Páginas

E as promessas pro fim de ano que não cumpri...


Me empolguei pra caramba com as metas de aniversário que eu quase cumpri todas e resolvi em outubro fazer metas para cumprir até o fim do ano... Cara, é vergonhoso... Não consegui cumprir os Compromissos para o fim do ano.
Vamos falar sobre cada vergonha...

1. Chegar aos 55kg
Eu subi pra 64, passei muito tempo no 63 e vou matar o ano no 62! Acho que essa meta eu cumpro ano que vem quando começar a academia. 
2. Terminar minha meta de leitura pra 2013
Vou fechar o ano com 30 livros, era pra ser 57, eu sei... Não me julguem!!! (Detalhes aqui!)
3. Tirar a carteira de motorista
O horário do trabalho não favoreceu muito isso aí... Mas de 2014 não passa! EU JURO!
4. Começar o Muay Thai
Me enrolaram tanto, mas tanto com esse Muay Thai que até hoje nada... Vou acabar fazendo academia normal em 2014... SOZINHA!
5. Fazer uma boa campanha de natal com a Liga dos voluntários
Conseguimos!!!! (Detalhes aqui!)
6. Jogar Vôlei com a bola que eu comprei em agosto (rsrsrs)
Eu tentei... Mas quando peguei a bola, ela estava murcha... Então a culpa nem é minha!
7. Começar uma pós-graduação
Começa dia 4 de janeiro de 2014. Especialização em Docência do Ensino Superior na CAPEM. Me matriculei em novembro mesmo, mas não deu certo... Era pra começar no sábado seguinte e... TCHARAM! Janeiro!
8. Fazer um curso para concurso
Faltou dinheiro... Mas trabalhei dobrado em dezembro e consegui dinheiro suficiente. Agora estou esperando abrir turma.
9. Aprender a cozinhar (meta eterna)
Prefiro não comentar... Bom, eu tô gostando de comer Banana com leite em pó. Isso eu sei fazer!
10. Aprender a tocar violão
Os DVDs ainda estão lacrados...
Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Sobre a louca que escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas me chamam de Sol! Tenho 31 anos, estou tentando me reapaixonar por tudo o que escolho... Sou formada em Biblioteconomia, recém-convertida católica (ainda que batizada desde 1995), estou aprendendo a lidar com a ansiedade e tenho pensado em tentar falar sobre a luta e o aprendizado diário... Viver requer paciência, e eu não tenho.