Páginas

#Projetoquesefoda - Viva a liberdade, abrace um chocolate!

Fonte de imagem: MessyNessy
Já fui complexada de não usar uma roupa por causa da barriga, chorar rios por não ter 2 metros de pescoço, parar de comer pro peso da balança não parar de dar a numeração positiva que seria um sonho em minha conta bancária, de responder "estou gorda" quando os outros só queriam saber se estava bem... Hoje gosto tanto de mim do jeito que sou que causo nos outros a famosa "vergonha alheia". Hoje rio do que antes me fazia chorar. A gravidez? Faça logo meu baby chá. O pescoço curto? Tenho síndrome de tartaruga, e daí? Dieta? Pra viver de cara amarrada e infeliz? Que se exploda! (Literalmente).
São eles que dizem que eu preciso emagrecer, são eles que debocham do meu pescoço curto, são eles que fazem piadas com o tamanho do meu bucho.
Os mesmos que quando eu chorava falavam que isso era bobagem, eu era linda, não liga pro que os outros falam... São eles, hoje, os outros que só existiam em minha cabeça.
São eles que emitem opiniões não solicitadas, querem ser o nutricionista que não estou a fim de pagar, mandam eu me exercitar sem nem levantar a bunda da cadeira. São eles os outros que antes existia em mim.
- E a academia, Soraya?
- Continua ali na esquina esperando você pagar pra mim.
Tem gente que te vê comendo e fica "olha, por isso que tu é gorda", os olhos da pessoa lacrimejam e a baba escorre de sua boca... 
Cara, quer meu chocolate é só pedir.
Seria mais fácil se cada um cuidasse de si e não vivesse tentando tirar o sabor da vida do outro.
Viva o chocolate.


[As coisas da bibliô] Dicas e gambiarras pra normalização - Pré-textuais sem numeração

Olá, pessoas...
Hoje vim trazer pra vocês uma dica de normalização (a nossa primeira de muitas).
Bom, todas as minhas amigas (que graças a Deus estão trabalhando muito) me perguntaram como é que eu faço pra deixar as primeiras páginas (Pré-textuais) sem numeração.
Hoje escrevi um email pra uma dessas amigas, e vou usá-lo pra tentar explicar pra vocês... Tô com muito sono... Se não entenderem, me avisem pelo Disq.us!
É meu primeiro tutorial, então, não riam! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
É bem simples.
Se tu trabalha com quebra de páginas, é mais fácil ainda, porque é um processo bem parecido com esse.
Tu joga tudo no word e coloca o cursor após o último item da página não numerada.
Assim:

Aí, tu vai em "Layout de Página" - "Quebras" e clica em "Próxima página".
Daí a Introdução vai pular pra outra página, iniciando uma nova seção.


Agora, tu tem que desvincular uma seção da outra. 
Pra isso, tu clica no cabeçalho, e vai aparecer um menu de cabeçalho. Aí tu desmarca a opção destacada "vincular ao anterior".

Aí, tu vai em "inserir número de página" nessa mesma guia aberta, e adiciona normal (configura de acordo com a norma), mas depois formata indicando em que página vai começar a numerar essa seção. Ou seja, tu vai indicar onde a numeração vai aparecer, e depois vai indicar o número de página em que começa.


Depois, tu clica onde é o cabeçalho do sumário, e apaga a numeração dessa primeira sessão toda (só apagando a página do sumário... TCHARAM!).
Deu pra entender?
Espero que vocês tenham gostado... Em sala de aula a gente só aprende a ler e fazer o que diz a norma, mas, pelo menos pra mim, foi complicado colocar na prática em word...
Bom, se vocês tiverem mais alguma dúvida específica, pode mandar pra meu email solcarvalho86@gmail.com.
Beijo e até a próxima!

[As coisas da Bibliô] Dicas e gambiarras pra normalização - pequenas dúvidas...

Fonte de imagem: Toda Letra
Quando criei esse tópico no blog, meu objetivo era aprender mais e ensinar o que sei... A maior parte das dúvidas que me mandam é em relação ao uso do word, como aplicar a norma no word! Eu fui abençoada com um professor lindo de informática, me apaixonei por ele e, tipo, tentei ser a melhor aluna da turma pra impressioná-lo... Daí aprendi truques básicos... rsrsrs Aprender a mexer no word requer uma grande motivação... E, tipo, ele era lindooooo... 1,84 de altura (vi no orkut dele) kkkkkkkk...
Voltando!
Tô tentando responder o "baseado em quê eu me sinto gabaritada pra responder dúvidas"... Baseada em nada. Eu exponho o pouco que sei na esperança de também ter respostas! Eu não sou profissional, não consegui me formar ainda, mas tive um bom curso de informática, sou curiosa e continuo aprendendo!
Dúvidas de normalização eu respondo o que sei, o que não sei demora mais, eu busco livros, profissionais... tento ajudar, mesmo que demore dias!
Minhas colegas de turma sempre me procuraram pra tirar pequenas dúvidas e eu sempre respondi... Resolvi fazer isso com os leitores desse blog. Afinal, ajudar os outros é uma forma de estudar, e eu sou estudante! Bora!
Qualquer coisa me emeia! solcarvalho86@gmail.com.
Enfim, depois de longa explicação desnecessária... E uma pouco de ... MEU DEUS! JAY VAQUER TÁ ON NO SKYPE!!!!.... voltamos às dúvidas!

:: Colocar nota de rodapé

Muita gente me pergunta isso... Vou tentar achar aqui como colocar no modo normal, pois eu só sei por atalho. Eu coloco o cursor depois da palavra que puxa a nota e teclo Ctrl+Alt+F. Tudo junto (segura as três teclas). Aí fica automático. Antes eu tinha dificuldade, porque a bibliotecária que trabalhava comigo dizia que tinha que ser 3 centímetros, mas ficava 5! Mas parece que a norma mudou... Fui confirmar pra não falar besteira em nome dos outros (que profissional!). Veja a norma de Trabalho Acadêmico:
5.3.1 Notas de rodapé
As notas devem ser digitadas ou datilografadas dentro das margens, ficando separadas do texto por um espaço simples de entrelinhas e por filete de 3 cm, a partir da margem esquerda.  ~> NBR 14724/2002

5.2.1 Notas de rodapé
As notas devem ser digitadas ou datilografadas dentro das margens, ficando separadas do texto por um espaço simples de entre as linhas e por filete de 5 cm, a partir da margem esquerda. Devem ser alinhadas, a partir da segunda linha da mesma nota, abaixo da primeira letra da primeira palavra, de forma a destacar o expoente, sem espaço entre elas e com fonte menor. ~> NBR 14724/2011
Como eu disse, quando eu não usava esse atalho, eu inseria a nota de rodapé, dava underline até dar 3 centímetros, teclava enter e escrevia.  =P
No Word XP, eu não sei... 
Mas no Word 2007, tu coloca o cursor depois da palavra que puxa a nota e vai na guia referência - e clica em inserir nota de rodapé!


:: O ponto pós-citação

Perguntaram se o ponto após a citação vem antes ou depois das aspas...
Cara, outro dia tive um problema com um cara que eu tava "orientando" exatamente por isso. O ponto é antes e depois da aspas. Só que essa não é uma norma da ABNT... No item 5 (Regras gerais de apresentação ~> NBR 10520/2002), há uma nota de rodapé que diz: "O uso do ponto final após as citações deve atender às regras gramaticais.". Isso é uma coisa que me deixa muito na dúvida também... Mas, sempre vejo os exemplos da própria norma e sigo.
Veja o exemplo da norma de citação: 
“Não se mova, faça de conta que está morta.” (CLARAC; BONNIN, 1985, p. 72).
Se você não sabe usar aspas como eu, recomendo a leitura do texto do Recanto das Letras... 
Achei agora o Blog da Euzébia Noleto... Muito bom! ~> Aspas: antes ou depois do ponto?

Eu ia tirar mais dúvidas, mas me inspirei monograficamente... Então... Cuidar de mim!
Mandem suas dúvidas que eu responderei em outra oportunidade!
Me pediram dicas de vídeos e artigos... 

Espero que tenha ajudado!
=*

Pra onde aponta o girassol?

Fonte de imagem: Os confundidos
Passei muito tempo me prometendo não amar mais ninguém... Um amor quando não dá certo destrói a gente...
Mas o tempo passou e mais uma vez cai na armadilha.
Foi o tom da sua voz que me encantou primeiro... o som parecia veludo e o tom era doce... Ouvi-lo passou a ser meu conforto. Era ele que eu procurava quando desanimava, era ele que eu procurava quando algo não dava certo, quando tinha dúvidas, quando algo me deixava feliz, quando me deixava triste, se precisava rezar.
Depois disso vieram outras coisas... Me encantei pelo olhar, me encantei pelo cheiro, pelo toque suave de suas mãos, pelo beijo e por sua pele quando encostava na minha. O toque era muito gostoso, não tem como explicar... e o contraste de nossas mãos juntas era lindo... Eu amava.
Eu jurava que jamais me apaixonaria de novo e acabei caindo numa armadilha... Lá estava eu, de olhos brilhantes e pés fora do chão... Lá estava eu desejando e pedindo seus beijos... E aos poucos as coisas mais simples foram virando brincadeira e as brincadeiras viraram amor.
É assim que se chama todo aquele desejo de estar junto apesar de todos os defeitos, né?
Vou sentir falta de tudo... De toda a atenção que me deu nesse 1 ano... Saudade das saídas, da companhia constante, da certeza de respostas e do beijo que me deixava no céu... Acho que até de rezar as ladainhas vou sentir falta... Talvez a única coisa que não me fará falta seja o comportamento que pôs fim a tudo.
Um dia ele falou que o sol se virava pra mim como um girassol virava pra ele... Mas na verdade, eu me virava pra ele como um girassol virava pro sol... E agora? Pra onde aponta o girassol?
Por que fim de relacionamento tem que ser tão sofrido?