quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Paixões inventadas...

Fonte de imagem: Blog da Gisela Campos
Eu vivo fazendo coisas sem sentido... Uma delas é inventar paixões, contar pra todo mundo, me inspirar em cima disso pra escrever histórias, investigar a pessoa e depois tentar me aproximar das minhas vítimas... pra descobrir que eu as assustei!
Elas já perceberam as segundas intenções que, assim como as paixões, foram inventadas.
Algumas delas eu contei aqui no blog. As paixões inventadas não nascem do nada, aparecem de coincidências, troca de palavras e até de um sonho.
O primeiro passo para que eu me apaixone por alguém é que essa pessoa apareça em meus sonhos, uma vez ela lá, fica fácil inventar de uma hora para outra uma paixão que passa depois de 3 dias, infelizmente... Daí pra frente fica só a curiosidade: será que a pessoa é como eu inventei?
Minhas paixões inventadas nunca viram amizade, nunca viram namoro, nunca viram porra nenhuma além de histórias que eu invento e compartilho e aquecem o coração de pessoas que adoram uma historinha de amor...
Queria eu poder viver uma paixão de verdade, como as que eu inventei, como as que inventaram pra mim...
Me divirto apenas com a escrita delas... O garoto tímido que entrou na biblioteca e se apaixonou pela bibliotecária, o cara do ônibus que se apaixonou por minhas inquietações, o professor de informática que me conhece de outra vida, o carinha dos cabelos vermelhos e dos óculos verdes... Paixões inventadas e correspondidas apenas em meus sonhos... Paixões que distraem e inspiram.
_______________________________
♫ Corsa - Padre Marcelo Rossi
Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Quem escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas pode me chamar de Sol que eu gosto... Acho até que quando as pessoas me chamam de Soraya é um sinal claro de que estão zangadas comigo, sei lá. Só pessoas afastadas me chamam pelo nome... e chefes... e meus pais.. Tenho 30 anos (não parece, né?), muito apaixonada por tudo o que faço (BIBLIOTECONOMIA! BIBLIOTECONOMIA!)... Amante de livros e sentimentos sinceros.

Comente com o Facebook e com sua conta Google: