segunda-feira, 16 de junho de 2014

Quase a perfeição... ou é ela, quem sabe?

Fonte de imagem: (En)Cena
Não sei se a perfeição existe, mas acho que quase alcancei ela no dia de hoje.
Que dia lindo! Que dia abençoado, Senhor! Que dia feliz!
Deus tem trabalhado em mim o dom da paciência... Paciência, confiança, amor cego...
Deus tem me devolvido, aos poucos, os dons que eu julgava ter perdido. E o momento agora é de entrega... Seja lá o que Ele queira, que seja feita a sua vontade.
Se a fé é cega, eu me cego. Se a fé é cega, cega eu me faço, me recrio e renasço... 
Nunca desejei tanto ser diferente como hoje... Nunca desejei tanto seu amor que infinitamente belo e perfeito...
Sei que o dia de hoje foi apenas um pedaço do muito que tens a me oferecer, Senhor... E eu aceito.
Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Quem escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas pode me chamar de Sol que eu gosto... Acho até que quando as pessoas me chamam de Soraya é um sinal claro de que estão zangadas comigo, sei lá. Só pessoas afastadas me chamam pelo nome... e chefes... e meus pais.. Tenho 30 anos (não parece, né?), muito apaixonada por tudo o que faço (BIBLIOTECONOMIA! BIBLIOTECONOMIA!)... Amante de livros e sentimentos sinceros.

Comente com o Facebook e com sua conta Google: