terça-feira, 11 de junho de 2013

[Reblogagem] A Rainha da Futilidade Pública

E todas as manhãs ela acordava para contar o seu dia para aqueles que nem a conheciam...
E todas as manhãs, antes de fazer qualquer necessidade fisiológica ela preocupava-se em suprir sua necessidade de comunicação... E assim ela seguia, todas as manhãs...
Contava toda a sua vida sem contar com o fato de que alguém ouvia, lia, sentia o mesmo...
Na verdade, nossa rainha nunca contou com ouvintes e leitores... Apenas achou que era importante e foi lá falar!
A rainha da futilidade pensa que é alguém e pensa, ainda que pode dar opiniões... Mas, em uma linda manhã de sol converteram todas as suas (humildes) opiniões em (severas) indiretas e o circo pegou fogo, e máscaras caíram, amizades foram desfeitas, bloqueios foram acionados, começaram as guerras e... Oh!!! Dedos foram postos na cara de nossa rainha, como podem???
Nem falar dela mesma ela pode falar em paz... Quem esse povo pensa que é? Mais egocêntrico que nossa Rainha???
Eu, a rainha da futilidade, que fala de todos e ninguém, e que não faz questão nenhuma de ler e ouvir declaro encerrada essa história!
Eu quero voltar a falar livremente de mim mesma e quero expressar minha opinião sem que ninguém se ofenda ou aponte o dedo na minha cara todo ofendido querendo mostrar defeitos que eu sei que não tenho.
O meu reinado vem atrás de mim me comunicar de indiretas, mas essas eu ignoro, porque indiretas são despeito, não merecem meu respeito!
E digo maaaaaaaaaaaaais, em nenhuma dessas, que meu reinado aponta como sendo eu, eu me encontrei: só eu sei quem sou de verdade!... Que pena, né? Como acertar o alvo se nem comunicando o meu reinado de que falava de mim cês acertam???
Quem sabe até meu reinado é de aparências, como eu mesma sou!
HáHáHáHá
Agora, vâmo piorar a situação: o namorado chato é meeeeeeeeeu, a cara feia é minhaaaaaaaaa, a falta de pescoço é minhaaaaaaaaaaaaaa, os erros de português são meeeeeeeeus, o blog, o face e o twitter são meeeeeeeeeeeeus e eu faço a porra que eu quiser da minha vida!

Beijos e queijos!

Original publicado em 24 de fevereiro de 2012
Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Quem escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas pode me chamar de Sol que eu gosto... Acho até que quando as pessoas me chamam de Soraya é um sinal claro de que estão zangadas comigo, sei lá. Só pessoas afastadas me chamam pelo nome... e chefes... e meus pais.. Tenho 30 anos (não parece, né?), muito apaixonada por tudo o que faço (BIBLIOTECONOMIA! BIBLIOTECONOMIA!)... Amante de livros e sentimentos sinceros.

Comente com o Facebook e com sua conta Google: