Páginas

Cor-cor-Cordeirô!


Geralmente, quando é aniversário de um amigo, escolho uma foto em que estamos juntos e escrevo um pequeno texto sobre nossa amizade... busquei em todos os meus arquivos uma foto em que eu e o Guii aparecêssemos juntos e encontrei apenas essa.
Há uma explicação: eu liguei pra ele e disse que precisava de alguém pra conversar e ele disse que era pra eu encontrá-lo que a gente caminharia um pouco, conversaria e tomaria sorvete. Eu, inocente, achei que caminhar fosse passear e cheguei lá de vestido, toda arrumadinha... enfim.
Voltemos para a "homenagem"...
Acredito que não havia dia melhor para o meu melhor amigo nascer... Assim como não haveria nome melhor para ele... "Guilherme", descrito em dicionários como confidente, amigo, companheiro, protetor...
Temos uma amizade que já dura 14 anos e carrega consigo boas e más lembranças... mas ele tem o dom de me fazer apagar as más, esquecer o que há de negativo e avançar... sempre.
Nossa amizade já passou por tudo... as situações mais risíveis e até as mais tristes. Nunca esquecerei todas as vezes em que você foi meu ombro, minha panaceia... nunca vou esquecer das inúmeras vezes que te busquei, meio desequilibrada, e voltei sorrindo... porque tu tem um dom incrível de me fazer esquecer os problemas, as dores...
Também não esquecerei todos os meus trabalhos de inglês que você fez! Kkkkk
Não foi a toa que passamos 6 anos afastados e conseguimos resgatar tão fácil aquela amizade que existia entre o menino que lia a barsa e a menina que rasgava revistas na biblioteca... cúmplices matando aula de religião e educação física!
Não é a toa que nossa amizade resistiu ao tempo, ciumeiras de respectivos, falta de tempo...
Enfim..
É uma honra ser tua amiga. E peço diariamente que o Pai do Céu não permita que o tempo/a falta de tempo nos afaste.
Feliz dia do amigo.
Feliz aniversário.
Amo você, Cor-cor-cordeirô!

Gostou desta postagem? Então clique no botão ao lado para curtr e Twittar!! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter.

Sobre a louca que escreveu:
Soraya Carvalho Meu nome é Soraya, mas me chamam de Sol! Tenho 31 anos, estou tentando me reapaixonar por tudo o que escolho... Sou formada em Biblioteconomia, recém-convertida católica (ainda que batizada desde 1995), estou aprendendo a lidar com a ansiedade e tenho pensado em tentar falar sobre a luta e o aprendizado diário... Viver requer paciência, e eu não tenho.