domingo, 18 de maio de 2014

Eu e meus pretextos...

Fonte de imagem: Apenas mais uma garota apaixonada
Sou do tipo que quando gosta de uma companhia, inventa razões toscas pra ver a pessoa... Mas inventa tantas razões e não fala só "eu quero ver/falar com você", que a pessoa se enche achando que só quero vê-la por PRECISAR.
Preciso dessa pessoa apenas o resto é pretexto.
Voltar pra casa sozinha, eu volto todo dia... E vou pro ponto final, o que pra muitos é loucura, mas eu gosto de ver as estrelas pelo caminho, e gosto do cheiro da terra molhada na chuva... E daí se meu prédio é o da primeira parada? EU quero ir pra última!
Dúvidas bestas... Eu tenho o google e sou bibliotecária, cê sabe... Eu tenho como pesquisar... E sou ótima nisso!
Faz muito tempo que aprendi a ser sozinha e resolver meus problemas sem alugar ninguém... Mas, de repente, qualquer coisa que se diga é tão idiota.
Daí surgiram os pretextos... que são só isso... Desculpas inventadas pra puxar assunto, pra ter alguém por perto... Mas corro o risco de interpretações erradas... Talvez por isso, quando eu falo só "oi", o tom do outro seja de "qual o golpe".
Por isso desisti.
Chega de pretextos.
Acabaram as tentativas.
Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Quem escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas pode me chamar de Sol que eu gosto... Acho até que quando as pessoas me chamam de Soraya é um sinal claro de que estão zangadas comigo, sei lá. Só pessoas afastadas me chamam pelo nome... e chefes... e meus pais.. Tenho 30 anos (não parece, né?), muito apaixonada por tudo o que faço (BIBLIOTECONOMIA! BIBLIOTECONOMIA!)... Amante de livros e sentimentos sinceros.

Comente com o Facebook e com sua conta Google: