Páginas

Eu consegui finalizar coisas!

Fonte de imagem: ADM Abrangente
Como toda boa virginiana... rsrsrsrs... Eu piro com coisas pela metade! Tipo, piro mesmo... De adoecer!
Essa semana consegui cumprir metas que havia me proposto a algum tempo...
Consegui concluir as fichas catalográficas que tava fazendo no trabalho, consegui visitar o Solar do outono pela Liga dos voluntários, finalmente marcamos a data do encontro de leitores do Leitores do Maranhão, consegui ir no otorrino e no oftalmologista... Consegui até mesmo passar 2 dias sem facebook, creia! E só voltei porque preciso divulgar campanhas de doação de sangue e fraldas... Ah, e meu trabalho de normalização!
Consegui dormir por mais tempo... Os meus remédios dão sono demais!
Enfim... Quanto mais coisas finalizo, mais me sinto capaz de novo...
E essa semana eu paguei meu concurso, finalmente! Fiquei no vermelho, mas precisei investir em mim e quando falo em investir, não falo apenas em roupas novas e maquiagem...
TRT... Aí vou eu! E vou com força! Também paguei a minha apostila da Vestcon... ME AGUARDE!
Já estava pirando com as bostas no caminho... Já estava pirando com a falta de continuidade das coisas da minha vida.
______________________________
P.S.: Me falaram que vão chamar todos os bibliotecários do concurso da UFMA... Não sei se é verdade ou foi uma daquelas coisas que falam tentando nos consolar, maaaaaaaaaas... Eu espero ser chamada logo.
P.S.²: Papai finalmente vai fazer meu quarto!!!! E, como uma boa virginiana com crises de ansiedade, eu já decidi a cor do quarto, e já escolhi em alguns sites o meu guarda-roupa, minha escrivaninha, minhas estantes, minha cadeira legal de rodar...
Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Sobre a louca que escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas me chamam de Sol! Tenho 31 anos, estou tentando me reapaixonar por tudo o que escolho... Sou formada em Biblioteconomia, recém-convertida católica (ainda que batizada desde 1995), estou aprendendo a lidar com a ansiedade e tenho pensado em tentar falar sobre a luta e o aprendizado diário... Viver requer paciência, e eu não tenho.