domingo, 1 de janeiro de 2017

O textão*

Fonte de imagem: Frases do bem
O ano que passou foi marcado por tanta coisa ruim, que pro ano novo fica a esperança.
E haja esperança!
HAJA ESPERANÇA!
Hoje o padre pediu que pensássemos em tudo que conquistamos no ano que passou (na verdade, ele pediu que pensássemos apenas em 3 bênçãos... Mas o exercício foi tão bom que a tendência é não parar... Toda glória deve ser dada), um exercício para fazer com que o bem sobressaia a todo o mal que colocamos em caixa alta.
Foram muitas tragédias (obs: quando falo em tragédia, é só uma forma de ressaltar os "problemas sem solução" que todo mundo acha que tem), mas não foram só tragédias. Houveram tantas pequenas vitórias apagadas com nossa facilidade em se deixar abater. Como disse, colocamos o que é ruim em caixa alta e passamos dias sofrendo. Não damos a mesma oportunidade para a alegria habitar.
Conquistamos algo, 1 ou 2 dias comemoramos... Calamos pra que ninguém venha secar, um número mínimo de pessoas fica sabendo, ai delas se passarem isso a frente. Mas quando perdemos, lamentamos por anos, fazemos grande exposição, chamamos os outros para nos ajudar a sofrer... E sentimos raiva quando nos sugerem solução e/ou consolo.
Nossa tragédia não tem solução, ai daquele que ousar tentar apresentar uma de forma tão fácil!
A dor do que não conquistamos nos impediram de enxergar o livramento, a bênção que veio depois, pois o tempo de Deus não é como o nosso.
Que em 2017 a gente possa se fazer mais forte e assumir o controle de nossas vidas sem esperar a sorte.
Que em 2017 não nos falte amor, porque seremos. Não nos falte a paz, porque seremos. Não nos falte saúde, porque seremos. Não nos falte o bem, a caridade, a honestidade, a amizade, a felicidade, porque seremos.
E pra você, que hoje vestiu amarelo, que não falte coragem pra trabalhar, porque você é coragem, é força e é mais do que uma cor e a espera por sorte.
2017 é daqui a alguns minutinhos... Lute, sonhe, acorde...

Vou dormir.
Beijo.
Kkkkkkkkkk
Feliz ano novo.

>>[Bibliotecária Escandalosa]<<

P.s.: a vida se renova.

_________________________________
* Texto publicado no facebook no ano novo.
Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Quem escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas pode me chamar de Sol que eu gosto... Acho até que quando as pessoas me chamam de Soraya é um sinal claro de que estão zangadas comigo, sei lá. Só pessoas afastadas me chamam pelo nome... e chefes... e meus pais.. Tenho 30 anos (não parece, né?), muito apaixonada por tudo o que faço (BIBLIOTECONOMIA! BIBLIOTECONOMIA!)... Amante de livros e sentimentos sinceros.

Comente com o Facebook e com sua conta Google:

Postar um comentário