBD juntas! E vamos dormir também! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk (visite o blog da Theylane)
  • @AnnaMerces Eu conheci essa coisa no site O teatro mágico. Adicionei ela no Orkut, no MSN e, em um belo dia descubro que ela tem twitter... Mas, ao contrário do que vocês podem pensar, nossa amizade só aconteceu no twitter, onde a gente flooda a porra da timeline alheia tendo MSN... E, estando online no MSN! 
  • @kercy_lia eu conheci alok porque conheci a Kethury... E aí, como o mundo é muito pequeno e redondo demais... descubro que Kercylia é de Biblioteconomia... E depois me revelam que ela se chama Eu Láaaaaaaaaa... 
  • @kethury_ Eu conheci quando tava fazendo campanha pro #DOEMEDULA Maranhão. Ela veio tirar umas dúvidas e a gente começou a conversar... Ela me contava dos problemas dela, eu contava os meus... E aí, hoje é só esculhambação... 
  • @marciorhoads Comecei a seguir o Marcio a partir da campanha do Bibliotecário Sem Fronteiras, bibliotecários no twitter... Aí, do twitter, passamos pro GT e do GT pro Orkut, pro facebook, pro Formspring.me, pro MSN... O cara me deu conselhos profissionais e até sexuais! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk É uma pessoa que eu admire muito e por quem eu tenho um enorme carinho! (faça uma pergunta pro Marcio!)
  • @rubenstorres Assim, como o Marcio, eu comecei a seguir o Rubens a partir da campanha Bibliotecários no Twitter. É uma pessoa maravilhosa que me ajudou de várias formas... Dando apoio pra eu chorar uma perda que eu não chorei. Dando dica pros meus estudos. Me dando vaquinhas e árvores para minha farmville... E é meu escritor preferido também! (visite meu blog preferido!)
  • @umbertolima Bibliodoceiro... Também passei a seguir a partir do “Bibliotecários no Twitter”... Mas aí, eu parei de seguir um monte de bibliotecários, inclusive ele... Depois, eu voltei a seguir de novo, e ele passou a responder quando eu falava... Daí foi só felicidade! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk E eu fico do lado de cá babando os doces que ele faz.... (visite o blog do Umberto)
  • @YulliaMarizia Blogueira fracassada como eu! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Eu encontrei ela no “Blogueiros fracassados” uma comunidade legal do Orkut... Mas, lógico que ela não é fracassada o blog dela é maravilhoso... Aí, a partir de uma visita ao blog dela, eu passei a seguir o twitter dela e descobri que ela estuda aqui na UFMA! OHhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh.... Mundo pequeno! E ela é minha mais nova “aquisição” do twitter! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk 
  • @daysisinha eu conheci pelo orkut de meu amigo Senhor Rômulo Oliveira... E no perfil dela tava o twitter. Como eu queria ser amiga dela mesmo, eu adicionei, passei a seguir e desde então a gente se fala sempre que dá! Mas, nunca pessoalmente! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk 

Lógico que tem outras pessoas, mas, por elas estarem mais na minha vida física (kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk), elas não entraram aqui. @nandobiologo (meu namorado), @patriciamann (minha melhor amiga), @dydylima (minha sumida e guerreira amiga dos tempos de escola...), @rosyannealmeida (minha tonta coordenadora geral que ama me fazer perder tempo), @amadomariana (uma louca aê do meu curso...).... A tosca da @renasq... @romulo_oliveira (que eu sempre suspeito que me bloqueou no msn...), e @annayam (que fez a conta há 2 minutos...)!
Obrigada pela companhia de toda hora!

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Resumo

Sou resumo do que fui
Ainda presente no meu passado
Mas ainda um ser sem história
Sem importância, sem luz
Sou perdida
Estou perdida
Em tempos de histórias malucas
Histórias que não tenho
Histórias de alguém que nunca fui

Meu nome é medo
Mas permito que me chamem solidão
Minha vida se resume a uma frase
Mas permito ser chamada por um só nome:

Não sei se sou quem sou
Mas posso dizer que tento ser quem deveria
No fim, apenas digo:
Não sou de ninguém

Nem sou alguém
A parte de mim que interessa já morreu
Perdeu-se em ilusões
Sou uma assassina!

Mato em mim a esperança
Acabo em outros a paciência
Resumo a pó qualquer vontade de lutar
Sufoco meus sentimentos
Estraçalho corações
Destruo sonhos
Afogo minhas lágrimas no seco

Não sou chama
Não sou luz
Não sou alegria
Não sou ninguém

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Vá ao final, mas não busque o fim

Eram muitas as coisas que deveriam ser feitas, todas foram interrompidas.
Eram muitas as idéias que lhe vinha à mente, nenhuma foi posta em prática.
Eram muitas as coisas a serem ditas todas foram caladas.
Tudo perdido?
Não! Essa é a hora de ir à luta. A hora de fazer as coisas acontecerem. E talvez a chance de começar de novo.
Não desperdice seu tempo com tolices, talvez você não tenha outras chances de fazer o que é certo.
Busque dentro de si a coragem e lute contra todos os seus medos.
Enfrente seu maior pesadelo!
Em: 11/03/05

domingo, 7 de novembro de 2010

Oração

Senhor,
Peço perdão por meu egoísmo e por minha cegueira. Peço tua ajuda... Guia meus passos, ilumina meu caminho, não me deixe cegar novamente!
Agradeço-te por minhas dúvidas. Sei que, apesar de “traiçoeiras”, elas me levam a busca por respostas e a um aprendizado constante.
Agradeço por tudo que aconteceu em minha vida. Sei que estás ao meu lado e que... Nada não! Esqueci...
Senhor, quero te agradecer por minha família. Foi o maior, o melhor presente que me deu... Agradeço cada momento que passamos juntos e sei que essa é a verdadeira união. A união que segue “na saúde e na doença, na alegria e na tristeza, na riqueza e na pobreza, por todos os dias de nossas vidas...”
É um vínculo sagrado!
Queria que minhas amizades fossem assim... Mas, elas se mostram insuportavelmente frágeis...
Pai, me decepcionei muito com meus amigos... Sei que não deveria esperar nada deles, mas é impossível não comparar, entende?
Perdoa-me, por ser tão injusta, egoísta, chata e... Ah! O Senhor sabe o resto!
Amém
Em: 31/01/08

sábado, 6 de novembro de 2010

Te cuida!

Não posso dividir com o mundo a minha dor, mas também não posso escondê-la. Posso até cobrir as feridas, mas isso não significará a cura ou que as dores serão amenizadas. O mundo vive dessas pequenas ilusões, vivemos disso também. O que me incomoda é que não sentimos vergonha de ter parado de crescer. Chegamos até aqui achando que passando de certa idade mais nada poderia ser feito. O problema, ou solução, é que pode.
Deixamo-nos cegar com promessas doces de um futuro melhor. Mas o que fazemos quanto a isso? Esperamos ações de terceiros para que o nosso ( eu disse “O NOSSO”) futuro mude.
É o nosso futuro que está em jogo! Está na hora de fazer com que nossos sonhos sejam verdades. Chegou a hora de mudar, crescer de fato. Perceber que o nosso crescimento nunca esteve (não está, nem estará) limitado a um tempo ou espaço.
Podemos muito, somos mais do que pensamos e precisamos agir de forma menos limitada... Levantar vôo... Não deixar as asas quebrarem por qualquer coisa. Desilusões existem, e todos nós precisamos vivê-las.
Não me conformo com a idéia de que muitos aceitam numa boa a situação atual. Não dá pra levar a vida desta forma. Não podemos tapar olhos e ouvidos para tão terrível realidade: estamos perdidos em mundos próprios, onde o outro não existe e cada um é o rei de uma terra de ninguém.
Não existe vida sem amizade, “ninguém consegue ser feliz sozinho”. Chega de desejar o topo a qualquer custo, passando por cima de quem encontrar, pois, uma vez sozinho lá em cima o seu desejo será voltar lá pra baixo, nem que pra isso você se atire!
Chega um momento em que não há volta. Ou melhor, não existe essa coisa de voltar no tempo e fazer tudo de outra forma. O tempo não volta, e por mais que achemos que seria diferente, devo lembrá-los que não haveria conhecimento do futuro, ou do agora. Portanto, não pense que fazendo o mesmo caminho e tentando fazer melhor você vai conseguir. Decisões importantes são tomadas uma única vez. Qualquer tempo que não seja agora pode ser tarde demais.
Creio que tudo isso seja confuso, mas existe um pouco de verdade em cada mentira, em tudo o que é falado e calado. Sim, não tem lógica, mas é a vida.
Existem sorrisos que lhe são oferecidos, mas ainda há tristeza. Existem lágrimas sendo derramadas, mas não podemos dizer se elas são falsas ou não. A vida não tem sentido, nós é tentamos dar alguma lógica à loucura que ela sempre foi. Imperfeito, apenas existindo em uma insignificância sem limites... Dando a isto o nome de “vida”.
Ainda somos pequenos... Porém, o nosso crescimento não tem fim. Precisamos lembrar-nos disso e fazer alguma coisa para que o tal crescimento aconteça. Chega de “ficar parado em seu apartamento com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegaaaaaaaaaaaaaar”...
Precisamos fazer alguma coisa!
É preciso lembrar-se disso diariamente: o mundo não liga pra sua dor, não ta nem aí pra sua ferida!
Enquanto choramos, o mundo dá voltas e, com a vista embaçada em lágrimas, não podemos ver as mudanças e as possibilidades de melhorar.
Te cuida!
Em: 22/09/08

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

EU PRECISO GRITAAAAAAAAAR

Eu nunca consegui demonstrar tudo o que sinto... Seria mais fácil se fosse possível transcrever meus gritos. Gritos desesperados de alguém que se perde em meio a dor, que se cansou de lutar sozinha contra tanto medo e sentimentos negativos que sou incapaz de controlar.
Eu preciso gritar!
Preciso que vocês entendam de alguma forma, tudo o que eu venho sentindo e calando... Eu deveria gritar toda a revolta e confusão que se espalhou dentro da minha cabeça... Sou incapaz de dizer tudo o que sinto e na intensidade com que sinto. Embora o caminho não seja esse, eu preciso gritar...
Cansei de ter pena...
Cansei de ser a garota boba com que todos pintam e bordam, cansei desse mundo, cansei dessa gente falsa e egoísta... não me sinto forte pra seguir ao lado dessas pessoas...
Vou seguir um caminho novo, vou tentar de outra forma, vou seguir com outras pessoas...
Em: 06/10/08

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Feliz Aniversário, meu anjo mais velho!


Hoje é aniversário de minha irmã MAIS VELHA!
E quero desejar a ela toda a felicidade do mundo, apesar de tudo que ela me faz passar... Apesar das chiadeiras pra me fazer calar a boca, dos apertos no braço pra me fazer falar, dos empurrões que eu não mereço... Das mentiras que me conta!
Enfim, ela é uma irmã MAIS VELHA como qualquer outra, não poderia esperar nada de diferente...
Brincadeira, more...
Amo-te tanto, meu amor...
Feliz Aniversário...

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Devagar... Devagando sempre...

Oi, meu nome é Soraya Carvalho, tenho 22 anos e estou tentando entender que valor é esse que tenho e que todo mundo diz que devo me dar...
Fora você, querida agenda, não sei quem está do meu lado pra valer... Sei lá... Sou louca mesmo!
Hoje fiquei horas admirando o vento. Criatura forte, agradável, querida, masssssssssss... Invisível! Sentimos o vento, mas não o vemos! E existem tantas engravidando dele!
Rsrsrsrsrs
Assim é a vida: passa por nós sempre correndo, sabemos disso, mas não percebemos isso de uma forma que despertasse o desejo de lutar... A vontade de mudar, de fazer algo, não exatamente parar você, o tempo, ou o vento.
Se bem que... Parar tem sido um desejo constante em minha vida. Não parar pra sempre... Entendam pessoas: não existe em mim o desejo de morrer!
Mas, às vezes, não sinto desejo algum de levantar-me da cama. Meus sonhos são mais doces e tão melhores que a minha realidade resumida a UFMA, UFMA, UFMA... Ufa!
Tô cansada!
Em: 12/11/08

terça-feira, 2 de novembro de 2010

De volta a velha forma...

Um dia foi borboleta, mas, mais uma vez, te tornas lagarta. Impossível entender como funciona tua mente doente e sempre rasteira, impossível conceder-lhe o perdão por tão odiosa atitude, por decisões tão cretinas.
Prossigo num jogo onde só existem culpados e todos me mandam tomar decisões. E eu as tomo sem pensar. Vou as cegas fazer o que me é mais fácil e não o que realmente desejo.
Talvez queira acabar com todos, mas no fim, só quero mesmo matar a mim. Não de “morte matada”. O que quero dizer é que quero matar a criatura falsa e vergonhosa que às vezes sou. Quero fazer morrer de vez a parte podre da história.
Deixar de viver uma vida onde o torto é o certo e o certo nunca é direito. Onde os sonhos são apenas sonhos e as idéias malucas são loucuras da nossa cabeça.
Quero nova vida.
Afinal, morte é conseqüência da vida.
Fim de uma, começo de outra.
Em: 13/10/08

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Amizade X Social

Há cinco anos eu discutia com o Aécyo sobre amizade e contato social. Eu tentava convencê-lo de que eu NUNCA falaria com alguém apenas socialmente. Eu nunca teria mais contatos sociais do que amigos, hoje eu só tenho contatos sociais.
Nada mais restou das minhas amizades eternas e verdadeiras. Deixei de me questionar da existência delas. Agora a grande questão é deixar de sonhar com elas...
Eu me sinto só por um motivo básico: eu estou só!
Tô cansada de dizer as mesmas coisas, escrever as mesmas coisas, reclamar das mesmas coisas e nunca deixar de sentir nada disso.
Eu cansei de fingir e eu sei que quero mudar, mas falta algo. Eu sei que quero mudar, mas vou mudar pra me tornar o que?
É fácil e lindo dizer que não quero mais ser quem eu sou, mas... Sei lá. Talvez o nosso futuro esteja resumido a ser o que já somos e não o que queremos ser [risos].
Não é complicado! Nunca foi complicado... É apenas desesperador!
Kkkkkkkkkkkkkkk
Em: 27/10/08