Páginas

Sozinha acompanhada...


Hoje acordei me sentindo só...
O engraçado é que tenho todos do meu lado mas sinto um vazio... Uma tristeza...
Me sinto um lixo pra outras pessoas... São tantas críticas às minhas decisões, meu jeito de agir que me sinto cada vez menos a vontade pra interagir com elas... E isso não é tanto lá fora, é tudo aqui... 
Estranho quando pessoas tão próximas de ti levam a sérios post que outros que não te conhecem levam na brincadeira. Para várias pessoas a Bibliotecária Escandalosa é um personagem... Não era, mas acabou se tornando, só que um personagem que partilha tudo o que não posso...
Enquanto vivo aqui minha solidão acompanhada, lá fora tem gente falando de mim, das besteiras que posto... E Porque leem?
Não seria mais fácil me dar um minuto de atenção, me escutar um pouco, saber o que sinto... do que ler e depois se juntar, socializar críticas que não vai melhorar minha vida em nada?
Ando tão cansada de tudo... Ando com vontade de ficar só de verdade por uns tempos, porque solidão acompanhada é o pior dos sentimentos...
Você estar com pessoas que não te ouvem, não falam com você, não se importam é horrível...
E são essas pessoas que se juntam pra criticar não apenas o que você É, mas o que você sente e até as pessoas que te dão atenção de verdade.
Ajudar alguém não é estar do seu lado apenas quando a coisa pega... às vezes quando estamos doentes, não é de remédios que precisamos... às vezes só uma boa conversa e um abraço curam.
Não vou parar de postar no escandalosa porque alguém acha que estou falando demais da minha vida... Se acham isso não leem o suficiente pra saber que não estou falando de mim o tempo todo.
Falo por pessoas que me contam suas vidas inbox, em conversas de corredor e ao ouvir meus conselhos falam: "poxa, escreve sobre isso no blog".
Falo dos sentimentos que guardo e que poucos sabem que são meus...
Falo de problemas que ninguém sabe que tenho e que nunca confessarei... São apenas terceiras pessoas, nunca eu...
Falo de mim sim, o blog é meu e falarei o tempo todo...
Falo de mim, constantemente em 3ª pessoa e ajudo todos a me criticarem... E ninguém nem nota!
Solidão é isso? Estar tão presente na própria vida, incapaz de notar o resto do mundo...
Solidão é doença sem cura... Escravização pelo silêncio... Não suportar o próprio pensamento, auto-julgamento, a dor que carrega...
Solidão é aguentar tudo sozinha, não dividir uma palavra, é ser fantasma...
Solidão é aquela sensação de vazio... Estar com todo mundo, mas com ninguém ao mesmo tempo...
Solidão é conversar com pessoas estranhas sobre o que tu sente, receber o apoio que ninguém próximo deu... E é ser criticado por isso também.
Solidão é saber que todos guardam pedras nas mãos pra te atirar se você falar o que sente de verdade... Solidão é saber que ninguém te ouve e nem tentará te entender.

Sexo X Amor

Pra mim, amor e sexo sempre caminharam juntos, mas há aqueles que os diferenciam...
Eu em momento algum da minha vida cogitei ir pra cama com alguém só pra ter orgasmos. 
Acho lindo quem fala "fazer amor", embora eu nunca tenha usado esses termos pra coisa... "Vâmo transar", "se pegar", "namorar"... Um pouco de sexo não faz mal pra ninguém!
A gente ama a pessoa aos poucos, pelo papo, pelos carinhos e, por fim, pelo sexo!
A cama é o xeque-mate de um relacionamento... É ali que você vai ver se a coisa tem futuro...
E tantos deixam pra depois... Me pergunto e se não der certo depois? #COMOFAZ???
Durante o sexo você entende porque estão juntos... depois dele, você deseja ficar assim pra sempre... Pelo menos assim é pra mim!
Nada mais gostoso do que deitar com o cara que você ama e brincar que já estão juntos pra sempre!
Li agora, no Lista de sonhos a seguinte explicação:
"Amor é propriedade. Sexo é posse. Amor é a lei; sexo é invasão. O amor é uma construção do desejo. Sexo não depende de nosso desejo; nosso desejo é que é tomado por ele. Ninguém se masturba por amor. Ninguém sofre com tesão. Amor e sexo, são como a palavra farmakon em grego: remédio ou veneno - depende da quantidade ingerida. O sexo vem antes. O amor vem depois."
"O sexo vem antes, o amor depois"...
Não foi exatamente assim que aconteceu comigo... O amor veio antes de tudo... A gente levou 2 anos pra fazer qualquer coisa!
Nos conhecemos bastante antes de qualquer coisa, mas o sexo faz a relação mudar!
Há um companheirismo muito grande pós-sexo!
O sexo é o momento de entrega... 
Não imagino uma relação só sexo, sexo, sexo...
O gostoso é o abraço de depois... A conversa... O carinho...
Imaginar "as coisa" só como um entra e sai... perde a graça!
Pelo menos é assim pra mim!
Sei que quando me desafiaram a escrever sobre Sexo X Amor o povo queria que eu fizesse como a música da Rita Lee... Mas, deixo o sexo separado do amor pra ela... Deixo que ela pensei no sexo como apenas coisa de carne...
Pra mim, sexo e amor andam juntos... E um não funciona legal sem o outro... Não pra um casal!

É incrível como meus amigos conseguem ser idiotas!


Eu não sei o que é amizade mais...
Cada pessoa conceitua ela de uma forma, mas cada pessoa vive de um jeito diferente...

Minha amizade é de entrega... Você tem meu coração até não ser capaz de merecê-lo e é aí que eu o tomo de volta.
Não sou do tipo que toma amizades por conveniência, eu entrego meu coração de verdade e já fui muito machucada por só ser usada pelas pessoas.
Volta e meia ressuscito amigos...
Volta e meia descarto alguns que não consciente dos meus sentimentos, me machucam.
E o pior de tudo, sempre sou trocada por parceiros temporários...
Namoradinhos de uma semana, namoros sem futuro... Sim, eles me trocam e ainda me dizem, quando os chamo pra algo "Cara, não tô saindo nem com a PORRA DO(A) meu(minha) namorado(a)".
Nunca troquei meu namorado por amigo algum (nem com palavras), embora tenha motivos de sobra (muitos tapas na cara, muitas indiretas, muita falta de respeito, muita fofoquinha e muitos segredos revelados) pra fazê-lo...
Se um amigo precisou eu sempre estive lá, mas quando eu preciso de algum amigo não é do meu lado que eles estão...
Amizade tem sido coisa mais pra farra... Morreu em mim o sonho da amizade perfeita... Morreu em mim a vontade de encontrar uma assim.
Cansei de pessoas desmarcando comigo por querer estar livre pro caso do namorado(a) chamar... 
Depois de tapas e mais tapas na cara a única coisa que posso fazer e dizer é: "Pronto, vocês estão livres pro dia e hora que os seus procurarem...".
Não quero mais sonhar ou brincar de amizade...
Sonhei, quebrei a cara, dei meia-volta, sai de suas vidas e segui o meu caminho sozinha...
Fiquem com seus bumbuns brilhantes...
Porque agora eu não os procurarei mais.

Forever alone

Não listarei coisas de forever alone que fiz e faço
Sigo um caminho que não tem linha reta
Sigo pelo círculo que eu mesma traço
Me envolvo num casúlo, mas não estou certa
Ainda há coisas tristes que faço
Ainda há sonhos bons que eu desfaço
com falas, sem rima...
Destruo o que de bom guardo em mim
Descubro que nada bom guardo aqui...
A rima se perde em cada verso
Forever alone me despeço...

Ficou horrível mesmo... Eu juro que eu pensei em escrever algo engraçado... tsc, tsc... 

O tempo passaaaaa... O tempo avoaaaaaa...

Eu sei que eu poderia estar fazendo várias coisas...
Mas parece que tudo exige meu tempo e eu não sei por onde começar...
É tempo de estudar pra monografia, tempo de estudar pra concurso, tempo de encontrar meus amigos... É urgente, é tudo tão rápido!
Tenho apenas 15 dias livres pra fazer tanta coisa e não consigo fazer nada.
Tenho apenas 15 dias pra adiantar, mas coisas me atrasam... Estou travada!
Tenho pouco tempo, não tenho tempo, estou sem tempo...

Correndo pra ter férias...



Agora corro pra ter férias...
Serviços corridos, tarefas sendo levadas pra casa...
Agora tenho medo da SOPA e não incluo imagem nas postagens... Assim que possível vou até tirar...
Triste essa porra toda que vem acontecendo... 
Vamos viver de censura de novo, é isso???
Tá tudo tão confuso...
Monografia, revista, namoro, formatura, sapato...
Coisa difícil encontrar um sapato pro meu pé... Depois que arrumei namorado pensei que não passaria mais por esse sofrimento de ter que correr tanto atrás de algo...
Mas, aí veio o problema dos sapatos...
Estou confusa, com sono e enjoada...
Ainda é do meu dodói do fim de semana... Que porra...

Os 10 livros que marcaram minha vida

Não me chame de gorducha - Barbara Philips

Depois daquela viagem - Valéria Piassa Polizzi

Sonetos - Manuel Du Bocage

O Diário de Bridget Jones - Helen Fielding

Sushi - Marian Keyes

Incidente em Antares - Érico Veríssimo

O poderoso chefão - Mário Puzzo

Aves sem ninho - Célia Xavier de Camargo (autora); Jésus Gonçalves (Espírito)

O Milagre - Nicholas Sparks

A mulher de pilatos - Antoinette May

Dificuldades com leitura


Desde criança tenho dificuldades com leitura.
Aprendi a ler tarde, na minha segunda primeira série...
Hoje me vejo rodeada de livros que me fazem repetir a leitura de um mesmo parágrafo diversas vezes pra tentar entender o que o autor quis dizer em uma única frase...
tenho dificuldade com a escrita... E quanto mais avanço na leitura de minha monografia, mais burra me sinto...

A Homenagem do Daniel!


Uma homenagem do Daniel ao Bibliotecária Escandalosa... Achei lindo!

O tititi que me incomoda...


Aprendi no meu curso que devo procurar a fonte... No entanto é nele que mais vejo as fofoquinhas se propagarem e as fontes não serem consultadas...
Ganhei várias famas no meu curso: a retardada, a desleixada, a exibicionista, a infantil, a falsa...
São famas que eu sei que não refletem o que realmente sou.
Tenho um blog? Não, tenho 5!
Estou mais dedicada ao face do que a meu estudo? Não, estou conversando com alunos de jornalismo trocando fontes de informação que vão pra minha monografia!
Deixei de fazer minha monografia pra FAZER a monografia de meu namorado? NÃO! Estou tendo dificuldades com a leitura de livros de ciências humanas e sociais... Nunca daria conta de estudar e fazer uma monografia de ciências exatas!
Tua monografia está parada? Está! Eu estou doente! Eu também sou gente! E eu mereço descansar!
Aprendi hoje, na marra e com tapa na cara que enquanto eu tiver uma monografia pra fazer eu não posso estar com o meu facebook ligado... Porque na cabeça dos outros você estar com um face aberto é o mesmo que não ter o que fazer... Agora, meu celular está ligado, o que será que isso significa pra elas???

Tentei desativar o facebook do Bibliotecária Escandalosa...


Sem grandes alarmes, apenas desativei...
Estava cansada, estava me expondo e pelo menos aqui no blog eu me controlo mais nos comentários...
Precisava me desviciar também pra cuidar melhor de minha monografia, do meu futuro.
Peço desculpas a todos os meus amigos, mas TENTAREI voltar a ele apenas quando me formar.
Agradeço o carinho de todos, agradeço a paciência..
Prometo voltar em breve, mas não agora...
Fiz 1963 amigos maravilhosos que sempre trocavam uma ideia bacana comigo quando me sentia só.
Disso nunca vou esquecer...
Mas agora é tempo de monografar, bebê! E vocês não estavam me deixando... ¬¬'
Pensando bem, vou apenas tentar não usá-los... se eu não conseguir eu desativo de verdade...
Quero me dedicar mais a minha mono... As respostas poderão demorar mais.
Não vou fazer mais isso porque não são todos que me dão raiva...
Desculpa.
Amo alguns de vocês!

O que fazer depois que o coração foi conquistado?


Me perguntaram uma vez o que se faz quando um coração é conquistado... 
Eu respondo: não pare de fazer o que fazia até conquistá-lo!
Você perde o coração quando pensa que já o tem! 
Nunca acuse um homem de ter roubado seu coração, nunca diga que seu coração é dele, economize no "eu te amo" e, acima de tudo, racione carinhos... 
Não sou uma especialista em relacionamentos, mas tenho sido, desde que entrei na adolescência uma grande enfermeira de corações machucados... 
Nessa minha vasta experiência na "enfermaria" já cuidei de corações machucados de todas as formas, por isso digo hoje, com total propriedade, que nem todo cara disposto a cuidar de seu coração irá fazê-lo de verdade... Além disso, certifique-se antes de sair dando seu coração pra qualquer um, veja se ele lhe entrega o dele primeiro. 
É, mas não lhe entregue fácil mesmo assim... Deixe claro que seu coração é seu, antes de ser dele! Mostre que continua sendo seu apesar de tudo. 
Homens, ter um coração não é fácil como pensam... E eu já cuidei de muitos que vocês bagunçaram! 
Não é fácil conquistar um coração pra sempre e muitos confundem conquista com compra. 
Meu namorado perde e ganha meu coração... No começo ele tinha meu coração todos os dias... Mas hoje é difícil... Nem todos os dias ele tem meu coração, nem todos os dias ele me procura, nem todos os dias diz "eu te amo"... Às vezes parece que o fato de não poder me ver o torna menos meu namorado do que ele é... Sei lá... 
Aí percebo que estou em excesso na vida dele... Sms, facebook, gtalk, twitter, ligação, eu te amos, desabafos e até sem vergonhices... Lhe dou folga e no fim do dia ele descobre que eu sumi misteriosamente e me pergunta, se eu estou bem, se estou de alguma forma chateada com ele por qualquer coisa que ele garante logo que não fez e ele nem percebe que a última mensagem sem resposta foi minha... 
Um homem precisa sentir que perdeu pra se comportar da maneira certa. 

XX Rebanhão!!!


REBANHÃO TÁ CHEGANDO, GENTE!!!

Escrevo de olhos fechados...

Uma pessoa me perguntou dia desses porque tinha tanto erro de português e digitação no meu blog se eu sou toda cricri com tudo...
"Eu escrevo de olhos fechados..."
Antigamente eu lia tudo o que eu escrevia... seja uma publicação no blog, uma carta ou um trabalho...
Revisar textos, ler minhas coisas quando acabei de escrevê-las é algo que nunca gostei... Insuportável!
Pior que isso, rasguei cartas de 10 folhas porque me arrependia de cada vírgula ali...
Ruim, né?
Decidi que escreveria as coisas tal qual vinham em minha mente e danem-se as pontuações... Meus sentimentos não tem ponto final, são reticentes tal qual minha escrita...
Um ponto nunca vem sozinho!
Quando a gente fala o que sente não que se preocupar se aquela ou aquela outra palavra concordam, se a vírgula tá no lugar certo, o importante é sair...
E sair o que a gente sente é tão raro...
Dane-se as regrinhas básicas do português... O que eu quero é falar e, se vocês entendem, pra quê mudar?

Covardia...

Covardia!
Segundo o Wikipédia "É um comportamento que reflete falta de coragem; medo, timidez, poltronice; fraqueza de ânimo; pusilanimidade ou, ainda, ânimo traiçoeiro"... É o oposto de Bravura e de coragem!
Covardia é algo que força a pessoa a não tentar, a deixar de lado, esquecer...
Seria a covardia o maior freio do mundo... Aquele sentimento capaz de fazer derreter nossos sonhos... Parar nossa rotina... Ou até tentar parar a do outro.
Covardia é o que leva aquele nosso "amigo" a nos culpar de algo que eles tenham feito.
Covardia é o que faz o cara dos sonhos virar sapo... Não é medo... É covardia.
Covardia é você sobrepôr uma vida a outra...
Covardia é você dar a vida e não deixar viver...
Covardia é achar que tudo é brincadeira, e na hora que as coisas dão errado jogar a culpa em alguém e cair fora...
Covardia é falta de coragem pra viver, pra amar e até pra ser amado!
Covardia é se apresentar uma pessoa e com o tempo virar outra...

Aniversário de 3 anos do Blog Bibliotecária Escandalosa

Não, eu não elaborei nenhuma promoção...
Hoje é aniversário de meu bloguinho...
Que emoção, que felicidade!!
Que emoção! Que emoção! Que emoçãoooooo!!!!
Nada mais a dizer...
Obrigada pelo carinho de todos que nos acompanham (seja só lendo, seja só divulgando, seja só falando mal de mim, seja comentando... seja só marocando de leve pra ver se tenho ibope mesmo...).
Muito thanks!!!
Se ainda tô aqui é graças ao apoio de vocês!!!

Vamos dar um tempo...

Queridos, 

eu ando em tendo muita dificuldade pra escrever tanto aqui, como na agenda, como no face, como minha monografia... travei!
Por conta disso estarei dando um tempo das postagens... OFF por tempo indeterminado!
kkkkkkkkkkkkkkkkk
Pois é, gente...
Eu ando demonstrando demais meu estresse com a vida, acabei ofendendo algumas pessoas sem querer e agora não consigo escrever nada, nem minha monografia...
Tô chata...
Volto quando estiver bem e quando estiver com metade da monografia pronta... Volto quando sentir necessidade de voltar...
Continuem mandando os temas, eu vou pensar neles com carinho (e eu estou listando eles aqui do lado pra não esquecer nenhum... Beijo!!!

Quais as características de uma amizade?


Durante muito tempo me fiz essa pergunta...
Sempre fui muito sozinha... E sempre ouvi as pessoas fazendo diferença entre amigos e colegas... E elas diziam que eu confundia as coisas...
Talvez ainda confunda.
Eu vivo quebrando a cara com esse lance de amizade.
Mal conheço uma pessoa e já acho que posso confiar a ela a minha vida.
Entrego meu coração ao primeiro que esteja disposto a segurá-lo um pouco.
Na infância tudo era mais fácil... Amigo era aquele que fingia que não te via no pique-esconde pra você ganhar, era aquele que te ajudava a esconder uma ferida pra sua mãe não brigar, era aquele que dividia contigo o lanche na hora do recreio, era aquele que jogava a borracha com as respostas da prova na escola... Esses eram amigões!
Hoje em dia amigo pode ser qualquer coisa, muita coisa e nada ao mesmo tempo...
Minhas amizades derretem mais depressa do que sorvete no vento.
Mas quer reconhecer um amigo de verdade? Não espere ele fazer uma loucura de amor por ti... Não espere...
  • Amigo chega devagar e te ajuda a esquecer os problemas; 
  • Amigo espera você se acalmar pra te ajudar a pensar em soluções;
  • Amigo te lembra da infância o tempo todo e não te deixa mal por sentir saudade;
  • Amigo te escreve uma carta, mesmo estando do teu lado o tempo todo;
  • Amigo te interrompe quando você está agindo como um idiota;
  • Amigo corre com você, não te espera voltar;
  • Amigo te abraça quando todos já foram;
  • Amigo tenta te entender antes de te julgar;
  • Amigo te dá carinho;
  • Amigo faz um bolo vivo no teu aniversário;
  • Amigo deixa um tempinho pra lembrar contigo dos velhos tempos;
  • Amigo para um ônibus pra você usando apenas seu charme;
  • Amigo te incentiva a lutar pelo que tu quer;
  • Amigo vem de longe só pra te ver;
  • Amigo está do seu lado o tempo todo, porque ele não tem medo das coisas darem errado, ele não tem medo de parecer ridículo depois.


Vivi durante muito tempo sem você

Vivi durante muito tempo sem você
E cada segundo foi insuportável

Vivi muito tempo sem você
E não quero que esse tempo volte

Vivi muito tempo sem você
Mas hoje alimento sonhos cada vez mais reais...

Vivi muito tempo sem você
E não desejo nada além do som de sua voz e do seu toque

Vivi muito tempo sem você
Sonhei o tempo todo com sua chega...
E agora que estás aqui...

Só quero viver com você!
Viver de verdade!
Ficar junto e aproveitar...

Vivi muito tempo sem você
E senti sua falta durante todo o tempo 

Vivi muito tempo sem você
E não imagino, nem quero, esse tempo de novo.

Desdizendo aquilo tudo que eu disse antes...


Existem pessoas que tentam derrubar um sonho, mas não conseguem...
Existem pessoas que dedicam minutos de sua preciosa vida pra tentar te derrubar... E não conseguem.
2 histórias mostram isso, uma é infantil (O lobo mau e os 3 porquinhos) e outra é bíblica (A parábola da casa na rocha, Mateus 7:24-27 e Lucas 6:46-49).
Hoje vim desdizer aquilo que falei na postagem sobre Inveja... Eu disse, em algum momento ali que tais pessoas não existiam que eram obra de uma mente egocêntrica, mas não são.
Essas pessoas que dedicam sua vida a tentar derrubar outras são exatamente essas que lamentam o dia inteiro em uma rede social que tá se dando mal no trabalho, no estudo, no namoro...
E elas se entregam num simples detalhe... Como achar que nossa vida está tão voltada para a sua vida como a dela está voltada pra nossa.
É incrível...
Eu fiquei sem ação quando li um monte de baboseiras de 3 pessoas que se identificaram tanto com uma postagem que vieram até mim pra me acusar de falar delas. O detalhe: eu mal as conheço. Nunca tive uma conversa de verdade com nenhuma delas... Nos falamos entre uma brincadeira e outra no facebook e parou por aí.
Algumas pessoas me procuram emocionadas por eu falar aquilo que elas veem e pensam... Essas me procuraram P da vida e até me xingaram porque se identificaram com a postagem. E o mais doido de tudo, uma delas me pediu pra apagar. Faça-me o favor. Apagar uma postagem só porque uma pessoa se identificou com as questões negativas é o mesmo que dizer: é, eu vou apagar... Eu tinha escrito pra você mesmo.
Um amigo falou um dia antes desse reboliço... (peraí, vou procurar a conversa inbox... O ruim é que eu conversei com tanta gente, entre Feliz 2012 e "tu acha que eu estou falando de alguém nessa postagem?").
  • Segue:

    • acho bacana seus comentários sobre a especie humana­ ­
    • o cotidiano do povo e inclusive o seu­ ­

    • Que bom!
    • Me sinto menos louca!

    • não, acho q vc espoe o q muita gente pensa­ ­
    • inclusive eu..­ ­
    • vc é uma especialista em comportamento humano.­ ­

    • kkkkkkkkkkkkkk
    • Tá doido!
    • Sou Bibliotecária!

Ironicamente o Charles disse isso na quinta-feira a noite e na sexta-feira de manhã achei uma explosão de xingamentos de pessoas egocêntricas que não viram minhas postagem como uma análise do comportamento humano, mas como indiretas ao seu comportamento.
Que culpa eu tenho?
Essa é a última vez que direi isso: sendo indireta ou não, a identificação da pessoa com algo que ela considera negativo só mostra a sua insegurança com relação a uma determinada parte da sua vida. E o que eu posso dizer além de "Isso é um problema seu e me xingar não vai melhorar em nada sua vida"?
Reparem no detalhe: eu fui ofendida por vocês se sentirem ofendidas.
Eu não ofendi ninguém, vocês sim!
Eu não falei de ninguém específico, falei de pessoas de forma geral.
Como despedida a uma coisa que deveria ficar em 2011 e eu deixaria se me deixassem em paz...
Depois de mostrar nossas conversas a todas as pessoas cuja opinião me interessa de verdade (pessoas que me conhecem a muito tempo, pessoas que convivem comigo e que sabem quem eu sou), só tenho uma coisa a dizer: 

VÃO À MERDA!!!

Obrigada!