domingo, 9 de março de 2014

Eu queria continuar fingindo...

Fonte de imagem: Distante do mundo!
64kg
2 barras de chocolate
1 pacote de doce de leite
7 ameixas (UHUH!! Tô saudável!!!)
1 Activia (pá cumê cás granola e cagar macio)
3h passadas no supermercado.
2h na fila do caixa.
1 notícia boa no inbox do twitter.
1 alfinetada no hangout.
11 SMS enviadas pro meu ex tentando resgatar nossa amizade.
17 SMS recebidas do meu ex com conteúdo confuso...
Eu queria continuar fingindo... Queria dizer que não sinto mais nada.... 
Mas desde o reencontro, meu mundo deu voltas ao contrário...
Nos últimos meses passei por várias fases, acredito que hoje estou na pior delas... Gostei da fase safadinha... Foi tenso o período da depressão, a preocupação, a culpa pelo que eu não fiz me consumindo... Foi legal superar meus limites, sair com alguém, viajar, dar aulas, começar uma pós, sonhar com um mestrado... Foi chato a solidão, a distância de alguns amigos... Adorei conhecer um mundo novo, saber que posso viver sozinha e até planejar a compra de um apartamento só pra mim... Odeio essa fase de agora em que sinto saudade de tudo que eu consegui mudar nele... De tudo que ele era... De todas as qualidades e até dos defeitos que eu já havia aprendido a aceitar...
Não pensem que é fácil dizer hoje tudo isso... Me sinto uma idiota.
Porque todos os meus amigos já pediram pra eu parar de pensar nisso, e eu quero parar!
Porque tudo isso atrapalha minha vida...
E agora?
Que máscara usar?
Já não engano mais ninguém e os velhos conselhos que eu ouvi há 7 meses renasceram há 15 dias... Tô cansada de ouvi-los... Tô cansada de precisar ouvi-los.
Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Quem escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas pode me chamar de Sol que eu gosto... Acho até que quando as pessoas me chamam de Soraya é um sinal claro de que estão zangadas comigo, sei lá. Só pessoas afastadas me chamam pelo nome... e chefes... e meus pais.. Tenho 30 anos (não parece, né?), muito apaixonada por tudo o que faço (BIBLIOTECONOMIA! BIBLIOTECONOMIA!)... Amante de livros e sentimentos sinceros.

Comente com o Facebook e com sua conta Google: