Páginas

Dica de livro - Lia sempre lia (Soraia Magalhães)

Fonte de imagem: Caçadores de Biblioteca
Acho que toda segunda-feira é um bom dia pra começar um livro novo... Mas esse livro eu li na sexta, e li rapidinho porque é pequenininho...
Lia sempre lia é um livro infantil (cês nem sacaram isso com a capa, né?) escrito por uma bibliotecária muito diva de Manaus, Soraia Magalhães.
Soraia me contou, quando aqui esteve, que ela escreveu o livro por uma necessidade de contar uma história de uma menina que adorava leitura em suas atividades de incentivo a leitura em biblioteca escolar.
Usando as falas da autora...
Lia sempre lia é um livro infantil, lançado pela editora Valer. Ilustrado por Bernardo Bulcão, conta a história de uma menininha que adora ler e que por coincidência tem o nome de LIA. A narrativa faz uma pequena reflexão sobre os ganhos que a leitura pode trazer.
Esse trabalho, é resultado de uma das minhas experiências vividas em Belo Horizonte, quando atuava como Bibliotecária do Colégio Imaculada (CIC-BH) e realizei várias ações interessantes no interior de uma biblioteca escolar!
É um livro curtinho, um livro para crianças, mas é também um livro muito bom para ser lido por um adulto para uma criança. (via Caçadores de Biblioteca)
A dica de hoje não é apenas para crianças não... É para papais, mamães, professores e bibliotecários que sentem prazer em contar histórias e incentivar a leitura!
O livro é fofíssimo, as ilustrações são maravilhosas... E tu tá perdendo muito em não contar a história da Lia por aí!

Beijão e até a próxima!
_____________________
♫ Somebody to Love - Queen
Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Sobre a louca que escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas me chamam de Sol! Tenho 31 anos, estou tentando me reapaixonar por tudo o que escolho... Sou formada em Biblioteconomia, recém-convertida católica (ainda que batizada desde 1995), estou aprendendo a lidar com a ansiedade e tenho pensado em tentar falar sobre a luta e o aprendizado diário... Viver requer paciência, e eu não tenho.