Páginas

Retrô 2010

Eu poderia fazer uma retrospectiva ENORME de tudo que me acontece em cada horinha desses 365 dias... Mas, como eu sou boazinha, eu vou apenas destacar algumas coisinhas... Vâmo tipo premiação!!! 
  • O mico do ano! 
Meu celular tocou no meio de uma reunião da revista (tava no volume máximo!!!) e eu sai correndo feito loucaaaaaaaaaaa... Por que o “Camarão com pão” ia ficando mais alto a cada segundo. 
  • A felicidade do ano! 
Trabalho reconhecido! Fui homenageada no lançamento da revista!!! O departamento do meu curso ficou sabendo e eu passei a ter mais respeito entre os meus... kkkkkkkkkkkk (e minha bolsa aumentou!!)
  • Tistin do ano 
O Nando terminou comigo na véspera do dia dos namorados... 
  • Piada do ano 
O NANDO TERMINOU COMIGO PRA NÃO ME DAR PRESENTE!!! 
  • Amigos do ano (pessoas que eu conheci em 2010) 
Muitos blogueiros!!! Yullia, Evandro, Laura, Tiozão das batatas, a doida do Blábláblá... Tuiteiros!!! Pietro, Daniel, Teylane, Kercylia, e Khetury... Telefoneiros (kkkkkkkkkkkk)!!! Hérika!!! 
  • O aprendizado do ano 
São suas ações que definem o tipo de amigo que você terá, e não apenas as ações deles. 
  • O milagre do ano 
Eu e o Nando sobrevivemos ao ano!!! 
  • Música do ano 
Quelqu’um m’a dit 
  • Filme do ano 
Orgulho e Preconceito 
  • Livro do ano 
Melancia 
  • Recorde do Escandalosa 
O Rei Leão Biblicamente escandaloso 
  • Prêmio revelação amizade escandalosa de ouro (kkkk) 
Mayanna Sousa Nogueira ( e o cabrão) 
  • Frase chata do ano 
Eu quero ter um bebêeeeeeeeeeeeeeee...

Devia ser direito de toda mulher...


  • O carinho no dia seguinte a loucuras; 
  • Um ursinho de pelúcia pra abraçar na ausência; 
  • Chocolate pra engolir em momentos de tristeza e na TPM; 
  • Comer sem engordar; 
  • Receber carinho a todo momento e sem motivo nenhum; 
  • Ter o seu tempo de paz e descanso merecido; 
  • PRIVACIDADE; 
  • Não precisar raspar a perna, mas tê-las sempre lisinha; 
  • Não ter espinhas, cravos, varizes, celulite ou estrias; 
  • Ter um namorado fiel de verdade; 
  • Poder gritar uma vez no mês sem encarar consequências; 
  • Música pra esquecer, música pra lembrar, música pra curar, música pra inspirar; 
  • Ser um pouco de Clarice Linspector e Florbela Espanca; 
  • Ter um pouco da loucura de Manuel Du Bucage; 
  • Ter um homem lindo feito Rupert Everett; 
  • Ter um amigo gay (porque eu tenho e recomendo!!!); 
  • Ter um amigo hetero (porque eu tenho e ele é tão bacana quanto o gay!!!); 
  • Ter uma amiga de verdade (isso a gente descobre com o tempo... Mas, vai que existe...); 
  • Sorrir, amar, viver e ser feliz...

Ai, EREBD... Passa logo!!!

Nunca pensei que fosse dizer isso, mas eu não quero que esse EREBD chegue, eu quero que ele passe!!! 
Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk 
Eu não vou ter férias por culpa do EREBD! 
Eu tô sem namorar por culpa do EREBD! 
Eu tô sem ver meus amigos por culpa do EREBD! 
Eu tô sem ler um bom livro por culpa do EREBD! 
Eu tô sem escrever e desenhar por culpa do EREBD! 
Eu tô sem dormir por culpa do EREBD! 
Eu tô comendo (comida, almoço, janta... esse tipo de coisa) mal por culpa do EREBD! 
Eu tô garrando ódio e dando unfollow em neguinho por causa do EREBD (pow, tem gente que vem falar comigo só pra ver se arranca informação, vão se catar!!!)! 
Enfim... E ainda há tanto pra se fazer...

Orando com Deus do lado...

Querido Pai que está ao meu lado...
Sei que estás perto por isso não levantarei meus olhos para o céu hoje. Apenas os fecharei, mostrando-lhe minha confiança e entrega total no momento... Ou... Não sei, Senhor... (pensamentos confusos o.O)
Há tanto pra ser falado e tão poucas palavras para usar... Esse ano foi marcado por dúvidas e questionamentos violentos. Peço perdão por cada palavra usada contra Ti.
Fora os questionamentos, posso falar das muitas dores que senti: a dor de perder, de temer perder, de duvidar, de ter medo, de não confiar, de me afastar, de trair, de ser traída, de ser impotente... A dor de ser tão pequena e de suportar dores tão grandes... A dor de te querer por perto e de duvidar da tua presença e até mesmo da tua existência...
Obrigada por pôr pessoas tão bacanas em minha vida. Mais que isso, obrigada pela confiança depositada e pela aceitação para que eu entrasse em suas vidas...
Obrigada pelas respostas às dúvidas, por estar ao meu lado, por me curar de todas as dores!
Te amo muito!
Amém!
Em: 24/12/08

Cadê a gratidão, coisa de pouca fé!

E falamos que devemos ser gratos a Deus, mas reclamamos todo instante dos pequenos milagres: não nos conformamos com o que temos.
E falamos que o que importa é o que somos por dentro, mas ignoramos todos os sistemas e falamos mal de cada ruguinha que aparece na face de quem ta por perto ( e, é lógico, dos nunca ignorados, dos que estão distantes!).
E falamos que não devemos dar importância ao dinheiro, mas ainda assim ele nos é cobrado... E reclamado a todo instante em lugares onde deveríamos esquecê-lo, onde deveríamos apenas agradecer a Deus e conversar com Ele.
E falamos do amor ao próximo, mas esse amor é demonstrado apenas quando o próximo está distante ou ao lado de outra pessoa... Na verdade, após tantas traduções da Bíblia, algumas religiões deixam claro que DEPENDE DE QUEM É, DO QUE FAZ E O QUE TEM O PRÓXIMO.
E pedimos, ordenamos, suplicamos, desejamos que aquele que nos aponta cuide apenas uma vez de sua vida, mas nem isso fazemos! E a gente grita hinos maravilhosos sobre o “eu não me importo”, “faço apenas meu trabalho”, “cuido apenas da minha vida”, “não dou valor ao que tem, mas quem é”, “o que vale é a beleza interior”, “sou grata a Deus”... Apenas pra não ser julgados pelos outros...

Escrito em: 09.08.09

#FELIZNATAL



Antes que eu esqueça....
Queridos amigos...
Que magia do Natal (kkkkkkkkkkkkkkkk) desperte em vocês a força e a coragem para enfrentar medos e realizar sonhos.
Que sejamos mais do que pingos de luz em meio a escuridão... Que possamos ser Sol e iluminar a vida de mais pessoas além da nossa...
#DOESANGUE
#DOEMEDULA
#DOEVIDA
Ame a vida e segue...
FELIZ NATAL!!!!

Dias estressantes

Dias estressantes vêm, passam e virão...
Assim tem sido nossa campanha... Estamos além de nossos limites, rompendo barreiras, enfrentando e superando grandes desafios...
"Dai-nos força, Pai"... Assim peço diariamente...
Porque o medo e a vontade de desistir muitas vezes esteve presente no coração de cada um de nós...
E assim, simplesmente pela vontade de fazer algo bem feito, deixamos nossas casas, ganhamos a rua, enfrentamos leões, fofocas e todo tipo de merda...
No fim... Dias estressantes passarão... E as lembranças serão doces... O dia será claro... E enxergaremos melhor tudo porque passamos pra chegar onde chegamos....

Feliz aniversário, seu chato!!!

|Fonte de imagem: Os libânios
Hoje é aniversário do meu irmão querido...
Não lembro quando tu chegou em minha vida, até porque tu chegou primeiro!!!
Mas, desde que tomei consciência da tua existência, tu virou (VIROU????) alguémmm... Especial.... pra mim...
Apesar do excesso de cuidados: "Sai do meio da rua, otária!", "Olha o carro, idiota", "Presta atenção, pequena burra!"....
Apesar de todo o carinho desinteressado: "me dá 1 real aí.... 50, 50!!!.... cinquentinha..."
De tanta desconfiança inexplicável: "Ihhhhhhhhhhh... tu é otária????"
EU TE AMO, PORRA!!!!
Feliz aniversário!!! =P

Hoje confio...

Hoje entrego minha vida a Ti sem medo...
Hoje te quero do meu lado mais que sempre...
Hoje creio em tua companhia...
Hoje sei que estás ao meu lado...
Hoje sei que me guia, socorre e ama...
Estou no DCPG/PPPG/UFMA (ufa!), e mais uma vez entrego minha vida e pensamentos no único que podemos confiar em momentos como esse... Em dias chuvosos e difíceis como os de agora.
Ainda não sei quem sou, mas agora tenho definido em minha cabeça o que quero e, principalmente o que não quero.
Tenho sonhos esquisitos diariamente... Sonho como que não creio ser possível, sonho com pessoas que não conheço.
Diariamente baixo minha cabeça e elevo meu pensamento a Deus. Alguém em quem acredito, sem mesmo ter visto, mas tenho certeza que existe.
Hoje sou grata por cada dia. Hoje sou feliz por Ele existir.
Em: 22/01/09

Em decisão...

A verdade é que desisti dessa coisa de minha vida encostar-se à vida de alguém.
Isso é tão complicado...
É como esperar que gotas de chuva fossem de chocolate e etc..
Penso em desistir até dos meus amigos... Ora, se você perceber todos os esforços para que possamos nos ver partemE da minha pessoa! O que pode significar que... Meu Deus! Eu estou forçando a barra!
Mas o que fazer se amo esse povo?
Tô confusa...
Ontem estava pensando nas horas (é muito poético! Quando não penso em horas, é em vento, tempo... eu! {risos})... Num sei... Não pensei nas horas como tempo, como algo oferecido pelo relógio ou coisas do tipo... Pensei nas horas como algo precioso... Como o que compõe o dia, como o que perco por ficar aqui pensando... Gotas pequenas de felicidade que perco por ficar em dúvida...
Talvez vocês estejam certos... Não consigo separar a hora do tempo... Sou igual a todos: confusa!
Confusa... Louca!
Em: 15/01/09
p.s: Amor, eu escrevi isso na agenda em uma de nossas zilhões de primeiras brigas antes de começar a namorar...

Vendo cooooooisas...

Ok...
Hoje acordei assustada... Havia um “corpo” ao pé da minha cama, e cada vez mais perto de mim... No susto, baixei minhas pernas, e ele sumiu... Levantei, e ele apareceu... Baixei e ele sumiu...
Olhando bem, percebi que aquela coisa branca e brilhante eram minhas pernas...
Volto depois...
Vamos falar do que me faz feliz no momento... Ai, ai, ai...
Tenho medo de me arrepender das palavras, como tantas vezes me arrependi aqui...
Foi necessária uma semana de afastamento para me dar conta de que NUNCA quis me afastar, mas eu sempre tive medo.
Sua presença representa dependência. Faz-me ver que não o quero afastado de mim, por que necessito de suas palavras, de suas mãos, dos seus carinhos, do seu abraço e, mais que isso, que desejo seus beijos.
Eu estou apaixonada!!!!!
Seu abraço me conforta, me deixa segura e dependente por demais (por demais????? o.O)
Falo ainda com medo de me arrepender... Falo por que... Sei lá! Falo por que sinto!
Wuo-ai-ni!!!!!!
Em: 26/01/09

Oração...

Senhor, sinto-me só...
Estou longe daquela menininha que tinha um sorriso encantador, mas oco. Deixei de disfarçar a tristeza que habita neste ser. Deixei a máscara cair e me vejo só.
Não tenho nada, além disso, pra dizer neste momento... Ok, sinto falta do teu abraço, falta dos momentos de paz que sentia quando me entregava em oração.
Nem isso consigo mais...
Sinto falta da tua companhia. Embora todos digam que estás ao meu lado, eu não te sinto aqui...
Quem és Tu, Senhor?
Onde estás?
O que aconteceu comigo? Por que me sinto tão só se, teoricamente, estás ao meu lado?
Devolva-me a paz que preciso pra viver.
Devolva-me a alegria, o sorriso.
Fica ao meu lado nesse momento, não me deixa só!!!!!
Faz-me companhia esta noite...
Livra-me das dúvidas, do medo... Defende-me das palavras maldosas daqueles que não me respeitam e não desejam o meu bem. Cuida daqueles que amo e que precisam de Ti tanto quanto eu...
Amém!
Em: 07/07/08

De armas na mão...

De armas na mão eu sigo a luta!
A luta para ficar de pé, para caminhar, para buscar compreensão... Uma compreensão que vai além das palavras, além do “contrato de amizade” assinado. Enquanto isso não existir, não posso mostrar o que escondo com sorrisos débeis.
Meu sorriso esconde muita coisa. Mistérios desvendados por poucos. É um sorriso de desespero de alguém que não encontra sentido nas próprias palavras... Nas regras quase gritadas em pensamentos confusos.
É um sorriso obscuro. Apenas mais um entre tantos sorrisos falsos, que tentam apenas ser... Gentil? Talvez essa não seja a palavra correta posto que... Tá, talvez seja, de fato, gentil, nobre esconder o que sentimos. Passamos o tempo todo fazendo isso! Um amigo me disse que certas coisas, como demonstrar o que sentimos, são chatas. É chato admitir, mas, às vezes, os homens acertam...
É chato falar o que sentimos, principalmente se o que sentimos não é correspondido pelo “objeto” sentido [risos]. Joguinho de palavras perigoso... Isso ainda vai me causar problemas. Muitos podem se ofender com minhas palavras. Mas elas são verdadeiras, eu as sinto!
Não as busco cegamente como quem abre o dicionário e diz: “Uau, ficará perfeeeeeeeeeita com aquela!”. As sinto e ponho no papel sem nenhum tipo de raciocínio... Eu “vomito palavras”, como disse o Aécyo.
Saudades do Aécyo e da confusão que causamos nas mentes das pessoas. Por que tão poucos conseguem compreender nossa amizade? Por que muitas a julgam irreal, falsa...? Cabe na cabeça de poucos o que sentimos... Tá bom, direi apenas para não contrarias vocês: o que sinto!
Sinto falta de tanta coisa...
Sinto falta do Guii, de voltar pra casa com ele, de pegar Tropical e de ter minha cabeça “torrada” pelo sol. Sinto falta dos meus pais, da comida da minha mãe, das brigas das minhas irmãs, da minha casa, de ficar hooooooras olhando pro teto deitada na minha cama de pernas pro ar até dormir... Sinto falta do Aécyo, de ficar horas abraçada com ele, ouvindo-o cantar “I say a litlle prayer” ...
Sinto saudades de saber o que eu sinto, saudades de poder gritar isso sem encarar julgamentos...
Terríveis julgamentos...
Queria fazer com que, de alguma forma, eu não fosse ridicularizada pelo simples fato de ter a coragem que poucos possuem para dizer o que sentem.
Queria também não ter essa coragem de dizer... De certa forma encorajei muitos a fazer o mesmo, mesmo expondo sempre o lado negativo. Será que o lado negativo não ficou tão claro assim???? Será que não falei apenas da felicidade e do alívio que era??? Será que eu não falei do clima desagradável que ficava entre “as partes”??? [risos] acho que essa última colocação vai pegar muito mal, mas enfim...
Há poucos dias eu fiz uma declaração. Foi horrível [risos]!!!!!! Mas, essa foi a primeira vez que não usei a frase clichê de todos os românticos: “ EU TE AMO, “PIIIIIIIIIIIIIIIIIII”.
Isso deve significar alguma coisa. Sei lá, deve ser pura carência. Desejo de, simplesmente, ter alguém ao meu lado. Alguém que me dê um abraço em um momento como este, onde me sinto confusa e muito sozinha.
Acaba aí.
É a primeira vez que sinto apenas isso.
É a primeira vez que posso dizer que estou muito feliz por sentir apenas isso...
Ai, ai, ai...
Eu não estou amando, eu simplesmente me apaixonei. Isso descomplica toda uma história que poderia desdobrar-se em um emaranhado de confusões. Isso dá sentido ao meu sorriso e faz com que ele tenha uma razão de ser e não seja um simples disfarce.
Isso dá sentido a um mundão de coisas e derruba muros incríveis que poderiam proteger uma grande mentira, permitindo que ela continuasse a crescer. Agora eu espero no mesmo lugar de sempre a chegada do MEU “príncipe encantado”. Permaneço sentada no lugar marcado sabendo que ele não virá, mas mesmo assim espero. Esperando pacientemente que o sonho se torne real... Que meu sorriso possa ser tão sincero quanto o que ele me oferece. Encanto que só acontece nos poucos momentos que passamos juntos, da forma que aceitamos que seria...
Em: 02/07/08

Enlouquecendo...

As velhas vozes...
Os velhos medos...
Um sonho antigo: não ouvi-las.
Cansada de ouvir vozes gritando em minha cabeça o quanto sou egoísta e covarde, o quanto eu sou irritante e idiota...
Queria deixar de ouvi-las por um minuto... Ter paz...
Esse é o meu maior desejo: não ouvir os gritos da minha própria consciência. Não ouvir as mentiras que sou capaz de me contar...
Em: 19/07/08

Hoje o dia é de chuva...

Hoje o dia é de chuva...
E, embora tudo pareça perdido, dentro de mim queima a chama da esperança...
Dores são amenizadas...
Deus está vivo!
Mais forte do que qualquer medo, mais visível do que o próprio sol... Que hoje se esconde...
Rsrsrsrs
Enfim, Ele está aqui!
Ele me oferece o abraço que tanto reclamei não ter...
Ele me faz companhia... A companhia que tanto reclamei, desejei, pedi...
Hoje acordei em paz!
Hoje acordei mais forte!
Hoje acordei com Deus!
Rsrsrsrs
Tem tanta gente mandando a gente dormir com Deus... Deviam mandar acordar com Ele!
Ah, é muito melhor!

À Deus: Obrigada pela companhia, obrigada pelo amor, obrigada pelo abraço, obrigada pela certeza de que o impossível não existe!
Amém!

Em: 21/01/09

Ninho crescimento fortificado...

Fui cruel de novo...
Sou cruel sempre...
Separo o meu mundo do mundo de quem amo...
Eu quero recomeçar...
Quero ser Nova criatura, como diz aquela música!
Quero voltar a sentir a paz que eu sentia em minhas orações... Quero me resgatar!
Tornei-me um ser egoísta e nojento... Cara, só falo água (pra não dizer “merda” mesmo)!
Gente eu preciso crescer!
Eu preciso me tornar adulta!
Hummm...
Tchau!
Em: 13/09/08

Parada, mas não esperando...

Hoje estou parada... Não parada como quem gostaria de ficar parada, mas parada como alguém que espera o amanhã chegar, e com ele o cumprimento de muitas promessas feitas ao longo da semana.
Tudo acontecerá amanhã...
Eu só acordarei amanhã e levantarei no ponto de colher os frutos que há muito foram plantados.
Amanhã será dia novo.
Tempo de colheita...
Mas, e se os frutos já estiverem podres?
E se, por passar tanto tempo dormindo eu não vi que o tempo da colheita já chegou e passou... E eu to aqui esperando por algo que nunca virá!
O medo sempre me perturbou...
Hoje, agora... Talvez amanhã... Parece que nunca será de outra forma... Ainda que a promessa de ontem fosse um hoje diferente... Mesmo que hoje a promessa seja de um amanhã melhor... Ou que amanhã prometa um dia seguinte feliz...
Minhas dúvidas são sempre as mesmas.
Meu medo é sempre maior. A esperança definha diante de tanto crescimento negativo...
Em: 11/01/09

Feliz aniversário Tia Rubens!!!!

Tia Rubenita pagando de gatinha...

Eu queria muito fazer uma homenagem pra tia Rubenita... Maaaaaaaaaaaaaaaaaas... Fica bem difícil fazer sem um computador que preste... Sei lá....
Some toda a inspiração!
No fim... A gente apenas grita: FELIZ ANIVERSÁRIO, TIA RU!!!!
Que Papai do Céu te proteja e guie...
Que te dê juízo, muito paz, amor, saúde...
E, principalmente, te dê forças e micos pra gente postar no Escandalosa!!!!

Ouço vozes...

E elas falam de mim... Dizem que não sou uma pessoa boa, que sou falsa e que sou cheia de “cri-cris”... Falam de falta de paciência, e que eu sempre estrago tudo...
Mas eu não quero ouvir...
Eu não quero pensar nisso agora...
Meus esforços são em vão... Não adianta levantar se vou cair de novo, de novo e de novo e sempre.
Eu uso máscaras.
Eu sou humana. Tão humana quanto esses que me julgam e me condenam a ouvi-los agora e sempre.
Perder-me em sonhos... Foi o tudo o que fiz durante toda a minha vida. Isso fez de mim uma pessoa fraca.
Caraca, já reparou que eu não consigo mais escrever coisas boas, bonitas e alegres? Já reparou que agora eu dei pra fazer todas essas coisas condenáveis... coisas que pelo menos eu condeno!
Uau!
Tõ entendendo por que raios as pessoas se afastam...
Em: 31/03/08

Querido Pai...

Sei que me encontro distante, apesar de sua onipresença...
Sei que choro baixinho e inconscientemente te culpo por tudo que eu sinto e por sofrer as consequências de meus atos... Mas, agora só te peço: Dai-me paciência!
Sei que é difícil ser você... ver todo mundo te culpando por tudo e tal... Mas, tá difícil viver isso aqui embaixo...
O Senhor tá aí em cima... Se tapar os ouvidos, garanto!
Eu só quero a alegria de tua companhia... A paz e o toque suave que sentia em meus momentos de oração... Quero sentir a paz do sono sem culpa... Quero a liberdade e felicidade que tinha... E perdi...
Te quero agora, mais presente que nunca...
Amém...

Bibliotecária em depressão...

Essa semana acordei mei agoniada com o curso, com a pressão dos tios e... me desesperei no twitter...
Fez sucesso... Vou repetir aqui as tiradas depressivas da Biblioteconomia...

  • Os seminários sobre mídias digitais sempre terminam em alguém falando do fim do livro, da biblioteca, do bibliotecário. 
  • Seus professores pregam a importância de não deixar usuário sem resposta. E não respondem emails. 
  • Seus professores te enchem de trabalho justamente no final do semestre. Passaram o semestre todo em Congresso, viajando.
  • Quando professores falam em atrair o usuário para a biblioteca, você se questiona se o pó é suficiente para a demanda.
  • 99% da sua turma acha que estará empregado quando terminar o curso. Você tem certeza que não. 
  • Há na turma quem diz que ama o curso. Mas sempre presta vestibular de novo!
  • Seus colegas só querem ver seu trabalho por 2 motivos: xerocar e criticar a normalização.

Novas cores...

E tudo ganha nova cor, mesmo perdendo-as...
O céu pode estar lindo ainda que nublado...
Tudo vai depender de um ponto de vista. Depende do que acreditamos, depende do que queremos ver.
Uma pessoa pode estar falando sozinha para alguns, mas para quem crê ela fala com Deus. Uma pessoa pode estar rindo feito louca sozinha, mas pra quem crê... Pode ser simplesmente agradecimento por uma benção alcançada, felicidade por algo bom ter acontecido e que não está entre as “grandes” visões de quem vê apenas com os olhos (bem redundante).
É preciso crer às vezes...
Crer não é apenas um ato... É... Sei lá! Abrir os olhos para aquilo que, quem vê apenas, acha impossível.
Crer é tornar possível, e concreto, tudo o que desejamos.
Para alguns é mais fácil crer em coisas ruins, acabam concretizando isso. Para mim é mais fácil crer em coisas boas acontecendo, que tudo pode dar certo, que sempre existe uma saída...
Bom... Eu creio em 1 milhão de dólares na minha conta agora!
Rrsrsrsrs
Em: 15/01/09

Feridas abertas

Tarde demais para fechar feridas que foram abertas. Um pouco tarde para tentar consertar o que foi quebrado. É inútil utilizar palavras doces, não pode me falar tudo o que eu desejo ouvir agora... Isso não vai amenizar a dor. Isso não vai apagar o dia e ontem.
Esse dia ia chegar de qualquer forma. Falou apenas o que vinha engasgado na garganta de muitos que não tinham coragem de vir até mim e calar minha voz.
O velho sonho de criança morreu...
Quem está aqui na tua frente não é a mesma que esteve na semana passada, nem poder ser comparada a de um mês atrás...
Quem está aqui não é nem a sombra daquela que foi morta há um mês. Aquela garota não existe mais.
Conforme-se!
Não foi apenas acordada de um sonho, ela foi atirada na realidade e está aprendendo a respirar esse ar mais pesado.
Não existe mais aquele brilho nos olhos, então, não tentem ver além do que existe.
Ela fará o mesmo.
Em: 16/05/08

I am ET!!!!!!!!!

I am ET!!!!!!!!!
I am ET!!!!!!!!!
I am ET!!!!!!!!!
I am ET!!!!!!!!!
Tá, vâmo parar de dizer besteiras...
Eu sou ET!!!!!!!!!
Eu sou ET!!!!!!!!!
Eu sou ET!!!!!!!!!
Eu sou ET!!!!!!!!!
Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Sei que seria mais econômico ficar mudinha... Mas, minha falta do que fazer me impede de proceder desta forma. Eu preciso gritar, lembrar ao mundo quem eu sou (mesmo que isso signifique “I am ET!!!!!!!!!”...).
Fora isso, resta-me pouco... Gritar que amo as pessoas que amo já foi feito por toda a minha vida...
Dizer que não consigo mais viver sem mim... Bom, eu faço isso de vez em quando...
São pensamentos soltos e confusos de uma pessoa que se sente livre e feliz no momento, independente da sua total falta do que fazer. Quero dizer, existe uma coisa que muito me incomoda no momento, mas “eu vou rasgar a minha garganta e derramar o meu veneno”!
Em: 07/08/08

Olhando a luz...

Minha vida parece estar... Correndo muito depressa. Hoje eu acordei e vi que já tinha 21 aninhos. E o que eu fiz? O que eu vivi? Que grande descoberta eu fiz pro mundo? Eu nunca nem mudei a vida de alguém!
Esse fim de semana eu vi a luz!
Foram 72 horas olhando para a lâmpada do meu quarto, tentando entender quem eu sou. É verdade, a lâmpada não me respondeu!
Fechei os olhos (não pra ser romântica, mas por que estava ficando tonta demais para mantê-los abertos) e fiquei pensando... Lembrei o dia em que uma pessoa me disse que parecia que eu vivia pra nada e por nada... Eu fiquei muito chateada na época...
Engraçado como a gente é... Quando é um elogio, beleza! Se for uma crítica a gente já fecha os olhos pro fato de que é esse tipo de coisa que nos faz crescer.
Tornei-me infantil, cara... Fútil...
Enquanto o mundo enlouquece, eu to aqui...
Enquanto todos estudam, eu escrevo besteira durante a aula...
Céus, eu tenho 21 anos!
Na minha idade as pessoas já são avós!
Eu preciso de um sentido!
Eu preciso de uma luz!
Em: 25/03/08

A merda, o monstro, a bruxa... Tudo sou eu!

Sou mais uma pessoa ruim no mundo...
Estou impressionada...
Sei que o que fiz não é o tipo da coisa que se possa achar correta.
Eu sou uma merda...
Eu sou um monstro...
Eu não vou pro céu...
Eu devia ser presa!
Fazer escolhas erradas é motivo pra prisão?
Pois deveria...
Pres´tenção, eu machuquei uma pessoa com meu egocentrismo!
Eu não presto!
Eu deveria ir pra fogueira...
Pô, pobres bruxas acabaram na panela pelo simples fato de que fizeram umas macumbinhas básicas pra curar algumas pessoas... Por que não eu???
Eu quero ir pra fogueira!!!!!!!!!
Eu não presto!!!!!!!!!!!!!!!
Em: 01/08/08

Dar um pause...

Às vezes sinto vontade de pausar minha vida... Não encerrá-la, mas parar um pouco e ver o que está acontecendo ao meu redor. Parece loucura, né? Estou muito presa ao que eu sinto e esqueço-me de ver o que acontece.
Na base, eu tenho ignorado o fato de que estou passando por cima de muita coisa pra seguir u sonho que eu não sei qual é... Nem sei dizer se tenho sonhos...
Em: 14/09/08

“Eu vou desdizer aquilo tudo que eu disse antes...”

Eu sou mais fraca do que eu gostaria de acreditar...
Continuo sendo a mesma tonta de sempre, não adianta querer dar cara e cores novas ao que eu insisto em chamar de vida.
Pode parecer uma roda-gigante para alguns, mas o que eu vejo é apenas o fundo do poço. E para subir eu vou ter que passar por cima de muitas mentiras. Mentiras que, em sua maioria, foram contadas por mim.
Eu sou um ser desprezível, sim. Obrigada por lembrar-me isso a todo instante. Obrigada também pela impaciência e pela vontade de mudar-me sem, nem mesmo me indicar qual o meu erro.
E eu quero pedir a todos o favor de se afastarem de mim de uma vez. Pedir que não se entreguem ao erro de elogios e promessas fáceis e falsas.
Só quero ter ao meu lado aqueles que estão, de fato, querendo me ajudar. E peço que se afastem da minha vida os idiotas que acham que sou capaz de ler pensamento.
Não quero falsidade.
Não quero pena.
Não quero amizades educadas e de promessas. Quero apenas uma amizade sincera.
Em: 15/08/08

Em um daqueles dias...

Eu estou em um daqueles dias que tenho muito pra falar, e pouco tempo pra escrever...
Queria tanto poder escrever com a freqüência de antes...
Queria tanto que esses dias chatos passassem depressa... Que o fim de semana chegasse logo, que o EREBD acabasse também!
São tantas cobranças e tanta dor de cabeça...
Queria apenas a paz de um sorriso sincero... Dormir com um abraço...

Descrição da noite de natal de 2008...

Eu, em meu quarto, deitada em minha cama meio tonta... Cabelos despenteados, grudenta e fedida... Nada neste mundo é capaz de levantar o meu corpo “ruliço” desta cama...
Sinto-me mais pesada e enjoada a cada segundo... Sofro no momento de um mal conhecido como “Efeito-bat”... Ou efeito do morcego (já que não tenho certeza se morcego em inglês é “bat” e morro de preguiça de ter certeza de algo que eu acho que é...). Enfim! Não me peça para explicar, é humilhante!
Carrego em mim bons sentimentos no momento... Deve ser por isso que me sinto tão pesada e enjoada: são bons sentimentos!
Acabei de ler Crepúsculo e é incrível como esse livro despertou em mim a vontade de ser uma garota normal – isso inclui ir ao cinema (pra assistir o filme) e ter um namorado vampiro! –, enfim... Sinto-me só e quero alguém do meu lado. A vantagem é que eu não estou na TPM e eu sei perfeitamente o que eu quero: não quero apelidinhos que me façam sentir... Indefesa... o.O
Em: 24/12/08