Páginas

[Reblogando] Perdoa e esquece!

Fonte de imagem: Enjoy Blokos
Há uma frase que (tem cara de orkut) é uma das preferidas de muitas mulheres: "perdoar é fácil, difícil é esquecer". Quem inventou essa frase estava errado... Quem perdoa está disposto a esquecer.
Sim, são duas coisas difíceis...
Perdoar é abrir mão de lembranças ruins e abraçar a ideia de uma nova fase. Perdoar é se entregar de novo, seja a uma amizade ou a um amor.
O erro de quem pede perdão está na urgência de ser perdoado. Eles ignoram que existe um processo e se chateiam por você não perdoar automaticamente. 
Perdi amigos... Perdi amigos por coisas bobas, desentendimentos que partiram de interpretações erradas do que escrevo aqui, como faço agora. Pessoas que me ofenderam por se ofenderem pelo que eu falava até de mim mesma... Lembro que elas pediram perdão pelo engano e que minha demora em responder fez com que elas saíssem de minha vida de vez.
Naquele dia eu tava muito machucada, e estive assim por muito tempo. 
Eu tenho facilidade pra esquecer as feridas que me causam, eu perdoo fácil, mas não rápido.
E hoje não tenho raiva de ninguém... É estranho, mas estou em paz!
Ok, quando falo de ninguém estou falando apenas daqueles que um dia foram meus amigos... Meu coração não é tão bom ainda pra esquecer o mal que me FAZEM aqueles que nunca estiveram dispostos a ser amigos, falo aqui apenas daqueles que eu amo, daqueles que já fizeram parte de minha vida e daqueles que eu quero de volta. =P
Minha mensagem é praqueles que amam alguém que lhes fizeram mal... Um amigo, um irmão, pai, mãe, namorado, marido... Perdoar é estar disposto a recomeçar, a esquecer.
Demora um tempo, há todo um ritual de cura [risos], mas é possível se você estiver aberto pra isso!

Lê também esse post, pikeno! ---> O Perdão

Publicada  em 21 de fevereiro de 2012.

Retalhos do facebook - Amigo balança é um inimigo disfarçado!

Fonte de imagem: It Girl Glamour
Eu não sei qual o problema das pessoas...
Não entendo porque quando elas nos encontram acham tão necessário e útil comentar nossa forma física. Hoje foi meu dia pra ser chamada de gorda e, confesso, tive vontade de mandar todo mundo ir tomar no olho do &¨%$#...
Poxa, eu tô com a vida corrida, almoço quase todo dia na hora da janta, ando por aí desmaiando, estou doente por falta de vitaminas... E vem um idiota que não me vê há dias me dizer que eu estou gorda e que preciso fazer um regiminho... Dá vontade de mandar a pessoa se enxergar!
Eu não estou incomodada com meu tamanho, forma e peso... Não entendo porque os outros se preocupam tanto!
"Eles estão preocupados com tua saúde"... Estão? Então porque não perguntam como estou me sentindo em vez de exclamar que eu estou gorda?
E aquela amiga idiota, que todo mundo, que sempre que te encontra diz que tu tá mais magra... Eu tenho uma raiva disso! Eu nunca pergunto pras pessoas: Como eu tô? Tô bonita? Tô gorda? Acha que eu emagreci?... Mas sempre que elas me encontram, sentem uma necessidade doentia de me dar um parecer sobre meu corpo...
Enfim, foi só um desabafo...
Acho que amigo de verdade se preocupa com o seu espírito, seus sentimentos, sua cabeça... Mas, porra... Do tamanho do meu bucho e da minha falta de bunda cuido eu... Só isso!

Bate-papo temático - Amizade virtual e virtuosa... - Com Thó*!

Fonte de imagem: Comendo e vomitando ideias
Tenho pouca experiência com amizades a distância... Na verdade nunca tinha feito isso, e quando comecei vi que me sentia mais a vontade com os amigos de longe do que com aqueles do dia-a-dia.
Com certeza tem um certo charme, da saudade, por exemplo.
Ou de você poder sei lá... despejar um bocado de coisa pra um ilustre-semi-desconhecido antes mesmo que os laços possam se estreitar.
A maioria dos meus amigos são de rede sociais... Os primeiros foram de Twitter... Depois da rede do OTM e por último do facebook... Eu gosto de falar sobre tudo com eles, principalmente os mais cultos.
Sabe aqueles caras que num chegam dizendo que tu é mó gostosa e eles querem pá em tu.
Eu tenho preconceito... Se o cara diz "oi, gata/linda/tc de onde", eu bloqueio.
É, redes sociais super servem pra isso mesmo... eu tentei me aproximar de artistas e críticos. Mas não rolou. Mas serviu muito pra manter amizades antigas que o tempo afastou. E, por incrível que possa parecer, nunca chegou nenhum cara me chamando de gatinha linda. Então não tive que exercer tanto quanto as moças a arte de bloquear inconvenientes. Apenas não aceito desconhecidos, geralmente.
Eu tenho 2 perfis...
Quando eu vejo que a amizade vale a pena, eu adiciono no outro.
Nos dois você fez o mesmo tipo de amizades?
Não... Em um, só amigos muito próximos, no outro pessoas que não conheço.
Boa estratégia, creio.
Isso de amizade distante é curioso: lembrei agora de um site, no qual me inscrevi pra exercitar meu alemão, que você trocava e-mails com alguém do outro lado do mundo.
Livemocha
Eu já tive um livemocha... Cheguei a falar por vídeo com um italiano.
Lembro que do nada, num momento meio difícil que passei, chorei minhas mágoas em alemão e inglês. Foi muito bacana encontrar gente solidária do outro lado do Atlântico. 
Mas no meu caso só escrevia. Aliás: acho que esse componente desconhecido é grande parte das amizades á distância.
Lembro de um amigo que uma vez recebeu uma ligação, atendeu, ninguém respondeu... o número era desconhecido. E aí ele começou a falar de toda a sua vida pro desconhecido do outro lado que só respirava. Vá se entender, né? Mas acho que isso do desabafo é importante para algumas pessoas.
Uma vez me mandaram uma mensagem. Eu não reconheci o número, mas perguntaram como eu tava!
Cara, eu desabafei.............
No fim do dia eu descobri de quem era o número e não foi legal.
Pois é... Acho que as instituições reconhecem isso: é parte do que faz a confissão ser efetiva e é parte do que permite a relação de análise com o psicólogo também, essa relação com outro ser humano que não é próximo.
Mas, claro, há o risco: quando você não conhece a pessoa ela pode usar essas informações para o 'mal'... no caso dos psicólogos, tem um código de ética para garantir que isso não aconteça e no caso da igreja tem um código semelhante também, salvo engano. mas quando é uma iniciativa tomada entre duas pessoas no encontro sem mediação institucional, há riscos.
Há riscos entre a gente?
Acho que é por isso que a gente sonda né? O tipo de informação que partilha pra ir vendo se a pessoa é confiável, sei lá...
Quando eu falei: "peraí, vou cagar"... O que tu podia fazer?
Nada, acho...depende da informação que a pessoa passa, e de para quem passa.
Hummm
Tipo, todo mundo vai ao banheiro, por mais que soe estranho se ouvir, mas não é uma confissão.... e também... depende de se a outra pessoa também se abre com você, né?
Todo mundo faz sexo
hahahaha
Por mais que não fale também.
Nem todo mundo. Tem quem faça nunca, ou pouco...
Tá, não joga na cara...
Acho que por isso que é tabu, é o único instinto 'opcional'. Tipo... se você não se alimenta, morre... mas dá pra viver uma vida inteira sem fazer sexo né?
Péra...
Dá não não...
hahhaha
Tem quem passe ué...
Enfim... Acho que amizade a distância (era esse nosso assunto Thó), dá certo exatamente por não vermos a cara da pessoa todo dia.
A gente acaba falando mais do que devia, porque ela não olha nossa cara (quando não rola webcam).
Sim, sim, acaba que às vezes a distância deixa a gente mais a vontade.
E é como uma amiga disse: se quem mora longe morasse perto, seria vizinho e seria tão chato quanto um.
Fora que, digitando as pausas não são constrangedoras
kkkkkkkkkkkkk
A gente pode simplesmente ignorar o que não gosta
O post tá enorme
Concluindo......
Quais tuas palavras finais?
Acho que amizade à distância rola sim e pode ser ótima, mas tem um funcionamento diferente das amizades próximas. E você, que conclui desse papo?
A gente não daria certo se tu morasse perto.... Minha TPM é horrível na vida real.
hahahahah, ela é horrível digitalmente também.
...
_______________________
* Thó é meu psicólogo de hangout... me ajuda pá porra nas paradas da minha TPM... É chato e queria revisar tudo... Odeio ele. Hunf! O abestado num deixou nem eu botar o link do blog dele!!! Deixou nem eu tirar nossa foto de caneca no Hangout!

Não sei bem o que é ser amada por alguém...

Fonte de imagem: Lantejoula Design
Hoje acordei cheia de interrogações na cabeça...
Tô aqui no meu trabalho... Vista embaçada, conversando com um amigo como faço todas as manhãs... Mas tô chorando, chorando muito... Tentando encontrar culpados pra tudo que dói em mim agora.
Cheguei a conclusão de que não sei como é isso de ser amada, sabe?
Não sei reconhecer o amor se ele estiver diante de meu nariz...
Não sei reconhecer o amor além daquele que me é dado por meus pais, além daquele que eu sinto, mas não por mim... Não sei reconhecer o amor de terceiros... amor de amigo, namorado, próximo... Estranhos.
Hoje sou cega a qualquer sentimento que não é meu...
Hoje tenho medo de mim...
Hoje a solidão tá maior... Parecida com a dor de perder alguém, muito parecida...
Queria o consolo de abraços... Abraços apertados...
Queria o consolo de demonstrações disso que hoje não sei o que é... Queria algo que me fizesse crer que sou amada hoje...
Queria não mais sentir esse frio de alguém espiritualmente vazia.

[Reblogando] Cadê a fé, coisa!

Fonte de imagem: O Divã Dellas
Levanta e anda, mulher de pouca fé!
Não, andar é pouco...
Corre, criatura!
Corre que o tempo é pouco e o tempo que passou parada não justifica tanta moleza.
Corre, porque a vida é curta e a cada momento teu tempo de fazer diferente muda, diminui, acaba...
Ficar parada é besteira, andar devagar é loucura, correr... Tá, é exagero!

Postagem publicada em 27 de janeiro de 2009... Ainda faz sentido hoje.

Cabeça esturandu... Fraqueza... Gripe... Murrê!

Fonte de imagem: Blog da Fátima

Pessoal, hoje tô doentinha...
Sem cabeça pra postar algo decente... Nem aqui, imagina no Além de palavras, sentimentos...
Tive uma semana muito difícil, a gripe essa semana tem sido mais forte do que eu...
E ontem ainda teve a gripe, a cólica, a fome e a raiva me atacando... Então, tentem imaginar meu estado hoje..
Consegui imprimir minha mono pra ler e "desenhar" uma conclusão... Tô doida pra me livrar disso, mas muito fraca pra fazer isso hoje...
Só isso..
Vou deitar ali que a febre e a dor de cabeça tá me consumindo... Inté breve!


Tag - As 5 Capas Mais Bonitas da Minha Estante

Fonte de imagem: 2 book Girls
Olá, pessoas... 
A Débora campos, do 2 Book Girls, e a Samy Rabelo, do Livros com resenhas, me convidaram para fazer essa tag (criada pelos blogs Quarto de menina, 2 Book Girls, Meu amor pelos livros)... Eu chamo de Meme, acho mais bonitinho... kkkkkkkkkkkkkkk


Objetivo da Tag

- Mostrar as 5 capas mais bonitas que você tem na sua estante.


Regras da Tag

- Mencionar o blog que te indicou
- Contar as regras
- Responder a tag
- Indicar 5 blogs

Vâmo ver minhas capas, né?

#1 - A mulher de pilatos (Antoinette May)
Fonte de imagem: Letras de sonho
#2 - Hulk - Janet Elder
Fonte de imagem: Sinopse do livro
#3 - Dom Casmurro (Machado de Assis)
Fonte de imagem: Muambeiros
#4 - O plano perfeito (Sidney Sheldon)
Fonte de imagem: Apaixonada por romances

#5 - Orgulho e preconceito (Jane Austen)
Fonte de imagem: Skoob
Os 5 blogs indicados são... Tchamtchamtcham-tcham!

Não gostei - Pronta para amar (Tô revolts e spoiler...)

Fonte de imagem: Colherada cultural
Olá, pessoas...
Essa semana eu tô com uma gripe loucamente apaixonada por mim... Tô bêbada de xarope e cheia de catarro... Aproveitei pra assistir uns filmes, já que isso não exige muito de mim... (cês repararam, né?).
Enfim, acabei de assistir Pronta para amar e... Não gostei!
Não gostei porque eu esperava mais!
Todo filme sobre alguém com câncer, eu fico na expectativa de que um milagre vá acontecer... Mas aí a pessoa morre e eu fico... Arrasada!
Gosto de filmes que me dão esperanças... Gosto de filmes de pessoas que lutam até o último segundo pra tentar sobreviver. Eu sei que muitas pessoas desistem do tratamento, mas, poxa, a Marley se mostrou muito fraca! Tenho certeza de que ela não lutou o suficiente!
Fora esse "pequeno detalhe", tem umas coisas que até são legais...
Eu gostei do "Pequeno pedacinho do céu"! kkkkkkkkkkk
Pequeno pedacinho do céu é um "amante profissional"... Tipo assim... Pequeno Ser!
É aquele ator de Game of Thrones!
Enfim, o trailer me fez pensar que o filme era divertidíssimo e me decepcionou por tratar-se de um drama!
Ah, e esse casal é fraquinho... E eu acho detestável filmes com conflitos entre filhos e pais... Filhos sempre donos da verdade... Acho chato....
Enfim, veja sinopse do Adoro cinema:
Nova Orleans. Marley Corbett (Kate Hudson) é uma jovem divertida que tem medo de se entregar completamente em um relacionamento. Ela tenta usar o humor para impedir que os problemas se agravem, mas é pega de surpresa quando, ao visitar o médico Julian Goldstein (Gael García Bernal), descobre que está com uma doença grave.
Amei também a resenha do Omelete... Que fala de machismo, falso moralismo... e blábláblá... É bem isso mesmo!
Obviamente, como não estamos mais nos tempos de Rosalind Russell e os filmes-de-mulher são hoje uma trincheira do machismo, Pronta para Amar vai mostrar para Marley Corbett que ela está errada - e castigá-la por tamanho piriguetismo.
_________________________________
Assisti no youtube - Pronta Para Amar - Completo Dublado

Dica de filme - 10 coisas que eu odeio em você

Fonte de imagem: Aquilo que nem sei...
Mais uma vez com uma dica de filme do arco da velha...
Na verdade, eu gosto bem mais desses filmes da década de 80, 90.. Acho que até 2005 os filmes ainda eram bons (trilha sonora perfeita e histórias idem!)! Depois disso ficaram meio repetitivos, parecem reprise dos velhos clássicos, com a diferença de que hoje você pode botar cena de sexo até em filmes que antes eram infantis..
Enfim!
A maioria das minhas amigas mais novinhas conhecem o filme hoje por 2 razões: sessão da tarde e o poema.

Odeio o modo como fala comigo e como corta o cabelo.
Odeio como dirige o meu carro.
E odeio seu desmazelo.
Odeio suas enormes botas de combate e como consegue ler minha mente.
Eu odeio tanto isso em você, que até me sinto doente.
Eu odeio como está sempre certo.
E odeio quando você mente.
Eu odeio quando me faz rir muito, e mas quando me faz chorar.
Eu odeio quando não está por perto, e o fato de não me ligar.
Mas eu odeio principalmente, não conseguir te odiar.
Nem um pouco, nem mesmo por um segundo, nem mesmo só por te odiar.

Eu gostei do filme a primeira vez que eu assisti (acho que eu tava no ensino médio), porque eu era/sou muito parecida com protagonista. Não, nunca fui loira, magra, inteligente... Mas sempre fui muito zuada por todos por meu jeito meio fechado...
A história do filme é mais ou menos assim...
O Senhor Stratford só permite que a filha mais nova dele, Bianca, namore depois da filha mais velha, Katharina. Só que Kath está fechada para relacionamentos... E aí, um dos pretendentes de Bianca compra Patrick para que ele conquiste a megera e assim Bianca fica liberada pra namorar.
É um filme massa!!!!
Com uma das cenas de declarações de amor mais linda e engraçada que já vi...


Pra quem não entendeu a história porque eu não sei explicar! =P
A sinopse e as curiosidades do Adoro Cinema:
A situação está tensa na cada dos Stratford. Bianca (Larisa Oleynik) não vê a hora de arranjar um namorado, mas seu pai (Larry Miller) não permite que ela saia com garotos. Após muita insistência, o pai toma uma resolução: Bianca pode namorar, desde que sua irmã, Katharina (Julia Stiles), namore também. Só que Katharina é uma verdadeira megera, que não tem amigos na escola nem em lugar algum. Para resolver a questão, Cameron (Joseph Gordon-Levitt), apaixonado por Bianca, resolve custear Patrick Verona (Heath Ledger) na tentativa de fazer com que Katharina se apaixone por ele.
Curiosidades!
  • Heath Ledger ganhou de Josh Hartnett e Ashton Kutcher e foi escalado como Patrick.
  • Apesar de representar a irmã mais velha, Julia Stiles tem apenas 3 meses a mais do que a atriz Larisa Oleynik.
  • Larisa Oleynik e Joseph Gordon-Levitt, que em 10 Coisas Que Eu Odeio em Você fazem o casal Bianca e Cameron, também faziam um casal de namorados na série da TV americana "Third Rock From the Sun", quando o filme foi rodado.
  • Vários nomes usados no filme fazem referência à história original Shakesperiana. O sobrenome de Bianca e Kat é "Stratford" (Shakespere nasceu em Stratford-upon-Avon). O sobrenome de Patric é Verona (cidade onde nasceu Petruchio, personagem correspondente da peça). A escola onde estudam os personagens do filme chama-se Padua, que é o mesmo nome da cidade onde se passa a "A Megera Domada" original.
  • Se não ficou claro... O filme foi baseado na obra "A megera domada".
Assistam o filme... Vale muito a pena...
____________________________
Assisti o filme no youtube! Pra quem não quiser esperar a sessão da tarde... 10 Coisas que Eu Odeio em Você - Dublado!!! (Desculpa, meninas, mas só achei dublado).

Dica pra ouvir - Andrea Bocelli

Fonte de imagem: Portal do deficiente
Estava hoje eu ouvindo Andrea Bocelli melancolicamente tepeêmica... Daí me dei conta que nunca falei dele aqui...
Conheci o Andrea (assim, com essa intimidade) quando eu tinha...12 anos e ele cantou aquela música com a chata da Sandy... Achei linda a voz da pessoa... Mas foi em 2012 que eu realmente me apaixonei por ele... *-* 
E não importa a música que ele cantasse (do Funiculi, Funicula a Con te partirò)... Eu só me apaixono mais por esse cara... Imaginei ele pai dos meus filhos, cara... =D
Não poderei me demorar, então Top 5 hoje... =(
Own, gente, eu tô dodói, desculpa...

#1 - Con te Partirò

#2 - Funiculi, Funicula

#3 - Time to say goodbye

#4 - Canto della terra

#5 - Vivo por ella

Espero que tenham gostado!
Beijo!

Tentando parar de fingir que não enxergo...

A gente não custa a enxergar... A sempre sempre viu, mas tapou os olhos pra brincar de ver estrelas, vamos dizer assim... Sabe quando você é criança e coloca os dedos com força sobre os olhos enquanto falam coisas que você não tá a fim e fica lá se distraindo vendo estrelas que não existem?
É bem assim...
Me sinto só em todos os sentidos que é permitido pensar...
Estou desorientada no meio das estrelas que inventei...
Cansada... Sem amigos, sem colo...
E são tantas pessoas me atacando, sabe? Dá tanta raiva... 
É tanta gente fazendo comentários desnecessários sobre mim... Tá difícil fingir que não vejo, não escuto...
É muita falsidade, cara... Muita criancice, cretinice... Chatice...
Desculpa, mas hoje tô dodói e minha cabeça tá bem confusa...
Ia terminar minha mono hoje, mas... =(
Viu como tá meu raciocínio?

Dica de filme - Orgulho e preconceito

Fonte de imagem: Another Thoughts
Assisti esse filme em 2010 pela primeira vez por indicação de Ludmylla Luna. Ela falou tanto que o Senhor Darcy era um gato que eu PRECISAVA ver... Claro, ela falou muito bem da história!
Então, a primeira vez que vi o filme foi por causa de macho!
A segunda vez que eu assisti, foi semana passada. Comprei o livro e, como o livro é um clássico... precisava me inspirar pra lê-lo (eu tenho fobia a clássicos). Comecei assistindo a minissérie... Na minissérie o Darcy é o Colin Firth (o mesmo que faz o Mark Darcy que é inspirado no  Sr. Darcy!).
Fonte de imagem: De coisas por aí
Pra quem não sabe, não acredito que não saibam... Não apenas o Mark Darcy é inspirado no Sr. Darcy, mas toda a história de Bridget Jones é inspirada em Orgulho e preconceito... E em vários momentos do "No limite da razão", eles lembram do Colin Firth e da cena da camisa na minissérie.
Fonte de imagem: All movies and more
Acabado o momento "eu sou pobre, mas também sou cultura"... Vamos ao filme!
Por culpa do youtube que não disponibilizou a minissérie além do 3º capítulo (com legendas em português), eu tive que assistir o filme de novo. E como eu já tinha assistido a minissérie até certo ponto e tinha começado a ler o livro, não pude deixar de reparar que algumas falas eram idênticas ao livro! O que eu acho legal...
Mas a minissérie parecia seguir mais direitinho o livro do que o filme. Tipo, no detalhe do Sr. Bingley ter 2 irmãs... 
Enfim!
A história!
Eu sou péssima pra contar a história, sempre acabo pegando de algum site...
Inglaterra, 1797. As cinco irmãs Bennet - Elizabeth (Keira Knightley), Jane (Rosamund Pike), Lydia (Jena Malone), Mary (Talulah Riley) e Kitty (Carey Mulligan) - foram criadas por uma mãe (Brenda Blethyn) que tinha fixação em lhes encontrar maridos que garantissem seu futuro. Porém Elizabeth deseja ter uma vida mais ampla do que apenas se dedicar ao marido, sendo apoiada pelo pai (Donald Sutherland). Quando o sr. Bingley (Simon Woods), um solteiro rico, passa a morar em uma mansão vizinha, as irmãs logo ficam agitadas. Jane logo parece que conquistará o coração do novo vizinho, enquanto que Elizabeth conhece o bonito e esnobe sr. Darcy (Matthew Macfadyen). Os encontros entre Elizabeth e Darcy passam a ser cada vez mais constantes, apesar deles sempre discutirem (FONTE: Adoro Cinema).
Mas digamos que o orgulho é a questão da timidez do Darcy, ele nunca sabe o que dizer, não sabe interagir com as pessoas e, como a primeira impressão é a que fica, todos acham que ele é arrogante por ser rico... Então, tanto há esse preconceito das pessoas com ele por ser rico, quanto dos ricos para com os comerciantes, ou a classe mais pobre.
O destaque da história está na questão dos dotes e dos costumes da época... Era comum as pessoas se "enamorarem", mas o amor acabar com um dote maior! rsrsr
Destaco também o comportamento da Sra. Bennet... Mimada, tudo pra ela é os nervos... É bem engraçado!
Enfim, o filme é lindo... É um romance com pitadas de comédia... Lindo pela música, pela dança (muita inveja de quem viveu nessa época...)...
Beijo!
______________________________
P.s: Achei o filme no youtube... Pra quem tem saco pra assistir filme caçando as partes... Orgulho e Preconceito dublado 1 parte e Orgulho e Preconceito legendado 1 parte

Pequenas coisas que não curto... Na blogosfera!

Fonte de imagem: Zuei muito
Alguns blogueiros tem um comportamento que acho extremamente irritante... Pequenas coisas que não curto, são chatas, invasivas... E vim listar esses detalhes...
  • Muitos blogueiros são secos por comentários mais do que são por leitores. Eles ficam perseguindo comentaristas e ainda colocam no blog que não aceitam qualquer comentário... Bom, não é o que parecia...
  • Alguns são invasivos, enviam mensagem inbox MANDANDO tu curtir página, seguir o blog e, claro, deixar o comentário... "passa lá, eu retribuo".
  • E aquelas falsidades? Meu Gzuis.... Quem guenta ser chamada de florzinha, flor, meu amor, bebê e, o mais falso de todos! "Passa lá, linda!".
  • Tem blogueiro que não tem noção de espaço vital... Te sufoca com as atualizações do blog dele... Compartilhar toda hora no seu mural, beleza, também faço isso... Compartilhar em grupos, ok, é o certo... Mas vir no meu mural, no meu inbox... Cara, sacanagem! Controle-se!
  • Teve um cara que ano passado resolveu me xingar porque eu não retribuía os comentários que ele fazia no meu blog! Te juro! Ele questionava muito isso e depois de várias vezes eu responder, ele começou a deixar mensagens anônimas criticando o post, o blog e até eu mesma...
  • Eu gosto quando as pessoas deixam o link delas nas postagens, gosto mesmo... Visito quando gosto do comentário (quando o comentário tem um conteúdo que faz sentido com a postagem que escrevi), quando eles me deixam curiosa... Gosto de links soltos, sem aquele "passa no meu blog, flor". 
  • Acho que link do blog pode vir como assinatura... É assim que assino meus comentários... Sem apelação! A pessoa sabe que aquilo é um convite... Tu tá apresentando tua identidade... Agora, se tu fica apelando, pedindo pra retribuir... É complicado eu pensar que teu blog é bom e que vale a pena conhecer, porque você se mostrou seca por comentário... Entende-se aí que ninguém visita... É triste...
  • Uma coisa que eu ODEIO é deixar meu link em um grupo de divulgação e mil blogueiras make up (o tipo mais seco por comentário) deixar recadinhos mimosos pra eu visitar e deixar comentários que elas retribuem... Cara, eu uso o comentário de páginas de divulgação pra comentar sobre a postagem da pessoa! O espaço de divulgação é o mural... Ok, em alguns grupos, como o meu, a divulgação rola nos comentários... Só que quando não é o caso... Acho que cês entenderam!
  • Uma vez uma blogueira comentou em uma postagem pessoal em que eu fazia um desabafo: Adorei a dica! Retribui? <link do blog>. Entenderam? Seca por comentário... Nem sabe o que é o blog, sobre o que é a postagem...
  • E blog de sorteio... Odeio quando pedem pra comentar em mil lugares... E não querem que a gente escreva a mesma coisa na resenha sobre o mesmo livro que tá igual no skoob e no blog...
  • Ah, e não me maquio (só de palhaça mesmo), então, não visito blogs de maquiagem! Podia ser falsa, dizer que "adoro" e "visito sim, flor"... Mas estaria mentindo! Curto páginas, acho bonito, algumas me inspiram pra quando me pinto de palhaça... Mas não visito os blogs.
  • Por último, é bom deixar aqui o tipo de blog que eu gosto, né? Ok, blogs pessoais, literários, solidários ou de campanhas, culinária e variedades (não, não curto make up, não curto política, esporte, RPG...).
É isso... Espero que cês tenham entendido bem...
Beijo, flores! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Fui debochada....

As coisas que a gente aprende com... piolho!

Fonte de imagem: Pra gente miúda
Tive uma experiência muito ruim esses dias... Encostei com algumas pessoas pra tirar foto e peguei piolho... =P
Resolvi compartilhar as coisas com vocês para que vocês estejam preparadas pra tudo!
  • O piolho chega em você pelo sangue e não pela falta de higiene, ou seja, ele é um Edward, Damon, Stefan...
  • Adulto também pega piolho.
  • O piolho é passado através de contatos de cabeça, ou cabelo.... Selfies cás amigas de modo geral.
  • O piolho fica perto da raiz do cabelo, do couro cabeludo... nunca nas pontas. Ele precisa de sangue, portanto, tem que ficar perto de onde tem.
  • Eles preferem as zonas quentes: atrás da orelha e nuca.
  • Dá pra resolver tudo com Vinagre!
  • O vinagre custa menos de 2 reais, gente...
  • Lêndeas são os ovos do piolho... E não saem com o pente fino!
  • Piolho gosta de cabelo limpo! São super exigente!
  • A proliferação do piolho entre as crianças são maiores porque elas compartilham tudo e ficam muito juntas...
  • Criança é bonitinha, mas tirar foto com elas encostando cabeça pode ser ruim pra você!
  • O pente fino só não mata piolho... O que mata é a união: pente fino, xampu específico, secar de cabelo e vinagre.
  • Os nojentos morrem se passar 6 horas sem sangue... Nisso os vampiros são mais!
  • Os bichos não pulam, não voam, mas vai pra ti se teu cabelo estiver em contato com um cabelo contaminado!
  • Todo mundo te olha feio e coloca a mão na cabeça quando descobre que tu tem piolho... kkkkkkkkkkkkkk
  • Tratamento químico (alisamento, pintura, hidratação) costuma ajudar a matar o piolho.
  • Raspar a cabeça ajuda... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Eu não presto pra dar tempo...

Fonte de imagem: Bring to my life
Eu não nego saudade quando eu sinto, eu não sei dar gelo...
Eu corro atrás das pessoas e quando eu quero falar com elas, eu pego o telefone e, simplesmente ligo... Defeito? Qualidade?
Eu não sei dar tempo... Não sei fingir que estou magoada e parar de falar com a pessoa sem explicações decentes sobre o porquê do "precisamos nos afastar"... 
Acho que eu fico louca 1 vez por mês... Todo mês eu chego pro meu namorado, me zango com alguma coisa e "vamos dar um tempo", "não dá mais, quero terminar"...
Queria ter a paciência e cegueira que eu tenho a maior parte do tempo pra poder levar essa relação até o fim... Ou seja, os dois velhinhos morrem dormindo e abraçados...
Mas não sei...
Ando até cansada de ter uma relação às vezes... Às vezes parece tão mais legal ser solteira e pegar alguém atrás da igreja, na praça, no shopping...
Tem coisas que uma relação de 4 anos tem que me incomoda... Tipo, com 1 mês de namoro a gente parecia que ia, sei lá... transar em qualquer lugar, até na fila do RU... Era um fogo, uma falta de noção...
Hoje, a gente dá selinho em público e, tipo, isso é demais! Nem deveria acontecer!
É ridículo... Eu quero sair por aí nos agarramentos do começo do namoro... Sem ligar se existe um resto do mundo...
Dizem, que quando a gente ama, a gente esquece o resto do mundo... Eu sempre esqueço quando tô com meu namorado... Talvez ele não esquecer significa alguma coisa.
Sei que muita gente vai escrever aqui nos comentários: "termina com esse cara", ou "tá na hora de trocar de namorado", ou o simples "ele não te ama, procura outro"... Mas, pra quem não sabe, criei esse blog há 4 anos... E já me questionava essas coisas no pré-namoro.
O meu namorado é muito fechado... E eu não presto pra dar tempo porque temo que ele não volte por medo, vergonha... Eu queria ter esse medo, essa vergonha...
Acho que vou tentar ter isso só um pouquinho e parar de me importar... 

As várias formas de machucar meu coração...

Fonte de imagem: Novo Tempo
As pessoas não agirem de acordo com o que falam é algo que me machuca muito... Promessas que não cumprem, declarações de amor da boca pra fora... Descrições de personalidade que não correspondem ao que elas são ou pretendem ser...
Eu vivo louca atrás de carinho... Coisas pequenas, apenas carinho...
O "filhinha" de meu pai, "Soinha" de minha mãe... Palavras que demonstram amor sem a gente pedir... Eu queria tanto isso agora... Queria isso de mais gente... Amor demonstrado de livre e espontânea vontade!
Minha cabeça tá tão confusa... Eu estou insegura!
Desisti de meu namoro, desisti de correr atrás de quem não me dá atenção, valor... Se ele vier atrás de me mim, se me procurar... Ele fica, sob a condição de termos uma conversa adulta! Mas, eu não vou atrás de ninguém!
Todos os sinais apontam em direção contrária ao futuro juntos que eu sempre sonhei... Sozinha.
Tava lendo um livro, "Qual o seu número", e o Colin fala pra Delilah que o que afastava ele das ex  era a falta de nós... eles (ele e as ex) nunca conseguiam se imaginar juntos no futuro. Meu problema com o meu namorado é que eu consigo... Mas só eu. Ele nunca falou em "quando a gente se casar", quando tivermos nossa casa", "quando tivermos nossos filhos..."... Ele só falava "quando Eu..." e "meus filhos".
Eu devia ter sacado antes que os filhos dele não eram meus também...
Engraçado... Eu tinha combinado comigo fazer uma postagem mais "impessoal"... 
Enfim, acho que todo mundo se machuca com pequenos detalhes de alguma...
Eu me machuco sempre quando vejo que as pessoas não se importam. Eu não sou cagada assim só com o meu namoro não... É tudo igual com amigos e até mesmo família! Eu demonstro mais amor e atenção para e com os outros do que eles...
Eu não sei se é porque sou de virgem e tendo a analisar todos os detalhes de uma coisa mínima... Pegar a lupa e focar naquele detalhe, e ver eles maiores do que são... Eu não sei se é só por isso...
Mas eu tô cansada de ser deixada de lado por todo mundo... De pedir colo, e me darem as costas... De eu tentar conversar sobre o que sinto e as pessoas inventarem desculpas... De falar que eu vou deixá-los em paz e todos darem graças a Deus por isso, em vez de, só uma vez, darem uma de quem se importa e ir atrás de mim... Me pedir pra ficar.

Meme: Selinho de Indicação

Fonte de imagem: Foco Talentos
Oi, gente!!!
Fui indicada a mais um selinho... Quem me indicou foi a Erica Siqueira (Kinha), do blog Querido eu. Esse selinho é uma forma de integração entre os blogueiros e divulgação dos blogs!
Eu não conhecia a Kinha e o Querido eu.... Achei o Blog lindo, bem organizado e é um blog com características bem parecidas ao Bibliotecária Escandalosa... É pessoal, literário... A Kinha fala do que gosta! Vale a pena conferir!

Regras

As blogueiras/Os blogueiros que receberem o selinho, terão que responder 10 perguntas feitas pela(o) blogueira(o) que indicou seu blog e listar os 10 blogs que você recomendar. Não podendo ser blogs famosos com mais de 800 seguidores. Pois o intuito do selinho é divulgar blogs.

As perguntas que tenho que responder

1. Como escolheu o nome do blog?
Foi um apelido que uma menina da biologia me deu... Achei legal e coloquei no blog.
2. Há quanto tempo tem seu blog?
4 anos.
3. Como você divulga seu blog?
Através do facebook (meu perfil, grupos, fanpage), twitter e G+.
4. Quais assuntos tem mais visualização no seu blog?
Livros e filmes.
5. O que motivou você a criar o blog?
O peso de minha agenda... De repente, a agenda ficou pesada demais pra carregar e o acessoa a internet tava mais fácil.
6. Você mora onde?
São Luís-MA.
7. Quais seus objetivos com o blog?
Nenhum em especial...
8. Quais blogs você visita frequentemente?
Own mine, Blog da Loh, Filha do Rei, Chata Nerd, Melancolia em versos, Papo de leitoraFrancês Dicas (Petits Conseils en Français)
9. O que te inspira pra criar posts?
Meu namoro, minhas leituras, meus bate-papos, meus filmes...
10. Qual a sua idade?
26 anos.
10 blogs para responder a Meme

10 músicas que marcaram minha adolescência...


Hoje eu tô desassuntada, como diz Ruan...
Resolvi só listar as 10 músicas que marcaram minha adolescência...
Bora lá?

:: 1 - Lady Marmalade - Christina Aguilera et al.


Eu vivia tentando imitar as cantoras dançando ela enquanto lavava banheiro... Só isso.

:: 2 - Se eu não te amasse tanto assim - Ivete Sangalo


Eu descobri que gostava do Jonas (um dos meus amores platônicos) ouvindo essa música... Hoje eu odeio ela!

:: 3 - Cai fora - Babado Novo


Eu era a fim de um cara que depois de casar começou a dar em cima de mim na maior cara de pau... Sempre que eu ouvia essa música eu lembrava dele.

:: 4 - Não vou chorar - Chiclete com Banana


Eu nunca gostei de Axé... Principalmente de Chiclete com Banana, mas as letras são boas, cara! E essa música aí eu cantei com minha turma em um abraço coletivo na frente da escola no último dia da gente no 3º ano... Ficou inesquecível por isso!

:: 5 - Boulevard of broken dreams - Greenday


Comecei a gostar do Greenday por causa de um menino que eu conheci no ônibus que era a cara do Billie Joe Armstrong... =P E essa música era sucesso na época... Hoje eu gosto da banda e da música pela banda e pela música... Eu juro!

:: 6 - Mr. Brightside - The Killers


Outra história engraçadinha... Tava assistindo MTV depois de voltar do curso de informática e vi que Brandon Flowers era IDÊNTICO ao meu professor de informática... E adivinhem.... Sim, eu era a fim do professor de informática!

:: 7 - Save me -  Remy zero


Eu assistia muito Smallville (série que só prestou até a 2ª temporada, em minha opinião...) e esse é o tema de abertura. Mas essa música não me marcou apenas por isso! Eu trocava cartas com um amigo de uma amiga minha, eu era BV e todo mundo queria por força me desencalhar... Me arrumaram esse cara e a gente ficou trocando cartas... Enfim! O cara era lindo, era a cara de meu amigo Daniel Ribeiro Dos Santos, mas, com certeza ao contrário do Dan, o cara era meloso demais!!!! Me ligou, e eu não quis atender, mas mamãe me chamou mesmo assim... E o cara começou a falar um monte de coisas melosas... A gente nunca tinha se visto e o cara falou até em filhos!!! Aí, começou o seriado... E a música do seriado dizia aquilo que eu queria dizer: ♫Someboooooooooooooody saaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaave meeeeeeeeeeee

:: 8 - I say a little prayer - Diana King (hoje eu prefiro Aretha)


Eu era apaixonada pelo gay de O casamento de meu melhor amigo (Rupert Everett no papel de George)... Tipo, louca de pedra pelo cara a ponto de perturbar Aécyo pra me dar um pôster dele igual ao que eu tenho do KLB! (sim, TENHO! Alguém quer????). Sempre que eu ouvia essa música, eu corria pra entender ela pra buscar na internet (quando eu era adolescente, tinha internet... Poucos tinham, mas tinham! Qualquer dia eu conto a saga pelo perfil do orkut do Jonas! É muito engraçado!)... Esse mesmo Aécyo descobriu pra mim o nome da música, comigo cantando: ♫dé momenti ai eikou bifôri ai puta mai meikápi♫.... Eu era tão louca por essa música que ainda hoje me chamam quando ela toca, me avisam, dizem que lembraram de mim e choram gritando meu nome!

:: 9 - Primavera - Vivaldi (As quatro estações)


Eu comecei a gostar de músicas clássicas por causa de meu saudoso celular Nokia 6120 (que não era i, como contei em postagem (Devo o meu bom gosto musical ao meu Nokia 6120!)... O celular de uma amiga minha era mais moderno e dava pra ti compor o toque... Meu sonho era ter Primavera de Vivaldi em meu celular... Mas nunca consegui, nem hoje que ele toca MP3!

:: 10 - Gîta - Raul Seixas


Foi na adolescência que eu descobri Raul... Um CD (desde criança eu ouço CD... Não tenho noção do que é vinil, tá?) velho de papai que tem aqui em casa... E a música que eu mais gostei do Raul foi Gîta... Que eu descrobri outro dia que se canta Guita e não Gitáaaaaaaaaaaa...
rsrsrs
Era a música dele que mais fazia sentido pra mim, embora a maioria dos adolescentes cantem Metamorfose ambulante se achando oooooooos radicais!!! (na minha época era assim, todo mundo queira se dizer Metamorfose ambulante... Mas eu preferia ser a luz das estrelas, a cor do luar, as coisas da vida... O medo de amar!).

Dica de filme - Um dia

Fonte de imagem: Turma do café
Essa semana assisti muitos filmes pra uma pessoa ocupada como eu (Manhã gloriosa, Mulan, Um dia, Orgulho e Preconceito, A moça do brinco de pérola e Razão e sensibilidade)...
Acredito que vocês já não aguentam mais ler dicas de filme, né? (mesmo eu só tendo resenha do 2 essa semana...).
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Hoje vamos falar do filme "Um dia", que conta a história de Emma e Dexter.
É uma história triste, mas muito linda (vê-se aqui que eu vou Spoilar, então fecha o post!).
A história toda é conta pra gente em um único dia do ano: 15 de julho. Bem no começo do filme, Dexter fala algo sobre tudo acontecer no dia 15 de julho... E, realmente, tudo aconteceu!
Esse filme é engraçado, porque ele pega o 15 de julho de cada ano pra contar a história dos 2 personagens e nos faz entender bem a vida dos dois, falando de um único dia... Achei massa!
Quanta coisa muda em nossa vida em 1 ano! Quantas escolhas diferentes fazemos... É incrível!
Eu escrevo em diários (agendas, na verdade) e sempre pego o mesmo dia pra poder ler, comparar...
Tipo, hoje é 12... Então eu vou lendo... 12 de dezembro, de novembro, de outubro... E vou vendo as mudanças... Faço isso desde criança, coisa de retardado... Mas um diretor fez um filme com a mesma brincadeira que eu faço! Tcharam! Eu não sou tão louca!
Enfim, amei o filme... E essa é minha dica!

:: SINOPSE:: 
Emma (Anne Hathaway) e Dexter (Jim Sturgees) se conheceram na faculdade, em 15 de julho. Esta data serve de base para acompanhar a vida deles ao longo de 20 anos. Neste período Emma enfrenta dificuldades para ser bem sucedida na carreira, enquanto que Dexter consegue sucesso fácil, tanto no trabalho quanto com as mulheres. A vida de ambos passa por várias outras pessoas, mas sempre está, de alguma forma, interligada (Adoro Cinema).
 :: CURIOSIDADES ::
  • Na verdade, a ideia não é do diretor, mas do autor David Nicholls que escreveu o livro que leva o mesmo nome: Um dia. ~> Leia a resenha 2 Book Girls: Resenha - Um Dia por David Nicholls.
  • O filme teve como locação Edinburgh, na Escócia e Londres, na Inglaterra, além de Paris, França.
  • A atriz Anne Hathaway foi fotografada pelada por moradores locais na cena do lago... Mas ninguém expôs as fotos na internet... =P

A trava - poema monográfico

Fonte de imagem: Gi Prado
A trava que me trava
A trava que inté destrava... 
Mas nunca é o momento certo.

A trava tira de mim o sono...
A trava é troll e não produz o produzível, o que é útil.
A trava só me trava

A destravança da trava vem ni mim quando tô longe
A trava que me trava é abestada...
É ignurante.

Não gostei - Moça com brinco de pérola

Fonte de imagem: Cranik
O filme só tem imagens lindas... Se tu colocar no google imagens, todas as imagens parecem verdadeiras obras de arte...
Mas a história é muito parada... É pouco explorada e... NÃO TEM CENA DE SEXO!
Eu tava doida pra menina ter um caso com Colin Firth, mas não rolou... O cara olhava pra ela de forma obscena, até eu me sentia nua, mas não passava disso...
O filme ganha pontos pela explicação sobre a técnica pintor Johannes Vermeer, fora isso... 
Tentei convencer um amigo a assistir comigo via Hangout, mas só pela música ele não foi com o filme...
As músicas super melancólicas, o ar sombrio, a pouca luz... A imagem semelhante a uma pintura... Tudo deixava o filme muito cansativo! Filme cansativo eu gosto de assistir dublado... E não era!
Mesmo assim, eu assisti até o fim... Na fé de que Johannes (O pintor) pegaria Griet (a criada-modelo)... Enfim... Tinha tudo pra ser legal, mas não tem sexo e o final é sem graça!
O filme seria mais legal se fosse brasileiro, certeza!
Para quem quer saber mais sobre o filme, recomendo a leitura da sinopse no site Cranik.
Beijo!

Dica de filme - Razão e Sensibilidade

Fonte de imagem: Cultura RS
Olá, pessoas...
Hoje fui trabalhar, mas esqueci umas coisinhas em casa e acabei assistindo filmes...
Já tinha lido o livro "Roteiro e diário" do filme "Razão e sensibilidade" e fiquei louca pra assistir o filme... Comprei o livro e tá ali guardado na caixa *o*, em breve faço uma resenha e comparo filme e livro, está bem?
Sou muito fã de Jane Austen... Na verdade, dos filmes baseados nas obras dela... Sempre tentei ler "Razão e Sensibilidade" da Biblioteca Central da UFMA, mas a reserva nunca me permitiu terminar a leitura. Ou é um livro muito procurado, ou sou muito azarada!
Então, não sei quais as mudanças do que foram feitas no roteiro do filme, mas a história é assim...
Um homem morre e deixa suas três filhas e esposa na pobreza. Apesar de ser um homem de posses, por lei, suas filhas não tem direito a sua fortuna após sua morte, ficando essa para seu único filho homem. Apesar de ter feito a promessa ao pai, no leito de morte,  de que não desampararia as irmãs, a avareza de John e sua esposa o impede de cumprir essa promessa. Assim, Elinor passa a enviar pedidos a amigos e parentes distantes para que esses possam ampará-las. Nesse meio-tempo, Elinor conhece Edward, irmão de sua cunhada, e se apaixona. Aí, a cunhada de Elinor passa a destacar a diferença de status social entre os dois, deixando Elinor ainda mais insegura.
O importante da história é o destaque entre a razão e a emoção. Em alguns trechos do filme a gente pesa, e acha certo usar a razão, em outros consideramos certo a emoção... E em vários percebemos que os dois podem estar errados de igual modo.
A razão, assim como a emoção, nos cega e nos leva a conclusões erradas!

Outra coisa importante sobre o filme... Eu me apaixonei pelo Snape!

Fonte de imagem: Adoro Cinema
Adorei o filme... 
Meloso, como toda história de Jane Austen... Mas lindo e perfeito em sua crítica social...
Jane Austen sempre mostrando como a mulher era vista e tratada em sua época, sempre críticas bem atuais e perfeitas...
Louca pra começar a ler meu box!!!

Clichês de ex

Fonte de imagem: Respondae
Fruto de mais uma brincadeira no facebook, o Clichês de ex fez o povo soltar o verbo na revolts inbox...

  • Clichê de ex: Te encontra super bem na rua e te procura com a história de que "existe uma coisa mal resolvida entre a gente".
  • Clichê de ex: Ele diz que quer ser só teu amigo, mas quando você percebe, ele tá tentando te agarrar!
  • Clichê de ex: Acaba com tua vida... te vê feliz de novo e quer voltar pra fazer um repeat da desgraça!
  • Clichê de ex: Passa com a namorada, tasca um beijão lambuzando a cara da pessoa... Mas é te olhando todo tempo procurando reações...
  • Clichê de ex: Diz pra ti que tá terminando o namoro com a atual porque o grande amor da vida dele é você... Vai nessa?
  • Clichê de ex: Dá em cima de ti direto e diz pra namorada que tu que não larga do pé da pessoa!
  • Clichê de ex: Liga bêbado no meio da noite querendo teu corpo nu por telefone!
  • Clichê de ex: Diz que ainda vai ser padrinho de teu casamento, mas chora desesperadamente quando você manda o convite.
  • Clichê de ex: Conversa contigo sobre suas qualidades sexuais, como se você não as conhecesse... Tipo... Aumentou desde a última vez que nos vimos?
  • Clichê de ex: sonda tuas amigas pra ver se tu "superou" o trauma de ter namorado com a pessoa... Na verdade, acho que a pessoa dá o pé na bunda da outra querendo uma ópera de "vóoooooooooooooltaaaaaaaaaaaaaaaaa"... O silêncio causado pela falta de súplicas é perturbador pra quem dá o fora...
  • Clichê de ex: Dá em cima de suas amigas pra ver se consegue chamar tua atenção... Só se esquece que o filme deles já foi queimado antes do fim.
  • Clichê de ex: Ele nunca entende que é mais fácil pra ele virar piada do que amante!
  • Clichê de ex: Ex só vira amigo se trocou você por alguém do mesmo sexo.
  • Clichê de ex: Ex é aquele cara que tudo que tu escreve no face é indireta pra ele, sabe? Ex é egocêntrico!
  • Clichê de ex: Ex tem uma capacidade ilimitada pra imaginar que um encontro casual foi friamente calculado por você....
  • Clichê de ex: Fica mudando o status de relacionamento do face até tu perceber e curtir! (Curtir só de mal, claro).
Quer conhecer outras brincadeiras?