quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Sem novos amores, por favor...

Fonte de imagem: Amor de corpo inteiro
Estou fugindo de tudo que me prende, de tudo que me desvia do caminho, de tudo que me cega... De tudo que é amor... Estou fugindo de novos amores.
Estou com um rumo certo, estou no caminho do sucesso, da felicidade, das coisas mais seguras do que são hoje... 
Estou querendo viver sem aquele sentimento que um louco inventou e espalhou por aí...
Estou querendo amar, não nego... Mas não quero dar espaço a novos amores.... Fico agora presa a amores sinceros, certos... Lindos... Antigos...
Amores que passam as tempestades, vai embora tudo o que é passageiro... E eles estão ali. Prontos e dispostos a nos segurar, abraçar, aceitar de volta...
Amores que aceitam falhas, aguentam as alterações de humor, suportam o tempo e a gente.
Amores que não dependem de banalidades e que não acabam.
Aquele amor antigo que já passou por tudo e tudo superou.
Aquele amor que só nossa família nos dá... Esse eu não dispenso.
Mas novos amores eu não quero.
Não agora... Esse eu dispenso, obrigada.
______________________________
♫ Canção pra viver mais - Pato Fu
Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Quem escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas pode me chamar de Sol que eu gosto... Acho até que quando as pessoas me chamam de Soraya é um sinal claro de que estão zangadas comigo, sei lá. Só pessoas afastadas me chamam pelo nome... e chefes... e meus pais.. Tenho 30 anos (não parece, né?), muito apaixonada por tudo o que faço (BIBLIOTECONOMIA! BIBLIOTECONOMIA!)... Amante de livros e sentimentos sinceros.

Comente com o Facebook e com sua conta Google: