Páginas

Um coração novo...

Fonte de imagem: Parafernalhas
Senhor,

"A ausência ocupa espaço", disse hoje Padre Fábio de Melo (de novo) nos meus ouvidos enquanto trabalhava ouvindo-o em busca de conforto... A ausência ocupa espaço...
Então, Pai, te entrego esse coração cheio de feridas e ausências e peço que me entregue um novo, vazio.
Não quero viver com o coração cheio de ausência, de preocupações por quem não se importa, cheio de amor por quem não devo amar, cheio de dor que eu não devia sentir e culpa... Porque eu sinto culpa, Pai?
Por acaso EU cometi algum erro? EU trai alguém? EU iludi alguém sobre o que eu sentia?
Não!
Pai, eu agi do começo ao fim amando... Eu cuidei, dei carinho, amor, atenção... Porque eu sinto culpa? Porque eu tenho que ficar com um coração cheio da culpa que não tenho? Porque ficar com um coração dominado pela ausência de alguém que não quer nem olhar na minha cara e faz com quem eu me sinta culpada por coisas que não fiz?
Qual é, Deus?
Troca aí, vai?
Dê-me um coração novo... Dê-me esperança de dias melhores...
Dê-me um novo amor, Senhor...
Um amor do teu coração para o meu, um amor puro...
Dê-me um coração novo, dê-me alegria...
Dê-me um coração puro, sem raiva, sem ausências...
É o que te peço, Senhor, em nome de Teu filho...

Amém.
Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Sobre a louca que escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas me chamam de Sol! Tenho 31 anos, estou tentando me reapaixonar por tudo o que escolho... Sou formada em Biblioteconomia, recém-convertida católica (ainda que batizada desde 1995), estou aprendendo a lidar com a ansiedade e tenho pensado em tentar falar sobre a luta e o aprendizado diário... Viver requer paciência, e eu não tenho.