Páginas

A bola de neve...

Fonte de imagem: Cristais celestes
E as mentiras pequenas vão crescendo... E tu não sabe mais como sair delas...
Essa semana me vi nessa situação.
Ano passado resolvi apoiar um grupo numa atividade que até hoje eu não vejo sentido. Não vejo sentido em passar por cima das determinações de alguém e tomar uma decisão. Só que o grupo todo tava fazendo assim... E eu fui.
Pra não ser a única do grupo a ir contra, eu me calei e aceitei.
Fiz mais, guardei comigo o fruto da coisa.
Foram 4 meses guardando o tal fruto... Sempre me sentindo culpada, sempre querendo falar, agir como adulta... Mas aí, revelar seria igual a ser a "dedo duro", a "traíra".
Me calei, de novo.
Só que ainda hoje, já livre do fruto, me sinto culpada sempre que alguém fala no tal fruto, ou na árvore que deu origem a ele...
Acho que carregarei pra sempre essa culpa.
Ainda que tenha sido uma "MENTIRA DO BEM"... Sempre carregarei comigo a culpa.
Desabafo tosco, né?
Mas já alivia o coração.
Mentir pra encobrir outros é a pior mentira. Porque tu nunca  pode confessar e sempre fica, a cada dia, mais envolvida naquilo...
_____________________
♫ Papel machê - João Bosco
Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Sobre a louca que escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas me chamam de Sol! Tenho 31 anos, estou tentando me reapaixonar por tudo o que escolho... Sou formada em Biblioteconomia, recém-convertida católica (ainda que batizada desde 1995), estou aprendendo a lidar com a ansiedade e tenho pensado em tentar falar sobre a luta e o aprendizado diário... Viver requer paciência, e eu não tenho.