Páginas

"A biblioteconomia me santificou"


Encontrei essa foto no orkut da turma com a frase: "A biblioteconomia me santificou".
Só achei engraçado e resolvi dividir com vocês... Pra quem não conhece, essa sou eu bancando Maria....


Oração da vida


"A vida é uma oportunidade, aproveite-a...
A vida é beleza, admire-a... 
A vida é felicidade, deguste-a... 
A vida é um sonho, torne-o realidade... 
A vida é um desafio, enfrente-o... 
A vida é um dever, cumpra-o... 
A vida é um jogo, jogue-o... 
A vida é preciosa, cuide dela... 
A vida é uma riqueza, conserve-a... 
A vida é amor, goze-o... 
A vida é um mistério, descubra-o... 
A vida é promessa, cumpra-a... 
A vida é tristeza, supere-a... 
A vida é um hino, cante-o... 
A vida é uma luta, aceite-a... 
A vida é aventura, arrisque-a... 
A vida é alegria, mereça-a...A vida é vida, defenda-a..."

(Madre Teresa de Calcutá )

Ritual de Passagem de Biblioteconomia UFMA 2011.2

Hoje foi realizado o ritual de passagem do Curso de Biblioteconomia...
O engraçado é que quando falamos em ritual, muitas pessoas se interessam achando que podem fazer um trabalho pra conseguir dinheiro ou conquistar um marido...
Bom, depois do meu ritual eu consegui um namorado e... Bom, espero conseguir um emprego também!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Boa sorte aos calouros!
Sejam bem vindos!

Apresentando o nosso departamento de Biblioteconomia: Cláudia Pecegueiro (minha orientadora <3), Isabel Diniz (a baixinha de verde), Raimunda Ribeiro(essa senhora simpática rindo atrás da baixinha), Cenidalva Teixeira (essa senhora simpática rindo do lado da baixinha), Cássia Furtado (A loira), Rita Portella (viu, professora, a senhora não foi esquecida! - A baixinha de óclão), Dirlene Barros (essa senhora simpática de preto), Jaciara de Almeida (essa moça estilosa do corte de cabelo massa!), César Castro (o único homem na foto que se desgraçou na vida estudando pra chegar onde chegou...), Aldinar BOTTENTTUIT (o sobrenome mais chique de nosso departamento - A senhora simpática "portando" um bebê) e Maria Mary Ferreira (Essa senhor simpática com a peruca roxa)

Dinossauras

Gente feia do PET  - Cecília (essa moça que vive me censurando por não entender minhas piadas...), Márcio (que não tem facebook, onde já se viu???), Mary Ferreira (prefiro nem comentar...), Lady (baixinha), Rosana (metida), Jaqueline, duas que eu não sei quem são... Marcos... E a menina que não me aceita no facebook (do mal...)

Os calouros... Que não direi nome por nome porque até essa parte eles cortaram no ritual... Poxa, quando a gente vai evocar alguém tem que dizer o nome, qualé!

NOTA DE REPÚDIO

Eu, em nome dos dinossauros de Biblioteconomia, venho expor minha revolta com a nova "conduta" de sorteio de livros no ritual de passagem... A gente larga o nosso "de fazer" pra apostar na sorte e ganhar pelo menos um livrinho pra nossa monografia e nada!
Os sorteios ficam restritos aos calouros... Qualé!
Nós lutamos por direitos iguais!
Nós merecemos mais livros do que eles!!!!

O virgem que diz que tem 36 anos...

Querido leitor,
essa semana em um almoço no nosso querido RU, um amigo, que diz a todos ter 36 anos, vira pra mim e diz que é virgem... COMO ASSIM?????
O cara jura que está guardando a virgindade para depois do casamento... A dele ou da noiva? Eu perguntei...
E o cara ainda diz que vai guardar para um casamento que será só depois dos 40 anos....
Será que isso existe mesmo???
Lembrei então de um filme que eu assisti dia desses: O virgem de 40 anos.
É um filme meio sem graça... Em que o cara era um desastrado e a coisa só não coisou porque ele assustava as garotas na cama mesmo... 
É normal discutir a virgindade de homens de até 21 anos... Mas de 40 foi uma piada...
Há uma pressão da sociedade com relação ao sexo... Tudo é falta de sexo e, como eu vivo nessa sociedade... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Será, gente, que os hormônios do meu amigo estão subindo-lhe a cabeça e por isso ele tem a mente doentia que tem... (Mente doentia sim, bem pior que a minha).
E vocês acham que eu estou confiando demais nele a ponto de crer nisso...
Bom, teve um tempo que eu acreditei... mas, hoje, que a gente se fala e tudo.... Mei difícil, mei difícil....

Oração de Caridade


Senhor Jesus,

Dá-nos a coragem precisa de esquecer-nos em auxílio daqueles que nos deste ao convivio.
Ante a dificuldade, concede-nos a esperança que nos faça sorrir, encorajando os companheiros de trabalho e de ideal.
Não nos permita a omissão, quando se nos apresente a oportunidade de sermos úteis.
Ensina-nos, Senhor, que todos somos irmãos, filhos do mesmo Pai, e que, por isso mesmo, o perdão de quaisquer ofensas deve inspirar as nossas diretrizes, dando-nos a entender que os erros de outrem poderiam ser nossos.
Auxilia-nos a pronunciar a frase de otimismo e de alegria, quando o pessimismo nos tende abater a fé viva nos destinos que nos traçaste.
Ampara-nos a fim de que sejamos um anteparo contra a violência, pela capacidade de construir o bem onde estivermos, com a qual nos dotaste o entendimento.
Infunde-nos a compreensão de que o doente e o necessitado, a criança e o companheiro desvalido, as mães sozinhas e os filhos do sofrimento devem usufruir de prioridade em nossa disposição de socorrer.
Não nos deixes indiferentes à dor do próximo e inspira-nos o que devamos fazer para atenuar as lágrimas e as aflições, os conflitos e desarmonias que lavram sobre a terra.
E faze-nos, Senhor, aceitar-te os desígnios misericordiosos e justos, que prevalecerão sempre sobre quaisquer desentendimentos humanos, de vez que a Ti pertencem as realizações da paz e do amor que facilitarão as criaturas na Terra, não somente agora mas sempre, não apenas hoje mas igualmente no explendor do AMANHÃ.

ESTRADAS E DESTINOS - Emmanuel / Francisco Cândido Xavier - Espíritos Diversos
FONTE: Brisas

Oração



Senhor, 

fazei de mim um instrumento de vossa paz... Um instrumento de caridade...
Usa-me, Senhor...
Orienta-me e não me deixe vacilar...
Abençoa todos os papais nessa data... E todas as mamães que são verdadeiros papais para seus filhos.
Cuida, Senhor, em especial de meu papaizinho terreno... Cubra-o de bençãos... Proteja-o de todos os males... Dê-lhe saúde e muitos anos de vida...
Abençoe nossa vida, proteja-nos de todos os males, não nos abandone...
É o que te pedimos em nome de nosso irmão mais velho, Jesus, 

Amém!

Amor platôônico


Tenho vergonha de mim toda vez que lembro da menina boba que fui e que, talvez, ainda seja agora... 
A menina que falava o que sentia e se escondia... 
A menina que amava quem não conhecia... Apenas uma imagem e seus sonhos... 
Gritava pra toda escola que não estava apaixonada por um cara, mas que o amava e que sentia que toda a sua vida foi programada para encontrá-lo.
Eu via conto de fadas em tudo, e hoje não é diferente... Aliás, hoje é diferente sim: agora eu posso beijar o príncipe.
Acho que o pior de antes era isso: eu nunca ficava com o príncipe, mas sentia que ele era meu... E quando não estávamos juntos (SEMPRE!) eu morria se o via com outra. 
Hoje vejo minhas amigas adolescentes tão sofridas na certeza de que morreram se não ficarem com aquele cara, por achar que só ele preenche o vazio de seu coração... E, em algumas ocasiões eu choro, por já ter vivido isso... Mas, na maioria eu rio... Porque não deixa de ser comédia!!!
Acho que o pior de um amor platônico é a sua existência e nosso apego a isso. 

A princesa do nariz arrebitado e o narigudo


Era uma vez um homem Narigudo que morava numa Cidade Operária tão.. tão... tãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaao distante. 
Esse homem Narigudo encontrou uma donzela do nariz arrebitado no Centro da Cidade Grande... 
Esse homem Narigudo conseguiu conquistar a pequena donzela do nariz pequeno e arrebitado. 
Esse homem Narigudo não tinha NADA pra fazer além de dar carinho, atenção e amor pra pequena do nariz arrebitado, mas um dia veio um monstro malvado e acabou com isso: seu nome é trabalho... 
E junto com seus capangas, Responsabilidade e Cansaço, o pobre cavaleiro narigudo ficou só cabeça e nariz. 
Sem forças nas pernas para carregar tão grande cabeça (E NARIZ!) ele não pôde ver a princesinha do nariz arrebitado com a frequência que ele gostaria... 
E assim, a princesinha do nariz arrebitado ficou tysti... Insegura... xóxinha... 
Maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaassssssssssssssssssss, a princesinha do Nariz arrebitado arregaçou as mangas e caminhou até a Zona Urbana de seu reino para jogar UNO com uma linda, meiga, sensual e superboaganhadoradeuno... Princesinha sem pescoço! 
E deixou o reles narigudo viver o tempo dele... Até que ele Voltou ao normal. Aprendeu a equilibrar sua vida com a princesinha do nariz arrebitado. Dominou o trabalho e, por fim, criou um corpo pra segurar a cabeça. 
Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk =P

Paqueras me paquerando??? Aff...


Eu odeio ser paquerada... #prontofalei
O problema não é meu estado civil (ou apenas o status do face, orkut... Um amigo disse que "namorando" não é estado civil...)
O problema é ser paquerada... Entende... Sempre foi...
Chamem de insegurança ou do que quiserem, o fato é que eu não sou fã... Tenho sempre aquela sensação de que o cara tá atirando pra todo lado e acha que pode me acertar.... Então, me imagino desviando das balas como o próprio Neo em Matrix...
Quando eu tô a fim de alguém, eu falo.
Os caras que me paqueram gostam de acreditar que eu tô a fim deles, mesmo eu deixando claro que não...
E são tantos pretendentes...
Agorinha tava conversando com o Guii sobre um deles. O cara é da família... Aí o Guii falou: "mais um???".
Pois, é, né, Guiii.... Eu passei muito tempo sozinha por opção....
"mas em parte foi opção minha também" - Falou Guiii, o menino que se acha.
Um detalhe importante e vital para o meu namoro: o Nando nunca me paquerou.
Eu paquerei ele e até hoje é assim.
A sensação de ser paquerada é muito ruim... Tá, no começo é bom... quando o cara tá sendo só fofinho...
Mas quando ele te pede em namoro, vem a sensação de que ele falou aquilo pra metade da torcida da seleção brasileira, que VOCÊ NÃO É A PRIMEIRA a escutar aquela historinha de: "desde a primeira vez que te vi, aqui tão linda..."... E você tem que dar o fora, mas não sabe se ele tá falando sério, ou se vai gritar a qualquer segundo: "pegadinha do malandro!!!".
Eu confio nos homens como amigos.
O dano é que justamente esses me paqueram... E eu num sou lá essas coca-cola... Sobe um pouquinho o post e veja com seus olhos como eu pareço uma velha... Como minha pele é ruim e meu cabelo é seco...
Quando converso com outras mulheres sobre esse lance de ser paquerada, todas falam a mesma coisa: "Eu dou sinais quando estou a fim... Não gosto de qualquer um chegando em mim".
Bom, no meu caso não é qualquer... São todos meus amigos, mas eu também dou sinais... ^.^

EU ESTOU MUITO A FIM DE VOCÊ, PORRA!!!

Monografia: um tema finalmente!!!


Estou em monografia... Decidi falar sobre os jornais do Século XIX. 
E, lendo aqui to descobrindo cada coisa... Vejam só... Estou lendo aqui no livro de Sebastião Jorge que um jornalista foi assassinado em praça pública por falar demais. 
Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk 
Magina se isso acontece hoje, hein? 
Ainda bem que estamos em tempos de paz... Tudo vai parar na justiça e vira processo de calúnia e difamação! 
Na verdade hoje quase nada pode ser publicado... Qualquer mentirinha boba pode virar processo... Se bem que, antigamente era morte na praça, né???
Eu queria falar de normalização que é um assunto que gosto muito na biblioteconomia, mas tô muito animada com esse tema. É um assunto bom de ler!!!!

Oração

Não negues o bem a quem de direito, estando no teu poder fazê-lo.
(Provérbios 3:27)

Senhor,

que eu seja capaz de Te encontrar no olhar de meu irmão e que eu possa auxíliá-lo da melhor forma, como faria se o Senhor precisasse....
Que eu, e meus semelhantes, possamos ser mais humanos diante da dificuldade do outro...
Permita-nos a Glória de tua companhia na fraternidade, que saibamos a hora exata de praticar a caridade: sempre!
Que tenhamos consciência de que campanhas existem, mas elas são apenas um lembrete, um reforço daquilo que deve ser praticado todo dia...
Que caminhemos todos para o bem...
Amém

Sua vida não é mais a mesma depois de um block...


Outro dia eu tava conversando com o Guii sobre minha relação com meu ex antes dele ser chato... Aí , encontrei uma conversa que tive com ele (meu querido ex) no gmail... A conversa é de 2009 e tinha um trecho que dizia assim: 
Meu querido ex: tu já beija teu namorado na boca?
eu: XD isso é inti,movgjhg
Meu querido ex: ah, desculpa... só queria saber se vc ainda tem vergonha, q nem como era comigo... :(
eu: Ih... Demorou um mês pra beijar de verdade... Ficamos um bom tempo só de selinho...
Meu querido ex: ah... comigo isso não dá certo... e olha q eu sou mto paciente com as pessoas
eu: kkkkkkkk!!!!!!!!! De passar um mês? Acho que contigo foi rápido... Com o Nando tive medo de mordê-lo...
Meu querido ex: de passar um mês sem beijar!!! Tá bom, não quero saber dos detalhes
eu: kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.... Eu te mordi no nosso beijo?
Meu querido ex: não lembro mto bem, se mordeu, não tem problema...
eu: kkkkkkkkkkkkkk... É uma curiosidade que tenho...
Meu querido ex: Beijo sem mordida naum tem graça
eu: HUmmm.... Então o teu não teve! Kkkkkkkkkkkkk
É estranho... Mas, eu me senti mais a vontade com ele depois de 1 ano que a gente “terminou” (o que nunca aconteceu)... Eram 3 conversas gravadas no Google Talk que me fazem rir até hoje e que nada tem a ver com o cara com quem eu conversei pela última vez... Esse aí era meu amigo... Aquele amigo que eu perdi por um beijo... 
Não sei, às vezes fico pensando que teria dado certo a nossa amizade se eu não tivesse aceito... Pensa... Eu devia ter sido sincera desde o começo... 
Como ele eu perdi outros amigos... Os outros não foi por ter aceito ficar e depois sumir pra só aparecer dizendo que não dava... Eu sou insegura e... Sei lá... 
Há uma desgraça na minha vida: eu só atraio meus amigos.
Deve ser porque... visualmente falando eu não sou muito interessante... kkkkkkkkkkkkkk....... Então a pessoa tem que conhecer o que vai em meu coração.... (ôoooooooooooooo... ♥)... 
A verdade é que é impossível pra mim não cogitar o mais fácil de tudo: eles vivem bêbados... kkkkkkkk 
Eles mesmo falam: “pra eu te paquerar eu preciso tá doido, bêbado ou amarrado com uma arma na cabeça...”. 
A bebida é um mal passageiro e eu sempre aposto nela! =P 
Enfim, o fato é que quando esse cara começou a passar por mim elogiando o cheiro do meu cabelo, eu não pensei: “AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHH... ELE TÁ A FIM DE MIM!!!!!!! AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH”. 
Não, eu pensei: “Ele deve realmente gostar do cheiro do meu cabelo”. 
E eu to morrendo de sono... se isso não faz sentido pra ti, pra mim fará muito menos... 
No fim... Eu gosto de conversas sem ilusão... Gosto de brincar sem ferir... Gosto de carinho em conversas e odeio elogios demais.... 
Continua sem sentido, né???
Vou dormir então....

Voltando...


Sim, passei tanto tempo ausente e ainda aqui... 
Passei tanto tempo perdida em meus pensamentos, tentando reencontrar a guria que escrevia nesse blog e, em meio a tentativas de retorno, muitas vezes recebia pedidos de doação de sangue que vejo como prioridade divulgar (ainda que o Liga dos Voluntários seja mais apropriado... E agora o #DOESANGUE, Brasil!!!). 
Vou tentar consertar isso aos poucos... 
Não quero deixar de ajudar a quem precisa, mas quero voltar a escrever de mim... Isso me faz bem, é minha terapia... Me ajuda a entender minha própria vida... 
Saudade de vocês.... Estou de volta.