Páginas

O passado é coisa do inferno...

Fonte de imagem: Educação e desenvolvimento
Hoje estava ouvindo um testemunho do Padre Fábio de Melo em que ele falava da perda da irmã... E dizia que o inferno é tudo aquilo que não podemos mudar, o passado é um inferno...
"[...] eu não tenho o direito de esperar amanhã pra dizer que amo, pra perdoar, para abraçar, dizer que é importante que é especial.
Não! O amanhã eu não sei se existe, mas o agora eu sei que existe, e às vezes na vida nos perdemos..."
O depoimento todo é cheio de reflexões lindíssimas... Coisas que me fizeram lembrar da perda do meu primo... Muitas vezes o meu primo entrava no msn só pra conversar comigo quando era vivo e eu cheguei até a bloqueá-lo, sabe? Quando ele morreu, eu o desbloqueei e rezava pra um dia ele falar comigo de novo... Fazer aquelas perguntas chatas que eu não tinha paciência pra responder! =)
Não espere as pessoas morrerem, irem embora, não espere o definitivo bater na sua porta, nós não conhecemos a vida e não sabemos o que virá amanhã, viva como se fosse o último dia da sua história, se hoje você tivesse que realizar a sua última ceia, porque é conhecedor que hoje é o último de sua vida, certamente você não teria tempo pra pressa. Você celebraria até o fim e gostaria de ficar no lado de quem você ama. Viver o cristianismo, é fazer a dinâmica da última ceia todos os dias, viva como se fosse o ultimo dia da sua vida, viva como se fosse a ultima oportunidade de amar quem você ama, de olhar nos olhos de quem pra você é especial.
Nem preciso dizer o quanto o Padre Fábio de Melo me encanta, né? Nos últimos dias eu tenho apenas falado dele, citado canções que ele canta (ainda que eu não curta a voz dele cantando, apenas falando)... Padre Fábio tem o dom de tratar assuntos que me machucam sem me machucar, sabe?
Levemos esse inferno pro momento que vivo hoje... Esperançosa de que uma pessoa que amei demais reveja sua vida inteira e sinta minha falta... Esperando que alguém que eu amei muito enxergue que hoje eu posso ser nada na vida dela, mas um dia tive grande importância... Esperando que as palavras ditas em um momento de descontrole sejam um dia corrigidas...
E eu fico apegada a ideias de um passado que talvez tenha sido só meu... Eu fico numa espera sem sentido... O passado pra mim foi um céu, mas tem sido um inferno não poder voltar pra ele, consertar tudo... Enxergar melhor o que não via antes.
Tenho orado tanto para enxergar no passado o mesmo inferno que as pessoas veem... Mas sigo saudosista... Olhando o passado ainda com a esperança de que ele possa um dia voltar... Não sei pra quê!
O passado é coisa do inferno porque não pode ser modificado, não pode ser apagado, não pode ser revivido... O passado é um inferno por não podermos tocá-lo mais, nem sonhar com sua volta...
_______________________________
♫ How deep is your love - Bee Gees
Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Sobre a louca que escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas me chamam de Sol! Tenho 31 anos, estou tentando me reapaixonar por tudo o que escolho... Sou formada em Biblioteconomia, recém-convertida católica (ainda que batizada desde 1995), estou aprendendo a lidar com a ansiedade e tenho pensado em tentar falar sobre a luta e o aprendizado diário... Viver requer paciência, e eu não tenho.