quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Retalhos do facebook - Suspiros de um amor morto e outras paradas...[Sem costura]

Fonte de imagem: Meu Tumblr
Hoje acordei inspirada com por uma menina que hoje vive as dores de perder seu primeiro amor... Lembrei o dia em que o meu me deu as costas e postei algumas coisinhas no facebook*...
Como tenho facilidade pra perder o que eu escrevo... TCHARAM! 
Já carreguei no meu peito sentimentos que jurei nunca ser capaz de esquecer.
Chorei por amor, sofri, achei que morreria também...
Sofri decepções que achei que nunca superaria.
Hoje estou aqui pra dizer que tudo passa.
No sofrimento, queremos sempre arrancar o coração do peito e jogá-lo fora. Queremos tudo para agora, já, depressa...
Mas a limpeza completa é feita devagar e quando a gente se espanta nada mais resta daquele amor que seria pra sempre.
Passei madrugadas inteiras chorando... durante o dia sorria. Escondi meus olhos de quem me amava, pois nossos olhos não enganam aqueles que nos amam.
Os lábios podem contar mentiras e apresentar um riso falso, mas nossos olhos não enganam quem nos ama.
Hoje quando vejo alguém sofrendo por amor, eu rio como quem um dia amou pra sempre e esqueceu.
Sorria, tolinha, tudo passa!
Uma dica pra quem quer esquecer um grande amor: faça o caminho inverso.
Quando a gente ama alguém acaba esquecendo de si. O foco é o outro.
Quando a gente quer deixar de amar, o foco é a gente.
Quando você foca em um ponto, o resto fica embaçado, é esquecido.
Se redescubra.
Se ame.
Supere.
_____________________________
* Pra quem gostou das ideias, pode me adicionar no facebook. Dou conselhos amorosos nas horas vagas... Mas nenhum funciona pra mim. https://www.facebook.com/bibliotecaria.escandalosa

sábado, 25 de janeiro de 2014

As nossas PRIMEIRAS regrinhas... U.U'

Fonte de imagem: Internet|Galanteio
Estava eu e um amigo brincando de ser namorado, quando nos colocamos a escrever as regras que regeriam nosso namoro.... Não quero entrar em detalhes (a imagem dá uma dica).
Eis aqui as 13 leis supremas.
kkkkkkkkkkkkkkkkkk
1 - Nenhum dos dois deve falar mal de seu ex em vão;
2 - cada um adora Deus de sua maneira. Não cabe ao outro julgar, apenas respeitar;
3 - sexo 1 vez por mês... no mínimo;
3.1 - luz apagada;
3.2 - nada de boquete;
3.3 - use camisinha....; quero nem.saber;
3.4 - nada de lugares públicos;
3.5 - tem que me deixar morder;
3.6 - não libero a porta usb de trás;
3.7 - eu não vou depilar;
3.8 - não vou mandar fotinho;
3.9 - nem tente me comer com catchup;
4 - assistir missa junto o mesmo numero de vezes que a gente pecou;
5 - você não vai pagar nada pra mim;
5.1 - o mesmo vale o contrário;
5.2 - só vamos a lugares que os 2 podem pagar;
5.3 - eu não gosto de restaurantes e lugares caros;
5.4 - tem preferência por passeios baratos;
5.5 - eu prefiro assistir filme no sofá de casa, sozinhos...
6 - nada de trocar senhas de email e rede social. O meu espaço é meu e o teu é teu;
7 - eu não vou pedir permissão pra sair, nem pra encontrar alguém. Você não é meu pai;
8 - se algo te aborrece espera ficarmos a sós. Eu não gosto de showzinho;
9 - eu não vou parar de falar com ninguém por estar contigo. Tu tem que ser adulto;
10 - sem apelidinhos, vozinha de criança...
11 - lava as minhas calcinhas...
12 - os beijos devem ter no mínimo 2 minutos:
12.1 - não quero beijo com bafo de café;
12.2 - nada de língua nos primeiros beijos;
12.3 - para beijos na vertical, você prejudica a coluna, porque eh mais novo;
12.4 - sem testemunhas;
13 - não me abrace;
13.1 - espere que eu chegue em você.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Dica de livro - Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban (J.K. Rowling)


Olá, pessoas!
Bom, eu tive um pouco de dificuldade pra engatar a leitura desse livro... Ando na fase do "só posso ler no ônibus e no banheiro". kkkkkkkkkkkkkkk
A pós começou, tem o trabalho, as normalizações... Passava 24h praticamente estudando e trabalhando... Comecei a leitura do livro em dezembro, mas parei e voltei a ler em meados de janeiro.
Tava todo mundo rezando pra eu terminar logo a leitura do livro porque ninguém aguentava mais ver essa capa no meu instagram!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Impressões soltas do livro... É o melhor do Harry (opinião quase unânime entre meus amigos), porque é um livro mais carregado de mistério e aventura (se bem que... depois do filme e relendo o livro... Já não tem mais tanto mistério assim... PENG!).
Indico o livro pra quem gosta de aventura... Mas recomendo que leiam primeiro A pedra filosofal e A câmara secreta.

SINOPSE (via Skoob)
As aulas estão de volta a Hogwarts e Harry Potter não vê a hora de embarcar no Expresso a vapor que o levará de volta à escola de bruxaria. Mais uma vez suas férias na rua dos Alfeneiros, 4, foi triste e solitária. Tio Válter Dursley estava especialmente irritado com ele, porque seu amigo Rony Weasley tinha lhe telefonado. E ele não aceitava qualquer ligação de Harry com o mundo dos mágicos dentro de sua casa. A situação piorou ainda mais com a chegada de tia Guida, irmã de Válter. Harry já estava acostumado a ser humilhado pelos Dursley, mas quando tia Guida passou a ofender os pais de Harry, mortos pelo bruxo Voldemort, ele não agüentou e transformou-a num imenso balão. Irritado, fugiu da casa dos tios, indo se abrigar no Beco Diagonal. Lá ele reencontra Rony e Hermione, seus melhores amigos em Hogwarts e, para sua surpresa, é procurado pelo próprio Ministro da Magia. Sem que Harry saiba, o ministro está preocupado com o garoto, pois fugiu da prisão de Azkaban o perigoso bruxo Sirius Black, que teria assassinado treze pessoas com um único feitiço e traído os pais de Harry, entregando-os a Voldemort. Sob forte escolta, o garoto é levado para Hogwarts. Na escola as dificuldades são as de sempre: Severo Snape, o professor de Poções, o trata cada vez pior, enquanto ele tem de se esforçar nos treinos de quadribol, e levar Grifinória à vitória do campeonato. Para piorar a situação, os terríveis guardas de Azkaban, conhecidos por dementadores, estão de guarda nos portões da escola, caso Sirius Black tente algo contra Harry. Por fim, Harry tem de enfrentar seu inimigo para salvar Rony e obrigado a escolher entre matar ou não aquele que traiu seus pais. Com muita ação, humor e magia, Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban traz de volta o gigante atrapalhado Rúbeo Hagrid, o sábio diretor Alvo Dumbledore, a exigente professora de transformação Minerva MacGonagall e o novo mestre Lupin, que guarda grandes surpresas para Harry.
FRASES (via O pensador)
Nos sonhos entramos num mundo que é exclusivamente nosso.
Deixem-o dormir, porque nos sonhos entramos num mundo inteiramente nosso, deixem que flutue na mais alta nuvem ou que mergulhe no mais profundo oceano
Apenas... existe. Como uma concha vazia. E a alma fica para sempre... perdida.
Morrer em vez de trair seus amigos, como teríamos feito por você.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

[Reblogando] A Trágica biografia romântica de Soraya Carvalho – Parte 4 de sei lá... Acho que acabamos aqui! FINAL!!!!!!!!!!!

Fonte de imagem desconhecida
Finalmente, a aposta...
Você, que me conhece, deve estar se perguntando onde enfiei as outras mil histórias... "cadê o cara que casou dizendo que te amava? cadê o Guii? cadê o 'rato'?"... Gente, o Guii eu já contei tantas vezes... O cara que casou não merece espaço nem nos meus traumas e o rato não teve tanta importância assim... Eu resolvi contar apenas as histórias mais românteiguinhas... Simples!
Pois bem...
Mudei de colégio em 2004.
Fui estudar em uma escola pública na Alemanha (que chique!)...
Chegando lá eu conheci esse cara... Muito fofo, todo educado... Passei o ano toooodo paquerando ele de vista... E o cara correspondia meus olhares... Eu amava aquele clima legal, tanto que nem faltava na escola!
Aí, quando chegou o final do ano, mais ou menos (eu tô poupando vocês de detalhes porque tô com pressa, mas se quiserem é só pedir por aqui ou no formspring.me) - um detalhe que vale a pena ser ressaltado... O fim do ano da gente foi em março de 2005... -  O povo da minha sala me ouviu comentando que eu era BV.
"TU NUNCA BEIJOU NINGUÉM?" - toda a turma virou pra olhar espantada... Eu tinha 18 anos...
"Nunca..."...
Daí começou aquela movimentação estranha... as últimas 3 semanas de aula foram um inferno pra mim: piadas, brincadeiras idiotas... enfim! Eu adorava aquele povo, mas eu tava num ponto que não queria mais ver ninguém na minha frente...
Foi aí que eles resolveram fazer a aposta...
Ofereceram 10 reais pro cara me dar um beijo em uma semana... E ele queria tanto o dinheiro que no último dia veio atrás de mim falar que se eu o beijasse ele me daria metade...
Eu não queria assim, eu gostava dele, muito...
Minutos depois da superoferta "me dá um beijo e tu leva metade da grana", a turma toda entrou na sala, fecharam a porta e me empurraram pra cima dele...
Eu sempre sonhei que meu primeiro beijo seria com alguém com quem eu pudesse passar o resto da vida, ou, pelo menos, confiar muitos dias dela... Meu primeiro beijo não foi com esse cara... Acho que eu até chutei ele pra fugir dalí... Mas, antes disso, eu sonhava todos os dias com o momento em que ele chegaria pra mim e me pediria, de uma forma doce e sincera, pra ficar com ele...
Em vez disso, ele veio rindo me oferecendo metade da grana...
Foi a primeira vez, desde que eu cheguei naquela escola que eu desejei ir embora.
Aí, você me pergunta: "Sol, se você já tinha 18 anos, o teu beijo demorou não foi por causa da aposta... foi por que?".
Sei lá, gente... Acho que eu passei muito tempo da minha vida me dedicando a minhas feridas platônicas... Desejando caras que nunca estiveram nem tchum pra mim, caras que faziam piadas pelo meu jeito de andar, por eu ser gorda, feia, sem pescoço... Que nunca vi nenhum cara apaixonado por mim de verdade... Nunca consegui acreditar quando alguém se declarava, pra mim sempre era mais uma piada... Pra mim eles sempre me esconderiam de todos...
Depois da aposta, esse cara me pediu 3 vezes pra ficar comigo... Não sei se era mais uma aposta também, né?
A primeira foi na mesma semana... Acho que ele achou que era gostoso demais... Que ficando comigo eu esqueceria toda a mágoa que ele provocou... Eu disse que não queria... Que era, com certeza, mais uma brincadeirinha de péssimo gosto... Ele pediu pra eu olhar nos olhos dele, pra ver se ele tava mentido... (O CLÁAAAAAAAAAAAAAAAAAAAASSICO "OLHA NOS MEUS OLHOS E VÊ SE EU TÔ MENTINDO..."), eu olhei... não achei sincero e fui embora... todas as minhas amigas me chamaram de besta...
Na segunda vez foi no nosso último dia de aula... Eu queria muito ficar com ele, mas o orgulho ferido, sabe?
Na terceira foi em uma conversa recente com ele por msn (minha noção de recente... tem quase 3 anos... Foi no mesmo dia do meu primeiro beijo, que irônico!)... Eu contei pra ele nossa história da forma que eu conhecia e que eu achava que ele precisava conhecer... Contei tudinho... todos os olhares a mais que dei pra ele, o quanto eu sonhava... e como ele destruiu tudo isso com a maldita aposta...
Ele me pediu pra esquecer, disse que foi um estúpido e me convidou pra sair, ir a praia ou ao cinema (de novo se achando gostoso demais... "fica comigo, pra minha consciência ficar tranquila", foi isso que imaginei ele pensando)... Eu disse que não. Ele achou que eu tava contando aquela história toda pra tentar ficar com ele e eu esclareci os fatos: "Eu só queria te contar uma parte da tua história em minha vida... Não tô chateada, não quero ficar com você... Eu só precisava fazer você entender...".

_____________________________
* Originalmente publicado em 15 de junho de 2012.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

[Reblogando] A Trágica biografia romântica de Soraya Carvalho – Parte 3 de sei lá quantas....

Fonte de imagem desconhecida.
Bom, Yuyu saiu da escola e alguém tinha que herdar meu amor maior que eu... 
E foi o coitado do... Bom, eu não vou falar o nome, tem muita gente envolvida... Mas, biblicamente falando, era aquele cara que foi comido pela baleia lá... 
Eu não gostava dele, nem o conhecia... Mas, tem aquela coisa... 
A irmã do cara chegou pra mim e disse que ele andava solitário (ela tava paquerando o amigo dele) e pediu pra eu escrever alguma coisa pro garoto pra esquentar a vida dele (ri, eu era boba e apaixonada, vieram me falar que um cara bonitão, solitário, triste... O que fazer?).
Eu escrevi carta pro cara. Ele não respondeu as primeiras... 
Depois me respondeu com uma frase, achei massa!!!! 
“Você pode voar em um horizonte qualquer e pousar onde seu coração quiser!” 
Nunca entendi, mas na época achei liiiindo... 
Depois disso, a irmã dele me fez mandar uma música de Roberto Carlos, parece que o cara gostava de Roberto Carlos (credooo)... Eu ficava com medo de brincar com os sentimentos dele, algumas vezes não quis escrever, mas ela insistia e eu acabava fazendo... Ela dizia que ele não saia mais de casa, e que minhas cartas estavam motivando-o a sair... continuei.... 
Aí, chegamos a um ponto em que eu um marquei cinema com ele, mas eu não iria... 
A irmã dele disse que eu não precisava ir, mas eu não queria marcar com alguém e não aparecer... Pensei em desmarcar várias vezes, mas ela me lembrou que o objetivo era fazê-lo sair de casa. 
Lembro a data do cinema que marcamos, 22 de maio de 2000... Lembro que até liguei pra casa dela pra dizer pra ele não ir, mas ele atendeu e eu perdi a coragem... Lembro que eu quis ir, mas não fui porque nem sabia onde ficava o Cine Colossal... E mamãe nunca me deixaria ir, eu tinha só 13 anos... 
Enfim, ele foi... E, enquanto ele tava lá vivendo o seu bolo que eu não cozinhei, eu chorava em casa por descobrir-me apaixonada por ele... 
Pior nem foi isso, pior foi que depois disso ele não quis mais saber de mim, nem papo, nem oi... NADA! 
Então, os anos seguintes eu vivi a falta de respostas dele... Mandava carta, sem resposta. Recados, sem resposta... desisti... 
Pra mim é um pouco complicado dizer que eu era apaixonada por ele de verdade, pois o nosso único contato foram aquelas primeiras cartas que ele mandava pra alguém que não conhecia e eram respondidas por alguém que só o conhecia de vista... 
Mas, eu virei, de novo, um motivo de piada na escola... Ninguém me ensinou a esconder meus sentimentos e nem com as porradas que levei eu aprendi... Todos sabia que eu gostava dele, ele sabia, as meninas que gostavam dele sabiam e as meninas que ele gostava também. Essa é a pior parte, as meninas com quem ele tentava ficar sabiam que eu era uma besta apaixonada por ele e debochavam de mim... esfregavam as investidas dele na minha cara, e outras ainda vieram me dizer que não aceitavam ficar com ele em respeito a mim, pode? 
O cara, que já não ia comigo por existir, devia me odiar por todos os foras que ganhou...
Normalmente, quando falo de alguém no blog, eu envio a postagem para a pessoa, mas nesse caso deixarei quieto. É segredo nosso!

___________________________
* Originalmente publicado em 5 de junho de 2011.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

[Reblogagem] A Trágica biografia romântica de Soraya Carvalho – Parte 2 de sei lá quantas....

Fonte de imagem desconhecida
Aí, aparece Yuyu em minha vida... 
Eu conheci Yuyu na 5ª série. A gente não estudava junto, mas as turmas se juntavam na Educação Física... E foi lá na quadra que eu o vi pela primeira vez, correndo com seu shortinho quadriculado, sua camisa ridícula do palmeiras, sob o sol quente de 15hs... Sim, a minha escola nos mandava pra uma quadra descoberta, às 15hs, com o sol fervendo em nossas cabeças e ainda me perguntam porque eu não gosto de esporte! 
Enfim, minha história com Yuyu pegou fogo mesmo na 6ª série... A famosa 6ª série... Não me espanta hoje ele ter saído da escola depois dessa 6ª série, eu também sairia se um cara como eu ficasse a fim de mim... 
Quando eu falo que a coisa pegou fogo na 6ª série, não pense nisso como uma coisa boa. Pense, sei lá... Como Nero tacando fogo na cidade mesmo... 
Eu era a fim de Yuri e, embora TODO MUNDO SOUBESSE, eu escondia isso, mas escondia de um jeito que, meu Deus, era preciso ser muito débil mental pra não sacar. Eu usava códigos, mas meu códigos eram muito fáceis... Eu me baseava em hieróglifos e com a repetição constante de caracteres, cagou... Todo mundo descobriu um bando de I Love Yuyu...
Yuyu usava aparelhos e era chamado de latinha, eu era chamada de vassoura (clique aqui pra saber mais)
E veio as musiquinhas: “inha, inha, inha, vassoura ama latinha”. 
Gente, eu chorei tanto que até o coitado do Yuyu veio me pedir desculpas por eu assediá-lo... Pior, o pastor veio falar comigo... 
E me encheu de conselhos... Achou antes que eu e Yuyu namorávamos... Depois que eu disse que não ele disse que eu era muito nova pra essas coisas. Que viriam garotos que iam gostar de mim e blábláblá...

___________________________
* Originalmente publicado em 4 de junho de 2011.

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

[Reblogando] A Trágica biografia romântica de Soraya Carvalho – Parte 1 de sei lá quantas....

Fonte desconhecida.
A maldição não começou na 6ª série, como todos pensavam... Foi muito antes disso. 
Creio que quando eu fazia... Sei lá... 2ª série, por aí... 
Eu gostava de um guri (essa coisa de gostar, a Vanessa falou ontem, começa bem mais cedo para as meninas... Ela contou que as meninas com 8 anos sentam em rodinhas pra falar de meninos, enquanto os meninos sentam pra falar de futebol, jogos e outras coisas, mas não de meninas – foi engraçado ela falar isso, eu tinha 8 anos na época) e o guri de cara não gostava de mim. Me achava legal, brincava comigo, mas não era a fim de mim... Eu fiquei arrasada... 
Ok, eu não me enquadro no perfil das coisas que ele gostava, eu não era flamenguista, eu jogava, mas jogava coisas de menina... Mas, ele jogava comigo... Bom, com o tempo eu aprendi que os caras que gostam de tudo que a gente gosta não são legais... E, bom, nunca vão gostar de você... 
Eu gostei desse pequeno por muito tempo... Fazia loucuras por ele... Eu amarrei ele numa cadeira com o elástico do carrinho da minha mochila (minha professora nunca me devolveu esse elástico, que feio...)... Enfim, gostava dele, mas o cara parecia só gostar de minhas amigas, nunca de mim... Então passei pra outra... Foi tempo demais sofrendo! =)

__________________________
* Originalmente publicado em 3 de junho de 2011.

domingo, 19 de janeiro de 2014

[Reblogando] Homem nenhum presta!... #lutoporumamigofiel

Fonte de imagem: Simplesmente Cristã
Há tempos venho declarando isso, e poucos homens entendem minha reação tão violenta a qualquer coisa que eles não entendem... Envolve sonho, esperanças que eu tinha por conhecer, ou achar que conhecia, um amigo. Tudo bem, ele me confiou um segredo... Valeu! Mas é revoltante!
É revoltante saber que aquele serzinho não é tão inocente quanto parecia, era minha esperança de encontrar meu príncipe encantado em seu cavalo branco Algodão Doce, com suas lindas e puras asas de anjo... Lindo, educado e... FIEL!
Por que é dessa forma que eu ainda imagino um homem.
Fidelidade não significa apenas ficar com alguém e mais ninguém, é mais. É confiança... A confiança que você tem pra contar tudo o que se passa, tudo o que sente, tudo o que fez, tudo o que pensou...
Eu não sei se é pela minha cara-de-pau em contar qualquer coisa para o meu namorado, tudo o que fiz, tudo o que eu disse e tudo o que pensei... que fico sonhando com o dia em que ele confiará tanto em mim...
Fidelidade não é exclusividade, é entrega.
Eu já tive muitas decepções com pequenos que eu gostei, já me decepcionei muito com caras que me paqueravam, e até com meu próprio namorado... Mas, a do meu amigo eu não esperava mesmo... Foi pior, chocante...
Digamos, que... Eu perdi a minha mão com a queimadura da confiança... kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Tá, eu tô fazendo tempestade em copo d’agua...
Mas, é difícil pra mim ver pequenos se declarando por Orkut, MSN, twitter, como se a coitada da moça fosse a única na vida dele... Quando na verdade, ele corre meio mundo atrás de coisas que, se fosse esperto, enxergaria nela... E o chato é que todo mundo sabe disso... Foi nisso que pensei quando descobri do meu namorado que fazia tudo descaradamente...
Meu namorado tem suas companhias de MSN que são perigosas pra mim... Houve um tempo em que eu brigava por isso, mas chegou um momento em que eu tinha que escolher entre um pior, um que fizesse isso na realidade, um que dissesse o tempo todo que não faz... Enfim... Eu tinha que escolher entre ficar sozinha, acreditar nas mentiras de que isso não voltaria a acontecer, ou tornar a coisa do jeito que era... Deixar do jeito que tá.
Não estou dizendo que concordo com o que ele faz, eu não concordo mesmo porque é algo que eu não tenho coragem de fazer, quero dizer apenas que eu não me iludo com a história de que meu namorado é um santo. Meu melhor amigo me ensinou a não ter esperanças, nenhum homem presta. Mas, cabe a gente escolher entre se iludir, sair brigando adoidado por tudo o que descobrir no caminho, deletar todos os contatos do cara na ilusão de que isso vai resolver... Ou viver o que é bom do relacionamento e estar junto enquanto os romances dele não são físicos... E você não trucida ele.
O que aprendi é que, eu posso apagar todos os contatos dele, ele pode excluir contas pra dizer que é fiel a mim, mas nada vai me garantir que é só aqueles contatos, que ele não tem outra conta...
O fato é apenas que nenhum homem presta. E o mais inocente deles me provou isso essa semana...

“Me esforço, me lanço, me queimo no fogo...
Insisto, resisto, invisto no jogo...
Sem cartas na mesa, certeza nenhuma...”
(Jay Vaquer)

____________________________
* Originalmente publicado em 23 de outubro de 2010.

sábado, 18 de janeiro de 2014

[Reblogando] A história do MEU príncipe Enfeitado

Fonte de imagem: Jane entre linhas
Baseada em uma conversa que tive ontem com uma amiga, resolvi reescrever a história, quase sagrada, do meu príncipe Enfeitado.
A nossa discussão girou em torno dos contos de fada e da estereotipação (Céus, espero que esta palavra exista [e que seja escrita desta forma]) da mulher. Branca de Neve representa a mulher boba, que cai na balela de qualquer bruxa que passa ( a mulher morta de fome! Por que... cara, ela aceitou uma maçã de uma estranha! Fora o fato de que julgou pela aparência...). A Bela Adormecida representa as mulheres que esperam deitadas a chegada de um príncipe que lhe dará vida (típico de quem não acredita em si). A Bela (aquela que ficou com o monstro) representa a mulher interesseira, ou você não reparou que ela deu uma volta no castelo antes de aceitar qualquer coisa?
E, concordo com Denise, a Cinderela é que é A mulher. Tudo bem, ela chorou pra caramba, tinha aquela voz que ninguém agüenta de tão fresca e tudo mais... Mas, cara, ela correu atrás do que queria! Têm outras... Rapunzel, que puxa o cara pra cima, a mulher capaz de sustentar um homem... Chapeuzinho Vermelho, que cuida da avó, mas é boba como uma porta (ela acreditou mesmo que a avó tava peluda daquele jeito!! BURRAAAAAAAAAAAAAA!) e Alice (do País das maravilhas): adora uma ilusão básica...
Ok, vamos deixar de fofocar. O que interessas neste momento sou eu! Tá, o MEU príncipe Enfeitado. Ele sumiu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
De início, devo dizer que ele morreu...
Terrível demais começar pelo fim, né?
Ok, ele se matou!
Ah... Isso foi minutos antes dele morrer!
HUmhum... Num sei como começar...
Vamos falar pouco sobre o cara... Acho que vai ser doloroso falar do cara maravilhoso (UAU!) que ele foi...
Ele era O cara!
Era lindo, alto (escolhi alto por que tropecei em alguns baixinhos tentando encontrá-lo...), meigo, doce ( o que não é a mesma coisa. Entendam: ele fazia escova de açúcar!) e... Tão... Faltam palavras! O cara era bom! Só que, não cheguei a ter muito contato com ele... Ele morreu antes do nosso encontro...
O que aconteceu?
Bom, vâmo acabar logo com isso, pois me falta imaginação para prosseguir com a história...
Ele estava vindo ao meu encontro em seu cavalo branco de nome Algodão Doce, com a sua escova de açúcar em dia e as unhas bem perfeitinhas... Resolveu parar um pouco a cavalgada para retocar a maquiagem, pois em uma dessas voltas que os nossos olhos dão pelo mundo, ele notou um brilho atípico em seu nariz.
Foi aí que tudo aconteceu... Enquanto passava um protetor labial e se certificava de que seus dentes estavam como os deuses mandam, ele viu aquele ser estranho que o observava com um terrível olhar... Muito doido! [risos]
Foi este sujeito que queimou meu filme com o MEU príncipe Enfeitado.
“meu, ela é baixinha, gordinha, buchudinha, buchechudinha, vesguinha, sem pescoço...”
Ele não agüentou!
Estava longe demais de casa e sua única força, incentivo e... Qualquer outra coisa do tipo... O que o fez agüentar o trotar de Algodão Doce, os calos no bumbum, a dor na coluna... Enfim! A vida como um todo, era a idéia de que sua princesa seria perfeita.
Acabou a força.
Acabou o amor.
Foi o fim...
E, como tudo o que interessa nesse mundo é a aparência, ele resolveu pôr um fim a tudo. Enfrentou dragões (tinha umas barangas pela estrada), atravessou rios e rios (essa prefeitura que não cuida desses córregos) e... Tá, acho que já dei motivo suficiente!
Ele fez muitos esforços para tornar o seu amor por aquele ser detestável possível e quando ele vai chegando... Descobre que ela era FEIA!
E assim, ele sobe no seu cavalo, de um pulo só, e segue em direção ao penhasco...
BOOOOOOOO
Não era alto o suficiente, ele só torceu o pé com o “freio” dado por Algodão Doce que não era bobo e não acabaria com a própria vida por uma princesinha feia. Existem milhões de éguas por aí a fim de conhecê-lo...
Ele decidiu então pelo afogamento, mas foi terrível ficar sem ar. Ele queria morrer sim, mas não ficar sem ar. Além do mais, com aquela cara “bizarramente” (inventando palavras, que bonitinho...) inchada e... Como ele se permitiria morrer com aquela cor horroroooooooosa???
Resolveu tomar veneno, mas por alguma razão não funcionou...
Quando já havia desistido de tudo, ele levantou e tropeçou na própria espada e foi aí que tece a grande idéia. Tinha lido em algum lugar sobre o haraquiri, suicídio japonês que dava à morte certo ar de poesia.
E assim morreu meu príncipe: descabelado, maltrapilho, com as unhas quebradas e o bucho rasgado.
FIM

_________________________
* Essa história escrevi para meus amigos e publiquei no blog em 13 de fevereiro de 2009.

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Gifs - No trabalho


Olá, pessoas...
Justificando a minha ausência nesse blog, trouxe alguns gifs pra mostrar que a vida não tá fácil!
Muito estudo e trabalho... Estou quase louca aqui tentando fechar uma resenha pra entregar amanhã de manhã....
Prometo que me organizarei e em breve teremos as postagens normais.
Beijos e Gifs! 







quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

[Reblogando] 10 coisas que vocês devem saber sobre Soraya Carvalho


  1. Eu confio em quem merece minha confiança, quando não merece eu simplesmente não confio;
  2. Pra mim, foi grossa, perdeu minha amizade;
  3. Se um amigo tem crise existencial, a crise é dele, não minha... Se tá de mal com outro amigo meu, problema é dele não meu ( a menos que isso me afete... Tipo, competir atenção, companhia... Esse tipo de coisa de criança);
  4. Eu nunca fui insensível, sempre chorei quando tive problemas, sempre chorei quando alguém próximo morreu e não me conformo em perder as pessoas como todo mundo, mas acho que compartilhar certas coisas com quem sente, ou não sente o que eu estou sentindo não vai melhorar meu mundo em nada, não vai diminuir minha dor e nem vai secar minhas lágrimas;
  5. Não sou de querer que o mundo ouça meus problemas, mas gosto que eles sejam respeitados... Eu tenho problema, você também, então cada um vive o seu;
  6. Não acredito em amizades verdadeiras fora da minha família, acredito em pessoas que me escutam, me dão conselhos... Mas não acredito que essas pessoas estarão comigo sempre porque no menor dos meus problemas, elas desaparecem todas;
  7. Eu rezo por pessoas que não conheço à noite, rezo pela paciência que não tenho, pela Família maravilhosa que Papai do Céu me deu... Rezo pra partir antes de todos, pois não suportaria vê-los partir antes de mim;
  8. Confio todos os meus segredos ao meu namorado, não por amor (porra, amor!), mas porque ele merece minha confiança, ele não demonstrou o contrário apesar de todas as nossas brigas;
  9. Confio mais em homens do que mulheres também! Mulheres são competitivas, tem TPM, são choronas e acima de todas as coisas, não são confiáveis! As únicas mulheres em quem confio se chamam: Zilma, Ana Carolina e Isaura... As outras apenas conheço superficialmente, e assim elas conhecem a mim;
  10. E eu escrevo não apenas pra me distrair, mas por uma necessidade que vem, uma vontade de falar o que as lágrimas muitas vezes não permite, ou que a timidez cala....
__________________________
* Originalmente publicada em 1 de junho de 2010.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

[Reblogando] E se pudesse? 10 coisas que eu faria se eu pudesse voltar no tempo...

Cara, tem tanta coisa que eu mudaria na minha história... Não vou dizer que tudo valeu o aprendizado, valeu porra nenhuma!!!
Vou listar os meus 10 maiores arrependimentos, as coisas que eu faria se eu pudesse voltar no tempo....
  1. Não me aproximaria de jeito nenhum das namoradas do Guii e do meu ex. Na verdade, não perderia meu tempo fazendo amizades com namoradas (os) de amigas (os) nenhum!
  2. Eu ficaria só na amizade com meu ex, até hoje não tenho coragem de olhar nos olhos dele pela forma como tudo aconteceu.
  3. Não contaria pra minha mãe através de um sms o babado de minha virgindade.
  4. Nunca entraria no cheque especial!
  5. Não bloquearia o Kleyton no msn.. =( (Meu primo que faleceu em 2011).
  6. Demoraria mais pra perder a virgindade... Apesar de ter sido tudo muito natural... Eu seguraria o instinto!
  7. Eu enrolaria a minha saia do Adventista...
  8. NUNCA ESCREVERIA CARTA PRA PIQUENO NENHUM!
  9. Eu esconderia meus sentimentos desde pequena!
  10. Não me afastaria de meus amigos.... de nenhum! O reencontro com o povo da 6ª série foi a prova de como é bom ter amigos antigos!!!
__________________________
* Originalmente publicado em 27 de fevereiro de 2012.

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

[Convocação] Liga dos Voluntários - Reunião dia 18 de janeiro de 2014




Como sempre faço... Eis um convite.
No dia 18 de janeiro de 2014, a Liga dos voluntários - MA vai se reunir para organização do calendário de atividades 2014.
A liga é um grupo bebezinho... tivemos nossa primeira atividade em dezembro... Tem gente pra caramba, mas poucas pessoas envolvidas de fato.
As reuniões do grupo acontecem sempre dia de sábado ou domingo e sempre em um espaço público ou na casa de alguém.
Se você quer se juntar a essa durma de doido, é só solicitar participação no link:https://www.facebook.com/groups/ligadosvoluntarios.ma/.
Não deixe de preencher o documento com seus dados para que eu possa te encher o saco com aletas de reunião.
Convite feito... até lá!

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

[Reblogando] Mais 10 coisas que vocês deveriam saber sobre mim...

  1. Eu não bebo... Por mais que pareça bêbada muitas vezes, eu parei de beber com 10 anos (mesma época em que parei de ir à Igreja... E, embora tenha voltado pra Igreja, eu não penso em voltar a beber;
  2. Eu sou muito transparente e por essa razão tento evitar ao máximo as pessoas quando eu não quero falar com elas;
  3. Eu não gosto de ser chamada de amor, bebê ou qualquer "nomizinho" carinhoso que as pessoas carinhosas usam... Se elas não querem usar os apelidos que eu já tenho (Sol, Só, Soinha, Sozinha, Sosó... e até Escandalosa) eu prefiro ser chamada pelo meu nome de batismo: Soraya;
  4. Sou impaciente e detesto silêncio, por isso acabo falando mais do que devo;
  5. Eu não leio atualizações de facebook de ninguém (não vejo fotos, não leio posts, não vejo links), me limito a ler os comentários nas minhas atualizações e postar... Também não estou todo tempo online, estou com o facebook aberto apenas;
  6. Eu entro no facebook de meu namorado só pra jogar Magic Land;
  7. Eu não sei falar de meus problemas ao vivo;
  8. Eu desaprendi o português por estar lendo pouco e usando redes sociais em excesso, mas estou voltando a ler...
  9. Eu vou às missas só pra ouvir o sermão;
  10. Odeio falar no telefone... Gasto todo meu crédito com mensagens, nunca ligo pra ninguém e quase não atendo quando me ligam.
____________________________
* Originalmente publicado em 7 de maio de 2012.

domingo, 12 de janeiro de 2014

[Reblogando] 10 motivos pra não beijar sapos...


Vida de princesa não é fácil e a espera sempre cansa... Mas...
  1. Beijar sapo pra quê? É nojento, você não precisa fazer essa merda pra encontrar um cara legal... Converse muito! Se o cara tiver bom papo, se ele aguentar o tranco de seus desabafos... não fique com ele... CASE!
  2. Quantos caras idiotas tu acha que tem que beijar pra encontrar o cara legal? Pow, ele pode tá do seu lado! Ele pode ser teu amigo já!
  3. Tenho uma teoria de que um bom namorado não precisa beijar bem, mas se der um abraço que preste... Agarra ele! Se você se sentir segura a ponto de querer dormir... É ele o cara!
  4. Você já viu o tamanho da língua do sapo? Se ele meter tudo aquilo na tua boca, minha amiga, tu tá frita! Fuja de homens linguarudos... kkkkkkkkkkkkkk O bom beijo é toque de lábios... Carinho! E primeiros beijos com língua é exibicionismo puro... Não tem nada a ver!
  5. Sapos são escorregadios, nunca querem compromisso de verdade... Querem só testar tua paciência e o poder de sedução deles... É nojento mesmo!
  6. Sapos são venenosos... mesmo que tu não pegue eles, eles vão sair por aí dizendo que pegaram até onde Deus não deixa... Não deixe ninguém vê-los nem perto um do outro!
  7. Sapos são piores que macaco pra pular por aí... Eles não param!!! Tão sempre indo atrás de novas aventuras...
  8. Meu conselho é não espere, não corra atrás... apenas observem bem aqueles que aparecem!
  9. Sapos são feios, nojentos e a gente nunca sabe o que esperar deles... fuja!
  10. O grande lance é: busque os príncipes, fuja dos sapos... E espere o amor!
Gente... desculpa a falta de coerência em algumas coisas... tô morta de sono!
Indico um artigo mais sério sobre o assunto: Fuja dos sapos: saiba como encontrar o menino certo para você.
Beijo!

________________________________
* Originalmente publicado em 9 de maio de 2012.

sábado, 11 de janeiro de 2014

[Reblogando] 10 coisas que fazem de mim uma pessoa fresca, chata e brochante (são mais de 10 motivos...)

Fonte de imagem: Secrets of love
Hoje eu conversei com 3 pessoas durante todo o dia...  A primeira disse que eu era chata, a segunda me chamou de fresca, a terceira falou coisas que me tornavam uma pessoa brochante... 
Daí resolvi listar coisas que me tornam uma pessoa... pouco interessante... E a pessoa ficou "e o que mais..."... 10 tá bom, né?
  1. Eu uso calcinha bege, lisas, sem rendinhas... e ENORME!
  2. Eu sou muito quieta, não abraço, não beijo e não falo perto de pessoas que mal conheço...
  3. Não sou misteriosa... Respondo qualquer pergunta que me façam sem pensar muito... (o que causa arrependimento e choque...)
  4. Não gosto de músicas da moda, mas curto letras emo!
  5. Dou minha opinião e odeio ouvir opiniões contrárias.
  6. Posto (postava) o dia todo o que eu tô fazendo no facebook.
  7. Não sei dividir amizades... Geralmente ando com no máximo 2 pessoas... 
  8. Amo e respeito meu namorado incondicionalmente...
  9. Tiro a roupa e corro pro banho antes da transa... 
  10. Converso sobre sexo com todos, mas quando investem em mim eu corto logo.
_______________________________
* Originalmente publicado em 22 de agosto de 2012.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

[Reblogando] 10 maneiras de mostrar pro cara que você não está a fim!


Eu sou direta, falo com todas as letras "não estou a fim de você", mas algumas meninas acham que isso é um pouco embaraçoso... Daí resolvi listar 10 maneiras de espantar o cara.
  1. Reclame de sua vida... [Homens odeiam mulheres reclamonas!]
  2. Não pergunte da namorada dele (se ele tiver...)... [Se você pergunta, faz parecer que quer ele, se não pergunta, isso mostra que não faz diferença... Amigos, amigos...]
  3. Paquere outros homens na frente deles!!! [Dá a impressão de que tu é galinha... Ah, isso me assustaria... Não assusta homem, não?]
  4. Fale logo em casamento... Assuste ele!! [Funciona com meu namorado... Ele fica apavorado!!!]
  5. Seja safadinha, lambuza a cara dele de cuspe!!! [Isso funciona mais com os homens frescos... Os mais safadinhos vão agarrar você achando que isso é um sinal verde... MUito cuidado!!!]
  6. Reclame da família dele, principalmente da mãe! [Homem odeia isso... mulher também!]
  7. Fale do seu ex... [você ia se sentir a vontade com um cara falando só do ex? Pois é...]
  8. Fale do seu atual... [a mesma coisa, só que diferente... você está a fim de um cara e descobre que ele é superapaixonado pela namorada... funciona o contrário!]
  9. Escarre e cuspa no pé dele [homens também odeiam mulheres nojentas...]
  10. Se nada der certo... Paquere uma mulher na frente dele! [é, diz logo que tu é lésbica!!!!]
______________________________
* Originalmente publicado em 16 de abril de 2012.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

[Reblogando] 10 Coisas que eu super odeio nas pessoas!

Fonte de imagem: Cidadeverde.com
Após um momento super revolts hoje... Resolvi fazer essa listinha de coisas que eu odeio nas pessoas...
Bora!

1) Odeio que fiquem me olhando
Nada me brocha mais do que um olho grudado em mim.. Pra todo lado que vou a pessoa olhando, cada movimento, cada desvio de olhar... tudo a pessoa olhando... Já passei fome só por não gostar da pessoa me olhando comer, já andei mais, só pra não passar por um grupo de pessoas na porta... Já inventei desculpas só pra não encontrar gente que me analisa dos pés a cabeça!
2) Odeio que me façam muitas perguntas
Perguntas sobre mim até aguento... Mas a pessoa se aproximar de mim pra ficar questionando a vida da minha família é querer morrer! Ok, vai, mil perguntas disparadas como metralhadoras são chatas em qualquer situação... Eu não gosto de, tipo, decidir algo e a pessoa vir chatear com perguntas pra me convencer a desistir... Ah, eu odeio todo tipo de pergunta, pronto!
3) Odeio que desconfiem de mim
Cara, outro dia eu fiquei injuriada porque um cara veio dizer que eu era um fake.... Outro veio perguntar se eu tava perseguindo ele porque a gente tinha 30 amigos em comum (hoje temos quase 80)... Fora essas desconfianças facebookeanas... Tem aquelas pessoas do "eu preciso falar contigo" e quando tu vai falar com ela, fala: "Acho melhor não te falar isso... tu pode falar pra pessoa...". PORRA, NÃO QUER CONTAR, ENTÃO NEM COMEÇA A FALAR QUE TEM ALGO PRA CONTAR!
4) Odeio mentiras
A pessoa sabe que tu sabe que ela tá mentindo e se ofende quando tu diz que ela tá mentindo... Isso vive acontecendo comigo, principalmente quando o sujeito é homem! Pensa! Eles ficam loucos porque a gente não acredita neles, mas como a gente faz pra acreditar???
5) Odeio falsidade e aproximação por interesse
As duas coisas andam juntas... Namorados (inclui meninas) de amigos meus adoram fazer isso... Me adicionam no face, puxam papinho inbox e quando "está tudo terminado entre nós", nem se importam com o que eu sinto e o quanto gostava deles, me dão as costas... Me excluem, bloqueiam, ignoram... Odeio gente que detona pra mim uma pessoa, e mais tarde quando a gente encontra ela, na frente dela, diz tudo o que me disse ao contrário. Compreendo que as pessoas que a gente odeia tem pontos positivos (eu até reconheço as qualidades das pessoas que eu não gosto), mas, porra, tu dizer que ela tá linda, magra e maravilhosa depois de me dizer que ela tá ridícula com aquela roupa, que engordou e ficou feia... Pera, né?
6) Odeio gente que dá opinião sem eu pedir

Cara, a pessoa chega logo dizendo que tu tá gorda e que deveria maneira na comida... Tipo, eu te perguntei? Eu disse pra ti que isso me incomodava? Tem gente que é tão sem noção, tão desassuntado... Hoje um idiota disse pra mim que eu tava gorda e que era pra eu fechar a boca pra não perder o namorado... Porra, vai te lascar! Cuide do seu próprio bucho que só cresce!
7) Odeio que exijam minha atenção o tempo todo
Sabe, eu tenho minha vida... Tenho um monte de coisa pra fazer e a pessoa vem encher o saco querendo que tu veja coisas que tu não tá a fim... Converse assuntos que não te interessa... Eu não sou tão altruísta pra ignorar minha vida pra dar atenção pra alguém que não presta... atenção também! Enfim, #.
8) Odeio indiretas, alfinetadas, cortes
Isso é coisa de gente curta... Pequena! Não tenho saco pra bancar a putinha na esquina e ficar respondendo esse tipo de coisa... Enfim! Eu fico parecendo idiota por não ser "inteligente" pra responder malcriação de criança, mas, eu prefiro calar e deixar a pessoa lá... sendo mais idiota que eu.
9) Odeio lições de moral que nem a própria pessoa segue
Sabe aquelas pessoas que tacam a Bíblia na tua cara dizendo que tu peca e vai contra o que Deus diz na Bíblia? Pois é... Não vamos falar delas não, né? Bora pro próximo tópico....
10) Odeio que não respeitem meu espaço
Eu tenho momentos em que gosto de ficar sozinha... Eu tenho uma gaveta onde guardo minhas calcinhas, uma agenda em que eu escrevo meus "segredos"... Tem coisas que a gente não gosta que invadam... Tipo, deitem na minha cama, baguncem e saiam sem arrumar.. Mas não mexam nas minhas coisas, eu não curto! Não venha me chatear no tempinho tão doce e curto que tenho pra ficar só comigo mesmo.... Entenderam?
_____________________________
* Publicado originalmente em 30 de outubro de 2012 

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

[Dica de App] BlueStacks (Whatsapp no computador)

Fonte de imagem: Semp Toshiba
Olá, pessoas!
Há um tempo me perguntaram como eu fazia para usar o Whatsapp no computador.
Bom, eu usava um programa chamado BlueStacks. (Faça download aqui!)
O BlueStacks é gratuito.
Eu tive dificuldade na minha primeira instalação porque os drivers de vídeos devem estar todos atualizados. Um guri me deu a dica de usar um tal de SlimDrivers para fazer esse serviço. (Faça download aqui!)
Quando executei o Slimdrivers, o BlueStacks parou de só ficar lendo. 
A partir da leitura em diante você terá no seu computador um simulador de android, e, assim como no android, você tem que baixar o app do whatsapp. Ah, olha só... Dá pra brincar com o Pou e usar outros Apps que tu tinha no android!
Né legal?

PRÓS E CONTRAS (via Baixaki)
Prós
Interface moderna e prática
Ferramenta para sincronização entre o Android e o PC
Dock com vários atalhos úteis
Pode ser executado em tela cheia

Contras

Ainda apresenta alguns problemas de execução
Muitos programas para Android não são compatíveis
Travou em alguns testes

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Que eu não me perca te procurando...

Fonte de imagem: Conversas de bar e outros devaneios
Amores espalhei na tentativa de te achar... E mil pedidos fiz ao Pai Celestial...
Que eu não me perca te procurando, pois hoje já não sei quem sou...
Que essa seja apenas uma sensação temporária, um problema com respostas... Mas que essas não sejam muitas pra não me confundir sobre o que eu quero...
Que a minha carência não me faça abraçar outro antes da tua chegada...
Que eu saiba te reconhecer quando te encontrar...
Um dia me falaram que você já me esperava, que estava pronto para a minha chegada... Quero estar pronta para a tua, pois há muito tempo lhe espero.
Que eu não te confunda com outros sapos...
Que a minha vida caiba na tua, perfeitamente e sem esforços...
Que eu não precise te mudar e que você me aceite como sou.

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Projeto 6X6 - Especial Retrospectiva 2013


Pela primeira vez na vida, estou aqui para publicar o Projeto 6X6 na data certa.
Esse mês o pessoal resolver fazer um 6X6 diferente... Digamos que é quase um 12X6.
Vamos fazer uma retrospectiva fotográfica com fatos que marcaram 2013... Acreditem... Eu que vivo tirando fotos tive uma dificuldade danada pra achar as fotos que comporiam essa postagem.
Aproveitem para ver as fotos dos outros participantes: La Vie d'Lee - Own Mine - Estante de Cristal - Encantos Paralelos - Minha Segunda Face
Espero que gostem... Tive momentos muito bons e outros bem ruins... Tipo, eu não queria falar de agosto, mas foi preciso... =P
Não deixem de comentar também!
Ando me sentindo só...

JANEIRO
Posse do meu pai na Câmara dos Vereadores de Bacabeira
Um dia que uniu a família em uma foto histórica... Rara... Só faltou Ni!
FEVEREIRO
#FUDCHEU Tive uma defesa de monografia meio que de surpresa...
Minha orientadora ligou um dia antes dizendo que eu ia defender a mono.
Eu achei que fosse brincadeira dela, mas num é que foi mesmo...
MARÇO
De março, a foto mais especial que eu achei foi da Missa de Domingo de Ramos.
É uma das missas que eu mais gosto, porque a gente fica sacudindo o ramo e cantando... kkkkkkkkkkk
Me lembra muito o Show da Xuxa, pronto falei!
ABRIL
Finalmente bibliotecária de formação!!!
Depois de muito sofrimento... Foram 6 anos de UFMA!
MAIO
Chegou uma carreta enorme de livros na Biblioteca que eu trabalho....
Eu enjoei cheiro de livro novo. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
JUNHO
Foi o mês mais movimentado... Eu e meu ex-namorado assistimos arraiais na cidade inteira.
No dia da foto a gente foi em 3... Só não fomos em mais porque não tinha dinheiro e nem carro pra fazer isso de forma confortável e segura.
JULHO
Recebemos em nossa casa a visita da Imagem de Nossa Senhora de Fátima.
Foi lindo, apesar dos apesares...
AGOSTO
Bom... Agosto é o mês dos desgostos, né?
Aconteceram muitas coisas nesse mês... Eu vivia triste, perturbada... Tive crises de ansiedade e fui até conversar com um padre que me aconselhou a procurar um psiquiatra, porque ele achava que, infelizmente, meu caso exigia um tratamento médico... Eu não conversava com ninguém, apenas chorava... Chorava muito... E nem sentia. Respirei fundo, me apoiei na minha família, em Deus, busquei amigos... Comecei a caminhar quase diariamente com o Guii e assim segui até me curar. É como se o que o padre falou me acordasse. Comecei a cuidar de mim, cortei cabelo, melhorei a alimentação, me exercitava... E me curei de toda aquela tristeza que eu achei que me mataria.
SETEMBRO
Em Setembro aconteceram tantas coisas que derrubaram a tristeza de agosto. Teve até beijo na boca e corpo nu! Tcharam! Na foto, eu e Denise na Feira do Livro. Close no meu cabelo: cauterizado.
OUTUBRO
Fiz minha primeira viagem pra fora do estado. Fui com Mayana, Thay, Lúcio, Marcos e Vânia fazer a prova da UFC. Não passamos, mas foi divertidíssimo e... Existe minha vida Antes e Depois da viagem. Me animei pra viajar mais! Estamos organizando uma viagem pro CE outra vez, pra PB e pra BA. Já pesquisei viagem pra SP e pra SC visitar minhas amigas mais distantes.... e, olhem pra foto: estou maquiada.
NOVEMBRO
Em novembro dei aula pro povo de Administração. Eu já havia sentado antes com o povo de Direito e tirei algumas dúvidas... Mas foi o povo de Administração que me motivou mesmo a fazer uma Pós pra me preparar pra enfrentar uma sala de aula. Me diverti muito nesse dia (Essa é minha foto mais séria, pra mostrar que eu sou profissa).
DEZEMBRO
Tenho muitas fotos do mês de dezembro... Mas nenhuma é mais especial que essa.
Carrego em meu peito um sonho antigo de trazer pra vida real a Liga dos voluntários... Após muitos choros, muitas ameaças de desistir e tudo dando errado... Eis que no dia 21 de dezembro vamos nós com o grupo dos escoteiros e "perdemos a virgindade". kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Tenho muito a agradecer a essas moças (e moços) que lutaram comigo pra realizar um sonho tão antigo... Em especial a Adna (a moça do meinho) que abraçou e protegeu a Liga de minhas crises.

domingo, 5 de janeiro de 2014

A boneca sem a mãe...

Fonte de imagem: Imagens por favor

Teu riso foi calado.
De forma violenta te foi tirada a vida.
Deixaram assim tua mãe sem filha
Deixaram assim a tua boneca sem mãe.

Choro a tristeza de saber que não viverás mais.
Choro por saber que, como você, outros serão vítimas.
Choro o silêncio e a ausência de futuro.

Perdi-me em fotos de meu passado.
Vi o quanto tu não teve oportunidade de viver.
Vi o que a crueldade alheia fez contigo.
Vi a dor do presente, simplesmente, sem futuro.

Foi tirada de ti a inocência.
Foi tirada de ti a alegria.
Foi tirada de ti a vida.

sábado, 4 de janeiro de 2014

Dica pra ouvir - Gwen Stefani

Fonte de imagem: LastFm
"Conheci" a Gwen na época do No Doubt e achava massa a forma dela se expressar enquanto canta... Agora depois de velha, assistindo alguns "ao vivos" dela, percebi que ela usava playback e me decepcionei um pouco... Maaaaaaaaaaaaaaas, as músicas da mulher não deixam de ser boas!
E... Esse é meu top 10! 

#1 - THE REAL THING

#2 - COOL

#3 - IT'S MY LIFE

#4 - LUXURIOUS

#5 - HOLLABACK GIRL

#6 - CRASH

#7 - HARAJUKU GIRLS

#8 - WHAT YOU WAITING FOR?

#9 - RICH GIRLS

#10 - THE SWEET ESCAPE

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Happy Birthday Mr. President...

Oláaaaaaaaaaaaaaaaaaa, pessoas!!!
Hoje é o aniversário de 5 anos desse humilde blog...
Quantas coisas passamos juntos, hein?
Nos últimos tempos tenho andado um pouco distante, até pra me preservar de algumas coisas... Mas, promessa pra 2014... Vou voltar ao meu normal bloguístico que é postar diariamente...
Hoje vim apenas falar da alegria que sinto por passar mais um aninho com vocês!
Vim dividir a felicidade de anunciar a ganhadora da coleção Marian Keyes... Tcharam!


Já falei com a Mallú. A Mallú mora aqui no Maranhão, então vou ter a honra de entregar pessoalmente os livros... 
E é isso.... ÊEEEEEEEE

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Dica de leitura - Delírios de consumo de Becky Bloom


Olá, pessoas!
Hoje vim falar do livro "Delírios de consumo de Becky Bloom"... Um livro que recomendo, sem recomendar.
Por quê?
Bom, o livro conta a história de Becky, uma jornalista financeira que vive lascada exatamente na área que atua. Ela é uma consumista louca, que não racionaliza muito na hora de comprar coisas que ela, às vezes, nem usa.
Delírios me irritou um pouco no começo por Becky se mostrar fútil demais... Não, ela não melhorou no quesito futilidade, mas entrou o Luck... E onde entra romance... *-* 
Delírios de consumo de Becky Bloom é o primeiro de uma série de livros de autoria de Sophie Kinsella.
Como já disse, o livro é um pouco cansativo com as narrativas de compras, mas quando Becky fica quebrada de vez, ela vira uma pessoa legal e o livro melhora.

SINOPSE (via Skoob)
Rebecca Bloom é uma jornalista especializada na área de finanças e uma compradora compulsiva. Na realidade, ela nada entende de economia, apesar de trabalhar no ramo, vive fugindo do gerente de banco e inventa meios malucos de conseguir pagar seu cartão de crédito. Romance de estréia de Sophie Kinsella.
FRASE

Marquei muitas frases no livro, mas infelizmente estou sem ele aqui... Destaco então a reclamação da Becky sobre o preço dos museus.
"Por pouco não desmaio de choque. O que aconteceu com o mundo? Estão cobrando a entrada para um museu. Isso é revoltante. Todos sabem que museus devem ser gratuitos. Se você começa a cobrar entrada para museus, ninguém mais vai! Nossa herança cultural será perdida para uma geração inteira excluída por uma barreira financeira punitiva. A nação vai emburrecer, vai ficar ainda mais ignorante, e a sociedade civilizada estará à beira de um colapso".