sábado, 18 de junho de 2016

Mulher sem rótulo

Fonte de imagem: Ninho de Mafagafa
Dá pra acreditar que em pleno 2016 ainda existem homens capazes de "selecionar" quem, dentre as mulheres que eles queriam pegar, é pra casar e quem é pra "brincar"?
Por Deus, homens com mais de 18 anos ainda dispostos a brincar? A assumir que é infantil utilizando essa expressão "ela é apenas para brincar".
Tanta coisa passou em minha cabeça quando ouvi alguém falar isso... E a mais marcante ainda é aquela frase daquele fora que levei após anos de namoro "agora achei uma mulher pra casar, cansei de brincadeira". Anos de um relacionamento onde apenas ele brincava... Eu sabia o que queria, apostava em sua entrega para aquele relacionamento... Enfim...
Quem somos nós, as mulheres que só servem para ser brinquedo deles? Quem somos nós, além de peças de um brinquedo que eles estão dispostos a jogar fora quando "quebrar"?
Não temos escolhas além daquela que eles nos impõem? Não podemos ser e fazer além de um rótulo?
Pois eu respondo... Existem homens melhores.
O que determina se você é ou não mulher pra casar não são eles, mas você. Está disposta a casar? Você é mulher pra casar! Não é o seu comportamento, sua roupa, a cor de seu batom ou um otário que vai dizer que você não é pra isso.
Seu batom, sua roupa e seu cabelo só vão ser tirados e desfeitos por um homem de verdade. Que te vê sem rótulos. Você não é a mulher fácil, a mulher recatada, a mulher da rua ou a do lar... Vá ficar com alguém que vale a pena, fia. Sem opiniões escrotas!
Não te ilude com o que ele fala de outras mulheres. A opinião dele sobre as outras é reflexo do que ele pensa sobre você! Vai confiar no cara que vê as outras como objeto? Vai confiar num cara que rotula os outros? 
Qual será o rótulo que ele pôs em ti?
E esse rótulo de otário que não desgruda dele? O que faz?

__________________
♫Half of My Heart - Boyce Avenue


Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Quem escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas pode me chamar de Sol que eu gosto... Acho até que quando as pessoas me chamam de Soraya é um sinal claro de que estão zangadas comigo, sei lá. Só pessoas afastadas me chamam pelo nome... e chefes... e meus pais.. Tenho 30 anos (não parece, né?), muito apaixonada por tudo o que faço (BIBLIOTECONOMIA! BIBLIOTECONOMIA!)... Amante de livros e sentimentos sinceros.

Comente com o Facebook e com sua conta Google: